• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.81.2013.tde-01122014-153625
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Pimentel da Silveira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Zanetic, Joao (Presidente)
Ceccantini, João Luis Cardoso Tápias
Delizoicov Neto, Demetrio
Marcondes, Maria Eunice Ribeiro
Pinto Neto, Pedro da Cunha
Título em português
Literatura e ciência: Monteiro Lobato e o ensino de química
Palavras-chave em português
Diálogo e problematização
Formação de professores
Literatura e ciência
Literatura e química
Monteiro Lobato e Ensino de química
Resumo em português
O trabalho propõe investigar o potencial pedagógico que pode existir entre a literatura e a ciência a partir do estudo de Monteiro Lobato e o ensino de química. Para isso nos fundamentamos nos referenciais teóricos que têm subsidiado as recentes pesquisas sobre literatura e ciência e as contribuições que as mesmas têm trazido para o ensino de ciências. A pesquisa focou três eixos principais: a literatura como possibilidade de humanizar a ciência, a aproximação que existe entre a imaginação artística e a científica e os "escritores com veia científica". Buscamos identificar os referidos eixos por meio de três importantes personagens da obra infantil de Monteiro Lobato, que distintamente, incorporam a ciência em suas falas: Dona Benta, Emília e o Visconde de Sabugosa. Também investigamos a "veia pedagógica" do escritor que permitiu uma aproximação com a pedagogia de Paulo Freire, uma vez que foi possível identificar a curiosidade, o diálogo, a problematização e a dúvida como pressupostos pedagógicos e metodológicos presentes nas abordagens feitas por Dona Benta, principalmente no livro Serões de Dona Benta. Realizamos a leitura de praticamente toda a obra infantil de Monteiro Lobato que demonstrou possuir um potencial pedagógico possível de ser explorado no ensino de química por meio da problematização de questões sobre a ciência e o ensino e aprendizagem de conceitos químicos. A partir da pluralidade de sentidos que as personagens e o texto literário podem dar à ciência, acreditamos que o trabalho contribui para mostrar que a interação entre literatura e ciência pode ser uma alternativa à promoção da leitura literária e cultural no processo de formação inicial do professor de química. Os textos literários e os de Lobato, em particular, podem facilitar a elaboração de abordagens didáticas que insiram o conhecimento científico em uma realidade complexa de relações que transcendam o conhecimento específico da química, permitindo ao professor a percepção de que a ciência mantém uma multiplicidade de relações com outras áreas do conhecimento.
Título em inglês
Literature and Science: Monteiro Lobato and chemistry teaching
Palavras-chave em inglês
Dialogue and problematization
Literature and chemistry
Literature and Science
Monteiro Lobato and chemistry teaching
Teachers' formation
Resumo em inglês
This thesis aims to investigate the pedagogical potential that may exist between literature and science from the study of Monteiro Lobato's books and chemistry teaching. It is based on theoretical references which have been providing basis to recent researches about literature and science and contributions from these researches to chemistry teaching. Therefore, this research focuses on three main points: literature as a possibility of humanizing science; the existent proximity between artistic imagination and scientific one; and writers with "scientific vein". Considering the scientific vein present in Monteiro Lobato's literature, we aim to identify those three points in three of the most important characters presented in his infant literature, who distinctively incorporate science in their speeches: Dona Benta, Emília and Visconde de Sabugosa. Another aspect investigated in this research was Monteiro Lobato's "pedagogical vein", which allowed some proximity with Paulo Freire's pedagogy, since it was possible to identify curiosity, dialogue, problematization and questioning as pedagogical and methodological presuppositions in Dona Benta's lines, particularly in the book entitled Serões de Dona Benta. By reading most of the infant literature produced by Monteiro Lobato, we were able to identify its pedagogical potential, which can be applied in chemistry teaching by problematizing questions about both science and the teaching-learning process of chemical concepts. Based on the plurality of meanings both characters and literary texts can give to science, we believe this thesis contributes to explicit that the interaction between literature and science can be an alternative in order to promote literary and cultural reading in the process of initial chemistry teachers' formation. Literary texts, in general, and Lobato's, in particular, may facilitate the elaboration of didactic approaches which insert scientific knowledge into a complex reality of relations that transcend the specific knowledge of chemistry, allowing the teacher to perceive that science sustains multiple relations with other areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.