• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.81.2013.tde-15052013-104838
Documento
Autor
Nome completo
Marcília Elis Barcellos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Kawamura, Maria Regina Dubeux (Presidente)
Higa, Ivanilda
Reis, José Cláudio de Oliveira
Sauerwein, Ines Prieto Schmidt
Zanetic, Joao
Título em português
Conhecimento e currículo: problematizando a licenciatura em física
Palavras-chave em português
Currículo
Ensino de Física
Formação de Professores
Licenciatura em Física
Resumo em português
A formação de professores está presente entre as questões mais atuais da pesquisa em educação e em muitos dos discursos que balizam as políticas públicas. Documentos oficiais, como as diretrizes para a formação de professores da Educação Básica, de 2002, sinalizam necessidades de mudanças na formação inicial, especialmente no que diz respeito à superação de fragmentações. Isso significa, no caso específico da física, que, por exemplo, a formação inicial não pode se reduzir à superposição do aprender física com o aprender a ser professor. Diante desse quadro, buscamos investigar qual é o papel dos saberes de física na formação do professor, que espaços e formas esse saber ocupa nos currículos dos cursos de licenciatura e quais relações se estabelecem entre esses e os outros saberes presentes na formação inicial. Para isso, utilizamos referenciais teóricos da área de formação de professores e de teorias de currículo. Delimitamos três âmbitos de investigação, ainda que interdependentes: (i) políticas públicas gerais, (ii) resultados de pesquisas em ensino de ciências, expressão da comunidade de pesquisa da área, além dos (iii) espaços de concretização das práticas, referente aos cursos de licenciatura propriamente ditos. Para tanto, pesquisamos documentos oficiais e obras de cunho histórico sobre a formação de professores e a escola básica no Brasil; analisamos artigos presentes nas atas de eventos da área de ensino de ciências; investigamos cursos de licenciatura e mudanças curriculares, com atenção especial ao estudo em caso de um curso específico de licenciatura em física. Em todos esses momentos, procuramos caracterizar quais saberes específicos de física e quais saberes pedagógicos estavam sendo considerados, além de qual articulação entre esses saberes estava sendo proposta. Na maior parte do material analisado, constatamos que os saberes de física estão fortemente naturalizados. Isso significa que, a despeito das sinalizações de mudanças mais recentes, os saberes de física presentes nos cursos de licenciatura não têm sido alvo de questionamentos, problematizações ou propostas expressivas de modificações. São considerados como decorrentes de certa lógica interna da ciência, já instaurada nos cursos superiores de física. Nossos resultados sinalizam que sem tais reflexões, em que as questões das finalidades formativas ganhem destaque, será muito difícil superar a dicotomia entre saberes. No entanto, no caso específico analisado, há indícios positivos, apontando possibilidades de inovação. A partir dos resultados obtidos, defendemos que se faz urgente a rediscussão dos saberes de física na formação inicial em suas formas, espaços, objetivos e valores.
Título em inglês
Physics teacher education program: physics knowledge and curriculum.
Palavras-chave em inglês
Curriculum
Physics Education
Physics Knowledge
Physics Teacher Education
Resumo em inglês
In the last decades, special attention has been devoted to researches related to teacher role in education process and its professional qualifications. Government documents, like the Diretrizes para a formação de professores da Educação Básica, published in 2002, called attention to the lack of connections between different approaches along teachers initial education programs. In the specific physics situation, this means that being a physics teacher must includes more than just learn physics and learn to be a teacher. In this frame of reference, we developed an investigation about how and which physics knowledge and other knowledge happen to integrate the curriculum of a physics teacher formation program. With this purpose, elements from curriculum theories and from teacher education proposals and reflections were discussed and incorporated. The investigations were developed in three interdependent scopes: (i) documents concerning educational general policies related to teachers programs as well as historical notes, (ii) results related to teachers education in the field of science learning researches and (iii) physics education curriculum, programs and courses (licenciaturas) in their self. In these different materials and moments we try to identify the aspects and selections concerning the physics knowledge that were being considered and which correlation was established in between this and the other knowledge to be a teacher. In almost all the cases that were analyzed we found that there is no discussion about which physics must be presented, as if there is just one and unique way of doing it. As a consequence, it means that the physics content remains unavailable to eventual changes and reproduces what is done in all physics undergraduate courses, granted by a casual epistemological science status. Our results indicate that the ultimate purposes of physics teaching are seldom considered, preventing from promoting a more autonomous teacher role. In this sense, we urge for a more comprehensive discussion about the kind of knowledge needed in the physics teacher education programs, including physics selections and organization, taking in account purposes, intentions and desired values to be promoted.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.