• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.81.2019.tde-11122019-164202
Documento
Autor
Nome completo
Esdras Viggiano de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Mattos, Cristiano Rodrigues de (Presidente)
Camillo, Juliano
Kawamura, Maria Regina Dubeux
Strieder, Roseline Beatriz
Watanabe, Giselle
Título em português
O conceito energia no Currículo Oficial Brasileiro para o ensino médio no período de 1996 a 2002
Palavras-chave em português
Conceito Energia
Currículo
Discurso Pedagógico
Educação em Ciências
Reforma Curricular
Resumo em português
Com o fim do regime militar brasileiro, uma nova Constituição Federal foi promulgada e, mais tarde, uma nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) entrou em vigor, com o objetivo de romper com a concepção de currículo posta e estabelecer um sistema educacional condizente com o regime democrático em reestruturação. Com o objetivo de realizar uma reforma educacional na Educação Básica, nos termos do processo de redemocratização, foram produzidos, ao longo do tempo, alguns documentos oficiais: Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica (DCNEB), Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+) entre outros. No mesmo período, foram criadas avaliações de larga escala para fornecer dados para tomadas de decisões em políticas públicas em educação. A avaliação que mais se destaca e que contempla o Ensino Médio é o Exame Nacional para o Ensino Médio (ENEM). Na educação de modo geral, um tema que se destaca é o da Energia, pois pode ser entendido como um conceito integrador das ciências humanas e naturais. As abordagens de ensino desse conceito são diversificadas, ocorrendo numa perspectiva disciplinar e interdisciplinar. Nessa perspectiva, compreender como o currículo oficial aborda o conceito energia nos ajuda a pensá-lo enquanto tema integrador na estruturação curricular. Tendo em vista a importância do período de 1988 a 2002 na elaboração de um currículo para o ensino médio, condizente com o processo de redemocratização, optamos por investigar como esse conceito é abordado no currículo oficial. Para tanto, utilizando a Teoria do Discurso Pedagógico e alguns referenciais de currículo, analisamos alguns dos documentos oficiais curriculares e de avaliação, produzidos no âmbito do Governo Federal, no período de interesse. Utilizamos quatro dimensões de análise: (i) complexidade de competências científicas; (ii) complexidade de conhecimento científico; (iii) interdisciplinaridade; e (iv) intradisciplinaridade. A junção dessas quatro dimensões nos permite entender o grau de exigência conceitual expressa no discurso pedagógico oficial. A partir da análise, pudemos estimar o nível de exigência conceitual e, com isso, verificar como o conceito energia é recontextualizado no nível do Discurso Pedagógico Oficial do Dispositivo Pedagógico Brasileiro. Em função de uma ênfase da educação científica no Ensino Médio, na qual o conceito de energia é mais profundamente ensinado, delimitamos nossa análise a este nível de ensino. Os resultados nos forneceram elementos sobre o processo de recontextualização e de constituição do currículo oficial, pós-LDB de 1996. Entendemos que compreender como o currículo oficial foi recontextualizado nesse período permite estabelecer paralelos, elencar elementos relevantes para analisar outras reformas educacionais como, por exemplo, as recentes mudanças que se manifestam na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e demais documentos. Os resultados indicaram que, em alguns níveis do dispositivo pedagógico, a exigência conceitual foi praticamente a mesma, enquanto em outros houve modificação. O que indica tensões curriculares importantes e que demandam outras investigações.
Título em inglês
The energy concept in Brazilian Oficial Currículum for Secondary Schools, from 1996 to 2002.
Palavras-chave em inglês
Curricular Reform
Curriculum. Energy Concept
Pedagogic Device.
Science Education
Resumo em inglês
With the end of the Brazilian military regime, a new Federal Constitution was sanctioned and, later, a new National Education Guidelines and Bases Law (LDB) came into scene, objectifying a rupture with a curriculum conception and establishing an educational system consistent with the restructuring democratic regime in course. In order to carry out an educational reform in Basic Education, in the terms of the re-democratization process, some official documents have been produced over time: National Curricular Guidelines for Basic Education (DCNEB), National Curricular Parameters (NCP), Complementary Guidelines Educational to the National Curricular Parameters (PCN+) among others. In the same period, large-scale assessments were created to provide data for public policies decision-making on education. The evaluation that stands out most and which contemplates the High School level is the National Exam for High School (ENEM). In general, a theme that stands out in education is Energy, because it can be understood as an integrating concept of the human and natural sciences. The teaching approaches of this concept are diversified, occurring in a disciplinary and interdisciplinary perspective. From this perspective, understanding how the official curriculum addresses the concept of energy helps us to think of it as an integrating theme in curricular structuring. Considering the importance of the period from 1988 to 2002 in the elaboration of a curriculum for Secondary Education, in keeping with the process of re-democratization, we decided to investigate how this concept is used in the official curriculum. To do so, using the Pedagogic Discourse Theory and some curriculum references, we analyze some of the official curricular and evaluation documents produced within the scope of the Federal Government during the period of interest. We used four dimensions of analysis: (i) complexity of scientific competencies; (ii) complexity of scientific knowledge; (iii) interdisciplinarity; and (iv) intradisciplinarity. The combination of these four dimensions allows us to understand the degree of conceptual demand expressed in the official pedagogic discourse. From the analysis, we were able to estimate the level of conceptual requirement and, with this, to verify how the concept of energy is recontextualized in the level of the Official Pedagogic Discourse of the Brazilian Pedagogic Device. Due to an emphasis on scientific education in High School, where the concept of energy is deeper taught, we delimited our analysis at this level of education. The results provided us with information on the process of recontextualization and the establishment of the official post-LDB curriculum at 1996. We realize that understanding how the official curriculum was recontextualized during this period allows us to establish parallels, to cast relevant elements to analyze other educational reforms, e.g., the recent changes manifested in the National Curricular Common Base (BNCC) and other documents. Our results indicated that, at some levels of the official pedagogic discourse, the conceptual demand was practically the same, while in others there was modification. Which indicates important curricular tensions that demand other investigations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.