• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2012.tde-31052012-101230
Documento
Autor
Nome completo
Camila Strictar Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Rezende, Daisy de Brito (Presidente)
Mazzotti, Tarso Bonilha
Pagan, Acácio Alexandre
Título em português
Um estudo das representações sociais sobre química de estudantes do ensino médio da educação de jovens e adultos paulistana
Palavras-chave em português
Análise estrutural
Educação de Jovens e Adultos
Ensino Médio
Química
Representação social
Resumo em português
Este estudo tem por objetivo identificar como o termo "Química" se apresenta nas concepções de escolares da Educação de Jovens e Adultos da rede pública estadual de São Paulo. Para isso, foi utilizado como suporte teórico e metodológico a Teoria das Representações Sociais e sua análise estrutural, a Teoria do Núcleo Central. Os dados foram obtidos a partir de questionário, aplicado a 186 estudantes, com faixa etária entre 18 e 58 anos, utilizando-se da técnica de evocação livre de palavras, seguida de hierarquização das mesmas. Para a análise do material coletado, utilizou-se da técnica de Análise de Conteúdo, de Bardin, e da Análise Estrutural das representações sociais, proposta por Abric. Os dados obtidos a partir das questões de livre evocação e hierarquização de palavras permitiram identificar e compreender as relações estabelecidas por estes estudantes para o termo "química", permitindo que se explicitassem os vários possíveis sentidos dessa palavra. De modo geral, os dados indicam uma representação organizada, majoritariamente, na vivência escolar formal com restritas relações ao conhecimento de senso comum e com o cotidiano. A Teoria do Núcleo Central nos apresenta um panorama estrutural da representação social desse grupo, nos indicando que a maioria das palavras citadas refere-se a termos vinculados ao conhecimento formal, englobando evocações referentes à escola e ao formalismo nela encontrado. O conjunto de dados obtido permite supor que essa representação majoritária seja sistematicamente alimentada pelos métodos de ensino, pelo currículo e mesmo pelos materiais didáticos utilizados durante as aulas de Química, e até de outras disciplinas escolares.
Título em inglês
A study of social representations about chemistry of Sao Paulo's Youth and Adult Education students
Palavras-chave em inglês
Chemistry
High School
Social representation
Structural analysis
Youth and Adult Education
Resumo em inglês
The present work reports how the term "chemistry" is present in the views of students of the Youth and Adult Education of the public schools in São Paulo (Brazil). Serge Moscovici´s Theory of Social Representations, and its structural approach, the Central Nucleus Theory, as formulated by Jean Claude Abric, are the theoretical and methodological guidelines that underlie this study. Information was gathered through a questionnaire applied to 186 students, aged between 18 and 58 years, using the technique of free-evocation of words followed by the same hierarchy. For the analysis of the collected material, we used the technique of content analysis, of Bardin, and structural analysis of social representations, proposed by Abric. The data obtained from free-evocation and ranking questions enable us to identify and understand the relationships established by these students for the term "chemistry", that allowed making explicit the various possible meanings of that word. The data indicate a representation organized mostly in formal school experience with restricted relationships to knowledge of common sense and dayly life. The Central Nucleus Theory presents a structural overview of the social representation of this group, indicating that the most quoted words refer to terms linked to formal knowledge, encompassing evocations concerning the school and its formalism. The data set obtained suggests that the majority representation is systematically fed by the methods of teaching, the curriculum and instructional materials used during chemistry classes, and even other classes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.