• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.81.2012.tde-31052012-100716
Documento
Autor
Nombre completo
Gildo Girotto Junior
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Fernandez, Carmen (Presidente)
Abib, Maria Lucia Vital dos Santos
Zanon, Dulcimeire Aparecida Volante
Título en portugués
De licenciando a professor de química: um olhar sobre o desenvolvimento do conhecimento pedagógico do conteúdo
Palabras clave en portugués
Conhecimento de professores de Química
Conhecimento pedagógico do conteúdo
Desenvolvimento profissional
Resumen en portugués
Uma série de pesquisas faz referência ao estudo do desenvolvimento dos conhecimentos necessários ao professor, englobando o conhecimento sobre o conteúdo, o conhecimento sobre a prática e o conhecimento sobre as diversas teorias de ensino e como fazer a relação teoria/prática. Com similar relevância, a discussão entre formação inicial e continuada vem sendo abordada no sentido de propor currículos de formação que possam contribuir cada vez mais para a formação de profissionais reflexivos. O conceito de Conhecimento Pedagógico do Conteúdo (PCK), inicialmente proposto por Shulman, está relacionado a um conjunto de saberes que vão além do conhecimento técnico do conteúdo, incluindo as formas de representações sobre o conteúdo e sua seleção, as exemplificações e analogias, as metodologias didáticas que podem ou não favorecer o aprendizado significativo deste ou daquele conteúdo. Esse conceito tem sido ampliado, desde o entendimento de Van Driel como conhecimento referido a um tópico particular do ensino juntamente com o conhecimento da experiência de como ensinar este tópico até o de Kind em que aponta o PCK como o conhecimento que os professores utilizam durante o processo de ensino. Neste trabalho investigamos o desenvolvimento do PCK de professores formados no curso de licenciatura em Química do Instituto de Química da Universidade de São Paulo e que hoje atuam como professores de química no ensino médio e superior. Nossos dados envolvem as atividades escritas, as gravações das aulas ministradas e as reflexões de três licenciandos que cursaram a disciplina Instrumentação para o Ensino da Química I, além de entrevistas e gravações em áudio de aulas de Química desses professores em seus contextos reais de sala de aula após um período que variou de três a cinco anos depois de formados. Utilizamos os instrumentos CoRe (Representação de Conteúdo) e PaP-eRs (Repertórios de experiência Profissional e Pedagógica) para documentar a prática desses professores e assim, reconhecer seu PCK. Para as análises utilizamos o Modelo de Raciocínio Pedagógico e Ação de Shulman e os tipos de conhecimento do modelo de Morine-Dershimer e Kent. Utilizamos também a ferramenta de análise de discurso proposta por Mortimer e Scott para identificar padrões de interação. Nesses professores, o desenvolvimento do PCK foi promovido durante a formação inicial através de experiência de planejamento e intervenção em sala de aula e atividades que buscaram estimular a reflexão sobre a ação. Os dados após três anos de experiência profissional revelam um incremento no PCK desses professores resultante da experiência em sala de aula e do processo reflexivo. A partir das análises realizadas, algumas implicações são fornecidas para a formação de professores de química. Apontamos para a necessidade de cuidar desse momento especial na trajetória dos professores - os anos iniciais de experiência profissional. Salientamos a necessidade de atuar nesse início de carreira, com grupos colaborativos, com intuito de contribuir mais diretamente para o desenvolvimento do PCK.
Título en inglés
From pre-service to in-service chemistry teacher: a look to the pedagogical content knowledge development
Palabras clave en inglés
Chemistry teacher knowledge
Pedagogical content knowledge
Professional development
Resumen en inglés
The literature refers to the study of the development of teacher knowledge, encompassing content knowledge, practical knowledge and the knowledge about different teaching-learning theories and how to deal with the theory/practice relationship. With similar relevance, the discussion about pre-service and in-service teacher education has been approached in order to propose teacher education curricula that can increasingly contribute to the reflective practitioners. The Pedagogical Content Knowledge (PCK), initially proposed by Shulman, is related to a set of knowledge that go beyond the content knowledge and include the content representation and their selection, the examples and analogies, the methodologies that may or not facilitate the meaningful learning of this or that content. This concept has been amplified, since then. Van Driel understands PCK as the knowledge related to a particular subject matter as well as the knowledge from practice in how to teach this topic. Moreover Kind´s conception points out the PCK as the knowledge teachers use during the teaching process. In this work we investigated the PCK development of trained teachers, graduated the course from Chemistry Institute of University of São Paulo and now work as teachers of chemistry both in high school or university. Our data involve written activities, the recordings of the classes and the reflections that three undergraduates taking the Methodology for Chemistry Teaching course (QFL 2505), as well as interviews and audio recordings of Chemistry lessons from these teachers in their real contexts of their classroom after a period of three to five years of graduation. We used the instruments CoRe (Content Representation) and PaP-eRs (Pedagogical and Professional experience Relatories) to document the pedagogical practice and then, recognize the teacher's PCK. We relate some aspects in the teacher discourse to the Model of Pedagogical Reasoning and Action from Shulman and to the teacher knowledge components from Morine-Dershimer and Kent. We also used the discourse analysis tool from Mortimer and Scott to identify teaching approaches and interaction patterns. In the investigated teachers, the development of PCK was promoted during pre-service teacher education through the experience of planning and intervention on classroom and reflection-on-action activities. Data after three years of professional experience reveal an improvement on this teacher PCK resulting from the classroom experience and the reflective process. From the analysis, some implications are pointed out for chemistry teacher education. We emphasize the special moment during teacher's professional development - the initial years of professional experience. We point out the importance of work with collaborative groups during the initial phase of teaching in order to contribute more directly to the development of teachers PCK.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2012-06-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.