• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2016.tde-24062016-160055
Documento
Autor
Nome completo
Anderson Dias Viana
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Correia, Paulo Rogério Miranda (Presidente)
Avila Júnior, Paulo de
Bueno Filho, Marco Antonio
Título em português
Estudos comparativos sobre a elaboração de mapas conceituais durante processo de avaliação da aprendizagem: identificando a importância das demandas e do efeito de preparação
Palavras-chave em português
Avaliação da Aprendizagem
Ensino Superior
Mapa Conceitual
Métodos de Estudo
Teoria da Carga Cognitiva
Resumo em português
Os mapas conceituais são ferramentas gráficas que possibilitam a representação dos modelos mentais do aluno. Devido a essa capacidade, o mapa conceitual pode ser utilizado como ferramenta avaliativa de conhecimento. O uso dessa ferramenta em sala de aula gera cargas na memória de trabalho que podem ser referentes ao conteúdo (carga intrínseca) ou à forma como esse recurso está sendo trabalhado na sala de aula (carga extrínseca). Este trabalho tem por objetivo investigar como os mapas conceituais auxiliam na avaliação da aprendizagem da disciplina Ciências da Natureza: Ciência, Cultura e Sociedade ofertada na Universidade de São Paulo para alunos ingressantes de diversos cursos de graduação (n = 64) durante o período de 2013.1 sobre o conteúdo de Mudanças Climáticas. Nas turmas avaliadas o mapa conceitual poderia ser utilizado como ferramenta de preparação para prova (MCPREP) como também era utilizado como parte da avaliação formal da disciplina (MC-AVAL). Essa pesquisa se constitui de três Estudos que investigam: 1. As diferenças de perfis de mapas conceituais obtidos na condição de MC-PREP x MCAVAL; 2. Se o grupo de alunos que fizeram MC-PREP tiveram MC-AVAL com perfil diferente daqueles que não fizeram; 3. A existência de uma correlação entre as características do MC-AVAL com o conhecimento declarativo dos estudantes. Os mapas conceituais foram avaliados considerando aspectos estruturais e semânticos. As metodologias das análises realizadas foram retiradas de trabalhos presente na literatura. Entre os aspectos semânticos estavam o uso de materiais instrucionais, a natureza das proposições, a presença de erros e a aderência a pergunta focal. Além dessas análises, foi verificada a presença de agrupamentos naturais que pudessem ser explicados com uso das categorias teóricas. A análise dos resultados indica que os mapas conceituais das condições MC-PREP e MC-AVAL são bastante distintas entre si, pois atendiam a objetivos educacionais diferentes. No Estudo 2 verificou-se que o MC-PREP não influenciou fortemente a elaboração do MC-AVAL, pois a diminuição da carga extrínseca provocada pela elaboração de MC-PREP não foi suficiente para mostrar diferenças entre os grupos, já que ambos estavam altamente treinados na técnica de mapeamento conceitual. Por fim, no Estudo 3, o principal fator correlacionando o conhecimento declarativo com a complexidade dos mapas conceituais foi o percentual de proposições apropriadas. As conclusões do trabalho são que a demanda de elaboração do mapa conceitual é realmente orientadora de produto, a elaboração de um mapa conceitual a mais em um grupo bem treinado na técnica não altera seu desempenho e o principal meio de avaliar os mapas conceituais deve ser a leitura de suas proposições constituintes.
Título em inglês
Comparative studies on concept maps elaboration for assessment of learning: identifying the importance of demands and the preparation effect
Palavras-chave em inglês
Cognitive Load Theory
Concept Map
Higher education
Learning assessment
Study Methods
Resumo em inglês
Concept maps are graphical tools that allows the representation of the student's mental models. Due to this capacity, the concept map can be used as an assessement tool of knowledge. The use of this tool in the classroom generates loads in working memory which can be related to the content (intrinsic load) or how this feature is being used in the classroom (extrinsic load). This study aims to investigate how the concept maps help to assess learning in the Natural Science: Science, Culture and Society course offered at the University of São Paulo for students of various undergraduate courses (n = 64) during the 2013.1 on the content of climate change. In the course, conceptual map could be used as a preparation tool for test (CM-PREP) and was also used as part of the formal evaluation of the course (CM-EVAL). This research is composed of three studies that investigate: 1. Differences in conceptual maps profiles obtained on condition of CM-PREP x CMEVAL; 2. If the group of students who took CM-PREP had a different profile in CMAVAL of those who did not; 3. The existence of a correlation between CM-EVAL features with the declarative knowledge of students. Concept maps were evaluated considering structural and semantic aspects. The methodologies of analyzes are taken from other papers. Among the semantic aspects were the use of instructional materials, the nature of the propositions, the presence of errors and adhesion to focus question. In addition to these analyzes, it was verified the presence of natural groups that could be explained with the use of theoretical categories. Analysis of the results indicates that the conceptual maps of the CM-PREP and CM-EVAL conditions are quite distinct from each other as it catered to different educational goals. At the Study 2, it was found that the CM-PREP not strongly influenced the development of CM-EVAL, as the reduction of extrinsic charge caused by CM-PREP elaboration was not enough to show differences between the groups, since both were highly trained in conceptual mapping technique. Finally, in Study 3, the main factor correlating the declarative knowledge to the complexity of the conceptual maps was the percentage of appropriate propositions. We concluded that the demand of elaboration of the conceptual map is actually the guide to the type of conceptual map obtained, the elaboration of CM-PREP does not change in a well-trained group in the technique and the main method of assessing concept maps should be reading its propositions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.