• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2019.tde-22022019-175350
Documento
Autor
Nome completo
Irina Maslova
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Navarro, Eduardo de Almeida (Presidente)
Glushkova, Maria
Ugarte, Auxiliomar Silva
Vassina, Elena
Título em português
Tradução comentada de mitos e lendas amazônicas do Nheengatu para o russo
Palavras-chave em português
Amazônia
Mitologia indígena
Nheengatu
Russo
Tradução
Resumo em português
Atualmente, pelo mundo inteiro vemos ações com o objetivo de revitalizar, manter e popularizar as línguas indígenas e suas tradições culturais, tais como a criação de escolas para o treinamento de professores de tais línguas, o desenvolvimento de projetos com o intuito de coleta e elaboração de materiais para o ensino, aprendizagem e reaprendizagem das línguas pelos próprios indígenas, pesquisas científicas no âmbito de várias disciplinas visando à documentação, ao estudo e à popularização de línguas e culturas minoritárias. Para a população da Rússia, da qual a maior parte não domina outros idiomas além do próprio russo, os conhecimentos sobre as culturas e as línguas dos povos minoritários de locais distantes do planeta, via de regra, são inacessíveis e, por vezes, até mesmo quando transmitidos em inglês, são muito difíceis de serem obtidos. No entanto, levando-se em consideração a crescente tomada de consciência mundial sobre a importância e a atualidade de tais conhecimentos, a tendência a sua popularização vem aumentando a cada ano, inclusive em iniciativas na área de Estudos da Tradução. O nheengatu, ou língua geral amazônica, o idioma indígena escolhido para o presente estudo uma língua do tronco tupi e da família tupi-guarani, originou-se do tupi antigo, o qual era predominante na costa atlântica no momento da chegada dos colonizadores portugueses à América do Sul. Este último e, posterioramente, a língua geral amazônica tiveram um papel relevante na história brasileira, com forte presença em sua toponímia, tendo deixado marcas profundas na língua e na cultura da população do Brasil contemporâneo. Hoje o nheengatu é ainda falado por cerca de 8 mil pessoas, principalmente na bacia do Rio Negro, na fronteira do Brasil com a Venezuela e com a Colômbia. Este trabalho compõe-se da tradução de dez lendas amazônicas do nheengatu para o russo e visa a contribuir para a promoção e a divulgação dos conhecimentos sobre as culturas das populações indígenas da Amazônia na Rússia, facilitando o acesso à literatura sobre tais culturas na língua russa, propiciando, dessa maneira, tanto materiais valiosos para diferentes esferas do conhecimento na Rússia, quanto suporte considerável para as políticas atuais em relação aos povos nativos no Brasil. Além disso a presente dissertação oferece reflexões teóricas preliminares, relacionadas à tradução de mitologia em geral e comentários que acompanham a tradução em questão, como contrubuição modesta para área dos Estudos da Tradução.
Título em inglês
A commented translation of amazonian myths and legends from Nheegatu into Russian
Palavras-chave em inglês
Amazonia
Indigenous mythology
Nheengatu
Russian
Translation
Resumo em inglês
Nowadays, all over the world, the actions take place, which target the goal of revitalizing, maintaining and popularizing the Indian languages and cultural traditions. These actions include creation of schools for training teachers of such languages, as well as development of projects which collect and elaborate teaching, learning and re-learning material for the Indians themselves; besides that, there is scientific research in the context of several disciplines, which develops the documentation, study and popularization of various minor tongues and cultures. For the Russian population, which for the most part does not master other languages besides the Russian itself, the knowledge about minor cultures and languages of people from distant places is inaccessible and, sometimes, very hard to find even in English. But, taking into account the constant growth of world conscience about the importance and actuality of such knowledge, the tendency of its popularization is increasing every year, including Translation Studies initiatives. Nheengatu, or língua geral amazônica (Amazonian general language) the Indian language chosen for the present study a language from the Tupi branch and the Tupi- Guarani family, originates itself from tupi antigo (old Tupi, or classical Tupi) which was predominant in the Atlantic coast at the moment of the Portuguese colonizers arrival to the South America. Later, the Amazonian general language had a relevant role in the Brazilian history, with strong presence in its toponymy, and had left deep marks in contemporary Brazilian culture and language. Today the Nheengatu is still spoken by around eight thousand people, mostly in the Rio Negro basin, in the frontier of Brazil, Venezuela and Colombia. The present work is composed of the translation of ten Amazonian legends from Nheengatu to Russian and aims to contribute to the promotion and popularization of knowledge about the culture of the indigenous population of Amazon region in Russia, making the access to the literature about these cultures in Russian language easier. Therefore it will not only be valuable material for different spheres of knowledge in Russia, but also a considerable support for the politics with relation to the Brazilian native people. Besides, this study offers preliminary theoretical reflections related to the translation of mythology in general, and commentaries, which accompany the translation in question, as a modest contribution for the Translation Studies field.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.