• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.81.2012.tde-13062012-111917
Documento
Autor
Nome completo
Cynthia Iszlaji
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Marandino, Martha (Presidente)
Pinazza, Monica Appezzato
Studart, Denise Coelho
Título em português
A criança nos museus de ciências: análise da exposição Mundo da Criança do Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS
Palavras-chave em português
Concepção de infância
Crianças
Educação não-formal
Museu de ciência e tecnologia
Resumo em português
O estudo em questão teve como objetivo principal analisar se e como os museus de ciências levam em consideração a criança pequena em suas ações, em especial a exposição. Para tal, a pesquisa visou à compreensão da concepção de criança e infância a partir das mudanças ao longo do tempo, através dos principais teóricos da área. Nesta pesquisa a concepção de criança e infância está fundamentada nas discussões de Vygotsky, cuja teoria caminha numa perspectiva histórico-cultural. A criança que emerge dos estudos dessa teoria é uma criança a ser compreendida como sujeito histórico, social e cultural, uma vez que ela influencia e é influenciada pelos determinantes que constituem a formação social no qual se encontra inserida. A escolha do contexto da pesquisa baseou-se nos resultados do questionário enviado para os museus de ciências brasileiros com objetivo de mapear as instituições que desenvolvem exposições e/ou ações educativas voltadas para o público infantil. Para este projeto, foi selecionada a exposição Mundo da Criança no Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS, por apresentar uma área destinada para crianças pequenas de 3 a 6 anos. Por se configurar como uma pesquisa qualitativa a coleta de dados se deu por meio de entrevistas ao conceptor da exposição investigada, bem como, o supervisor da monitoria e uma monitora, a observação da exposição e análise documental. Para a fundamentação da análise foram criadas categorias, a partir dos pressupostos da teoria históricocultural, de Vygotsky, com o objetivo de caracterizar a concepção de criança apresentada na exposição para crianças pequenas. As categorias elaboradas foram: organização do espaço físico e social, formas de expressão infantil e a formação de conceitos. Dessa forma, a análise foi dividida em três momentos: primeiro foi analisado o espaço museal da exposição como um todo; segundo os aparatos que proporcionam as formas de expressão infantis, como a brincadeira, o desenho, a imaginação; por último os aparatos da exposição estimulam a formação de conceitos. Contudo, é importante destacar são poucos os museus de ciências que possuem exposições destinadas à criança, sendo que a grande maioria atendem este público em atividades pontuais na exposição de longa duração. A exposição estudada apresenta em suas intenções e por meio de seus aparatos e espaço físico, possibilidade de promover o desenvolvimento da criança. Por fim, entendemos que este trabalho contribuir com a determinação de elementos que podem ser considerados pela equipe educativa dos museus como parâmetro para o processo de concepção de uma exposição voltada para criança.
Título em inglês
The child in science museums: analysis of the exhibition World´s Children Museum of Science and Technology PUCRS
Palavras-chave em inglês
Childhood conceptions
Children
Non-formal education
Science and technology museums
Resumo em inglês
The present study aimed to examine whether and how science museums take into consideration the young child in their actions in exhibitions. To this end, the research aimed to understand the concept of children and childhood from the changes over time. In this research, the conception of children and childhood is based on the discussions of Vygotsky, whose theory is oriented in a historical-cultural perspective. The child who emerges from studies of this theory is a child to be understood as a historical, social and cultural, since he influences and is influenced by determinants that constitute the social formation in which it is inserted. The choice of the context of the research was based on the results of the questionnaire sent to the Brazilian science museums in order to map the institutions to develop exhibits and / or educational interventions for children. For this study, we selected the exhibition World´s Children Museum of Science and Technology PUCRS, by presenting a designed area for children 3-6 years. Configured as a qualitative research, the data collected was through interviews investigating the designer of the exhibition, the supervisor monitoring and monitoring, as well as the observation of the exhibition and documental analysis. To perform the data analysis, categories were created from the assumptions of cultural-historical theory of Vygotsky, in order to characterize the conception of the child presented in the exhibition for young children. The categories developed were: organization of the physical and social forms of expression and the formation of children's concepts. Thus, the analysis was divided into three moments. At first we analyzed the museum exhibition in their space as a whole, in the second moment, we analyzed the apparatuses that provide forms of expression for children, such as play, drawing, imagination, and finally we analyzed the apparatus of the exhibition that stimulate the formation of concepts. However, it is important to note that there are few science museums that have exhibits designed for children, and most public activities answer this point in the long term displays. The exhibition features studied in their intentions and through their equipment and space, ways of promoting child development. Finally, we believe that this work brings important contributions to the determination of elements that can be considered by the teams responsible for the educational activities of museums, such as parameters for the process design for the exhibits for children.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Cynthia_Iszlaji.pdf (3.54 Mbytes)
Data de Publicação
2012-06-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.