• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Sueli Yngaunis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Silva, Luis Guilherme Galeão da (Presidente)
Cardoso, Mauricio
Gimenez, Roberto
Rocha, Celia Regina da Silva
Título em português
A singularidade da pessoa surda se evidencia por meio da comunicação
Palavras-chave em português
Cultura ouvinte
Cultura surda
Ensino superior
Língua de sinais
Surdez
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi conhecer a história de vida de alunos surdos, matriculados em instituições de ensino superior na cidade de São Paulo, contada por eles mesmos, por meio da Língua de Sinais, a língua natural dos surdos. Para compor o material de estudo, objeto deste trabalho, foram entrevistados quatro alunos surdos, matriculados em instituições de ensino superior e do setor privado e também um professor universitário, também surdo, que leciona a língua brasileira de sinais - Libras em uma universidade da cidade de São Paulo. As entrevistas dos alunos contaram com a participação de um intérprete de Libras, enquanto o professor de Libras preferiu o método oral para responder às nossas perguntas, que tiveram como objetivo conhecer as suas histórias de vida em cinco aspectos, os quais não foram abordados necessariamente na ordem aqui colocada: família, infância, escola, comunicação e surdez. O objetivo foi o de conhecer a vivência dos entrevistados em cada um desses aspectos e como a surdez influenciou suas vidas nessas esferas, e, como também cada um relata suas experiências de vida. Os relatos mostraram que ser surdo em uma sociedade composta por uma maioria ouvinte, representou uma condição de desvantagem em um ou mais dos aspectos abordados, sendo que a falta de comunicação foi a principal dificuldade apontada por todos os entrevistados. A riqueza dos relatos aparece nas formas como eles contaram as suas vidas e na ênfase que cada um colocou nos diferentes aspectos abordados. As singularidades desses relatos revelaram que os surdos compõem um grupo social distinto, não apenas devido à sua condição física que os impossibilita de ouvir os estímulos sonoros, mas sobretudo pela forma como se inserem e interagem em um ambiente majoriatariamente ouvinte. Nesta interação ocorre a singularidade da pessoa por meio do comunicação por sinais ou oral.
Título em inglês
The uniqueness of the deaf person is evident through communication
Palavras-chave em inglês
Deafness
Hearing culture and Deaf culture
Higher education
Sign language
Resumo em inglês
The objective of this study was to know more about the life and background of deaf students enrolled in higher education institutions located in the city of São Paulo. Each student presented his report in sign language - the deaf's natural language. To compose the study material object of this work, four deaf students in private higher education institutions and a deaf professor, who teaches brazilian sign language - Libras in a University in São Paulo, were interviewed. A Libras interpreter took part in the students' interviews. The professor preferred the oral method in order to answer the questions. The questions targeted at five aspects on their life, not necessarily approached in the order presented: family, childhood, school, communication and deafness. The goal was to approach the interviewees' experience in each of the aspects and how each one reports his life experiences. The narratives estate that being deaf in a society composed by a majority of listeners represented a disadvantage at one or more of the approached aspects. The shortage of communication was presented as the main difficulty by all interviewees. The richness of the narratives appears in the means they told their stories and the emphasis on the different approached aspects. The reports' singularity reveals that the deaf can be classified as a distinct social group, not only for their physical condition, which prevents them from hearing, but specially, by the way they are inserted and interact in a mostly common hearing environment, without implying a denial of one's singularity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.