• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-08022017-112025
Documento
Autor
Nome completo
Fernando de Souza Pereira da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Araujo, Mariangela de (Presidente)
Alves, Ieda Maria
Caretta, Elis de Almeida Cardoso
Henriques, Claudio Cezar
Título em português
A nomenclatura gramatical brasileira na sala de aula
Palavras-chave em português
Ensino
Nomenclatura gramatical brasileira
Terminologia gramatical
Resumo em português
Em todas as disciplinas do currículo escolar são utilizados termos específicos nas aulas. No caso da disciplina de Língua Portuguesa, a terminologia gramatical é utilizada para referir-se à própria língua. Essa terminologia é tradicionalmente denominada Nomenclatura Gramatical Brasileira e conhecida como NGB. Esta pesquisa discute a terminologia gramatical da Língua Portuguesa utilizada na sala de aula do ensino fundamental II e tem como objetivo geral verificar como o aluno, ao chegar no 9.º ano, compreende essa terminologia. Com a finalidade de se chegar ao objetivo geral, por meio de pesquisa de campo, foi aplicado um questionário com termos gramaticais referentes às classes de palavras, a fim de verificar como os estudantes definiriam tais termos, pois são palavras que fazem parte do universo escolar dos alunos, estão inseridas no discurso didático e pedagógico da sala de aula e constam dos livros didáticos utilizados por eles ao longo dos anos escolares. O questionário apresentado trouxe os termos e um espaço em branco para os alunos colocarem o significado de cada um, da maneira como eles os entendem. O trabalho seguiu um percurso semasiológico, ou seja, partiu da designação já estabelecida para o conceito. As definições deles foram analisadas, de forma a averiguar se expressam adequadamente os conceitos observados. Para verificar o que se esperaria dos alunos, foram analisadas as definições presentes nas gramáticas, nos livros didáticos, bem como os conceitos etimológicos dos termos. Como esta pesquisa faz parte de um programa de Mestrado Profissional, ela tem a pretensão de oferecer propostas para o trabalho em sala de aula com essa terminologia, de modo a levar os contributos dos estudos lexicológicos e terminológicos à escola. Os resultados apontam que os alunos têm dificuldade para entender a terminologia gramatical usada nas aulas. Nesse sentido, a pesquisa demonstra a necessidade de se produzir materiais voltados ao ensino e intervenções didáticas que propiciem, de maneira mais eficaz, o entendimento e a apropriação pelos estudantes dos conceitos estudados e utilizados por eles.
Título em inglês
The Brazilian Grammatical Nomenclature in the classroom
Palavras-chave em inglês
Brazilian Grammatical Nomenclature
Grammatical terminology
Teaching.
Resumo em inglês
In all subjects of the curriculum are used specific terms in class. In the case of discipline of Portuguese Language, grammatical terminology is used to refer to own language.This terminology is traditionally called Brazilian Grammatical Nomenclature, known as NGB. This research discusses the terminology of the Portuguese language used in the classroom of elementary school II and has the general objective to verify how the student to reach the 9th grade, understand this terminology. In order to reach the overall goal, through field research, a questionnaire was applied with grammatical terms referring to the words classes in order to verify how the students would define such terms, because these words are part of the school context and student context. They are inserted in the didactic and pedagogical discourse of the classroom and they are found in textbooks used by them over the years. The questionnaire presented brought the terms and a blank space for the students to put the meaning of each one, the way they understand them. The work followed a semasiological route, therefore from designation already established for the concept. The definitions of students were analyzed to see if express adequately the concepts analyzed. To verify what the would expected of students, additionally, it were analyzed the definitions presents in the grammar books, in textbooks, as well as the etymological concepts of terms. As this research is part of a Professional Master's program purports to offer proposals for work in the classroom with this terminology, to take contributions from lexicological and terminological studies to school. The results show that students have trouble understanding the grammatical terminology used in class. In this sense, the research demonstrates the need to produce materials geared to teaching and educational interventions that provide, more effectively, understanding and ownership by the students of the concepts studied and used by them.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.