• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-21122016-121924
Documento
Autor
Nome completo
Zsuzsanna Filomena Spiry
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Milton, John (Presidente)
Ascher, Nelson Ronny
Azenha Junior, João
Esteves, Lenita Maria Rimoli
Salles, Cecília Almeida
Título em português
Escola de Tradutores, de Paulo Rónai, marco zero na história dos Estudos da Tradução no Brasil - a genética de uma trajetória
Palavras-chave em português
Crítica genética
Escola de tradutores
Estudos da tradução
Historiografia da tradução
Literatura comparada
Paulo Rónai
Resumo em português
Considerado por muitos como o marco zero, o pioneiro entre os livros de Estudos da Tradução publicados no Brasil, a obra Escola de Tradutores, de Paulo Rónai, foi lançada em 1952 em 1ª edição, numa série especial do Serviço de Documentação do Ministério da Educação e Saúde chamada Os Cadernos de Cultura. Até 1989, última edição em vida do autor, o livro teve mais cinco edições. Ao longo desse período e dessas edições, contudo, a obra foi passando por diversas revisões e ampliações. O que nasceu com sete capítulos, na 6ª edição havia se transformado em 21 capítulos mais um Apêndice e um Índice Remissivo. Suas 50 páginas iniciais transformaram-se em 172, evidenciando que a obra havia experimentado um processo de crescimento ao longo dos anos. Também a disciplina Estudos da Tradução se desenvolveu no Brasil, muitas obras foram lançadas a partir dos anos 1990. Contudo, até o presente momento, ninguém havia se debruçado sobre o marco zero da disciplina para avaliar as condições e as características de seu surgimento e evolução. O presente estudo tem por objetivo preencher esse lapso. Tomando emprestados conceitos de disciplinas afins como Historiografia da Tradução, Literatura Comparada e Crítica Genética, desenvolveu-se um modelo de avaliação e análise para determinar e caracterizar a trajetória pela qual a obra passou ao longo de seu processo de criação, depois de delineado o momento histórico em que ela havia sido concebida. A metodologia adotada permitiu localizar a motivação que Paulo Rónai teve para iniciar a escrever a série de artigos que depois viriam se transformar em livro. A partir daí elaborou-se a gênese do Escola de Tradutores. Uma vez estudada a evolução física da obra, passou-se à verificação e análise da evolução de seu conteúdo, buscando, principalmente, detectar e caracterizar as modificações realizadas pelo autor. À análise de cada modificação individual, segue uma análise do conjunto. Sua resultante é a tipificação da reflexão crítico-teórica de Paulo Rónai e a constatação de que o trabalho desenvolvido pelo autor do Escola de Tradutores, além de torná-lo precursor da própria disciplina dos Estudos da Tradução no Brasil, contribuiu para a formação de tradutores.
Título em inglês
Escola de Tradutores, by Paulo Rónai, the starting point of Translation Studies' history in Brazil: the genetics of a trajectory
Palavras-chave em inglês
Comparative Literature
Genetic Criticism
Paulo Rónai
Translation Historiography
Translation studies
Resumo em inglês
Considered by many as the starting point, the pioneering work in Translation Studies in Brazil, Escola de Tradutores by Paulo Rónai was first published in 1952 in a special series called Os Cadernos de Tradução by Serviço de Documentação of the Ministry of Education and Health. Until 1989, when the last edition was issued by the author, five more editions were published. Throughout them, the book went through various revisions and enlargements. By the 6th edition, the initial seven chapters had become 21 plus one Appendix, and an index had been included. The books initial 50 pages had become 172, making it evident that a process of growth had taken place over the period. Translation Studies as a discipline has also experienced a development process in Brazil. Since the 1990s a large number of dissertations, theses and books in the area have been published in the country, but none has examined the evolution of Escola de Tradutores and the conditions under which it came into being. This thesis intends to fulfill this gap. Borrowing a number of concepts from allied disciplines such as Translation Historiography, Comparative Literature, and Genetic Criticism, an evaluation and assessment model has been developed in order to determine and describe the trajectory of the books creative process. The methodology adopted allowed us to pinpoint Paulo Rónais leitmotiv to create a series of articles that later would become the book and from that point onward trace the genesis of Escola de Tradutores. After examining the evolution of the books physical form, a content analysis was performed in order to determine the characteristics of the modifications implemented by the author: each individual event was therefore analyzed and then the general results. This methodology allowed the understanding of the theoretical profile of Paulo Rónai to take place, the role performed by his strong European culture, how his thinking forerun the development of Translation Studies itself, and Rónais contribution to train Brazilian translators.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.