• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
https://doi.org/10.11606/D.81.2019.tde-10122019-155229
Document
Auteur
Nom complet
Mariana Peão Lorenzin
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2019
Directeur
Jury
Bizerra, Alessandra Fernandes (Président)
Moura, Manoel Oriosvaldo de
Pechliye, Magda Medhat
Titre en portugais
Sistemas de Atividade, tensões e transformações em movimento na construção de um currículo orientado pela abordagem STEAM.
Mots-clés en portugais
Currículo
Ensino de Ciências
STEAM
Teoria da Atividade.
Resumé en portugais
Com ênfase em resultados que descrevem a realidade e organizado de modo fragmentado, o Ensino de Ciências, atualmente, trilha caminhos previamente estabelecidos que conduzem a uma visão simplificadora das múltiplas dimensões que intervém nas situações educativas. Resultante dessa forma de organização do ensino, percebe-se conflitos no uso do raciocínio e dificuldade dos estudantes na compreensão e na argumentação do conhecimento científico, bem como na tomada de decisões em situações que implicam em análises amplas e contextualizadas. Diante dessa situação, a abordagem STEAM é apresentada como uma possibilidade para orientação e organização do currículo da área de Ciências, que propõe, por meio do trabalho por projetos, a integração das Ciências Naturais a Tecnologias, Engenharias, Artes, Design e Matemática. No entanto, uma proposta de reorganização do Ensino de Ciências, partindo da concepção tradicional do ensino para um currículo orientado pela abordagem STEAM, pode ser fonte de tensões nas diversas esferas do contexto escolar. Por se tratar de uma abordagem complexa, a pesquisa realizada contou com o suporte teórico da Teoria da Atividade, referencial que permite leitura do fenômeno a partir da perspectiva histórico cultural, e, em uma abordagem sistêmica, teve como objetivo investigar os níveis e os tipos de tensões emergentes e as transformações ocorridas nos sistemas de atividade durante o desenvolvimento de um novo currículo orientado pela abordagem STEAM. Os dados coletados com a aplicação de questionários e entrevistas à equipe de professores, coordenação e direção da escola, diretamente envolvidas na transformação curricular, tiveram análise pautada na identificação e na sistematização das atividades dos sujeitos, além da localização das tensões e das contradições emergentes nesse processo, fundamentais para a inauguração de ciclos expansivos de aprendizagem. A análise dos dados permitiu identificar cinco atividades que compõem um sistema que, de acordo com o foco de observação da pesquisa, apresentou como atividade central a atividade de transformação curricular. Assim como as atividades de ensino e aprendizagem, motivadas pela transformação do currículo, esta atividade configurou-se como atividade para os professores. No entanto, diante da natureza de sua atuação na escola, essa mesma atividade apresentou-se como ação nas atividades da direção e da coordenação. Emergentes do processo de reorganização do Ensino de ciências, foram localizadas tensões correspondentes aos diversos níveis hierárquicos da análise. Essas tensões foram organizadas em quatro categorias que contemplam a contradição entre o valor de uso e o valor de troca da atividade; a oposição sobre a manutenção das estruturas e a sua transformação em um novo modelo; a contradição sobre os aspectos individuais e a percepção coletiva; e, a dualidade entre a escolha sobre a profundidade e a abrangência do conteúdo. Com indícios de superação no que diz respeito à produção coletiva de novos significados sobre o currículo orientado pela abordagem STEAM, a resolução das tensões possibilita transformações nas atividades, a incorporação de novos elementos à realidade e indica alguns atributos para a sua recontextualização.
Titre en anglais
Activity Systems, tensions and continuous transformations in the construction of a curriculum guided by the STEAM approach.
Mots-clés en anglais
Activity theory.
Curriculum
Science Education
STEAM
Resumé en anglais
Focusing on results that describe reality and, organized in a fragmented way, Science Education currently tracks previously established paths that lead to a simplified visualization of the multiple dimensions that intervene in educational situations. Because of this type of teaching organization, conflicts can be seen in students' logics and difficulty in understanding and arguing of the scientific knowledge, as well as in decision-making in situations that imply broad and contextualized analysis. In view of this situation, the STEAM approach is presented as a possibility for orientation and organization of the science educational curriculum, which proposes, through project based learning the integration of Natural Sciences with Technologies, Engineering, Arts, Design and Mathematics. However, a proposed reorganization of Science Education from the traditional conception of education to a STEAM curriculum can be source of tensions in several grounds of the school context. Considering the complex approach, the research had the theoretical support of the Theory of Activity, which allows the reading of the phenomenon, from the cultural historical perspective. The data was collected with the application of questionnaires and interviews with teachers, school's coordinators and principals that are directly involved in the curricular transformation. The data analysis was based on the identification and systematization of the activities of the subjects, along with the location of tensions and contradictions in this process that are emergent and fundamental for the inauguration of expansive cycles of learning. The analysis allowed the identification of five activities that make up a system that, according to the focus of observation of the research, presented as the central theme the activity of curricular transformation. As well as teaching and learning activities, motivated by the transformation of the curriculum, this activity was configured as an activity for teachers. However, in view of the nature of its routine in school, this same activity was presented as an action in the activities of coordinators and principals. Emerging from the process of reorganization of Science Education, tensions corresponding to the different hierarchical levels of the analysis were found. These tensions were organized in four categories that contemplate the contradiction between the value of use and the exchange value of the activity, the opposition on the maintenance of the structures and their transformation into a new model, the contradiction about the individual aspects and the collective perception and the duality between choice over the depth and width of content. With indications of overcoming the collective production of new meanings on the STEAM curriculum, the resolution of the tensions allows the transformation in activities, the incorporation of new elements into reality, and indicates some attributes for its recontextualization.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2019-12-20
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.