• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2016.tde-07102016-142839
Documento
Autor
Nome completo
Estefânia Bettio Sanches de Araújo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Porto, Paulo Alves (Presidente)
Oliosi, Elisa Cristina
Viana, Helio Elael Bonini
Título em português
Química e sociedade em livros universitários de química geral
Palavras-chave em português
Ensino de Química
Imagem da química
Livros didáticos
Química e sociedade
Resumo em português
A atual pesquisa científica possui características próprias resultantes de um processo histórico longo, demorado e denso. Para se compreender a importância da química dentro da sociedade é preciso levar em consideração os caminhos percorridos historicamente por essa ciência. Considerando que a ciência existe na mente dos cientistas, e que não existe uma maneira pré-determinada para a prática da ciência, torna-se de extrema importância a qualidade na formação do cientista. O químico formado, que tanto pode atuar na indústria quanto na área acadêmica, precisa seguir uma série de condutas éticas e ser um profissional reflexivo. O livro didático se constitui em veículo privilegiado para a comunidade química projetar as visões que considera adequadas para serem assimiladas pelo futuro profissional a respeito da química, as quais podem se diferenciar de acordo com as intenções do autor. Esta dissertação buscou selecionar e analisar alguns livros didáticos de química geral utilizados no ensino universitário de química, a fim de investigar as relações entre química e sociedade apresentadas neles. Os resultados mostram que os livros didáticos analisados atendem, de maneira ampla, ao estudante que se formará um químico para a indústria, mais do que a um químico acadêmico. Em todos os livros didáticos analisados foram encontradas menções a algum problema ambiental, em geral abordados como se fossem um percalço no trabalho dos químicos, algo como um acidente inevitável. Além da ausência de autocrítica a respeito da atuação dos químicos, foi encontrada a valorização do cientista como um transformador social. A abordagem histórica nos livros é feita de maneira superficial, limitando-se a nomes e datas. Os resultados sugerem que os autores de livros didáticos não se propõem a incluir neles conteúdos e atividades que poderiam proporcionar uma formação mais completa e diversificada, no sentido de problematizar o papel da química na sociedade. Uma formação mais crítica poderia colocar melhores profissionais no mercado, mais cientes de seus compromissos éticos, para além do domínio técnico de suas áreas de atuação.
Título em inglês
Chemistry and society in university level general chemistry textbooks
Palavras-chave em inglês
Chemical Education
Chemistry and society
Image of chemistry
Textbooks
Resumo em inglês
Current scientific research has its own characteristics resulting from a long and dense historical process. To understand the relevance of chemistry in society it is necessary to take into account the historical paths taken by this science. Whereas science exists in the minds of scientists, and that there is no predetermined way to the practice of science, quality becomes extremely important in the formation of scientists. Professional chemists acting either in industry or academia need to follow a series of ethical guidelines and be reflective in their tasks. Textbooks constitute excellent vehicles for the diffusion of issues the chemical community consider appropriate to be assimilated by future professionals concerning chemistry. Such issues may differ according to the author's intentions. This research aimed at selecting and analyzing general chemistry textbooks used in university level chemistry courses in order to investigate the relationships between chemistry and society presented in them. Results show that the analyzed textbooks are mainly aimed at students who will work as chemists in industries, more than in universities. In all analyzed textbooks were found mentions on at least one environmental problem, and in general such problems were addressed as a mishap in chemists' work, or something like an unavoidable accident. Besides the absence of self-criticism about the professional performance of chemists, scientists are presented as the agents of benign social changes. The historical approach in the textbooks is superficially done, usually consisting of a mere mention of names and dates. The results suggest that textbook authors do not consider the inclusion of contents and activities that could provide a more complete and diverse education by discussing the role of chemistry in society. A more critical training could put better professionals in the market: chemists more aware of their ethical commitments, beyond the technical mastery of their area of expertise.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.