• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2012.tde-08012013-103200
Documento
Autor
Nome completo
Kelly Regina Francisco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2012
Orientador
Banca examinadora
Imasato, Hidetake (Presidente)
Campos, Maria Silvia Mariani Pires de
Silva, Orivaldo Lopes da
Título em português
Efeito de exercícios na plataforma vibratória sobre a composição corporal, os sintomas, a qualidade de vida e o estresse oxidativo de mulheres com fibromialgia
Palavras-chave em português
Cortisol
Estresse oxidativo
Fibromialgia
Treinamento vibratório
Resumo em português
A incidência da fibromialgia na população é relativamente alta, cerca de 2%, o que implica em gastos públicos consideráveis principalmente devido a sua etiologia indefinida. Os sintomas mais comumente relatados são dor muscular, fadiga, estresse e distúrbios do sono. Considerando a escassez bibliográfica envolvendo o treinamento vibratório a pacientes com fibromialgia, bem como a possibilidade de ocorrência de lesão em grandes amplitudes de vibração e a necessidade de tratamento dessa população por toda a vida, a principal finalidade deste estudo foi avaliar a eficácia do treinamento vibratório em plataforma de baixa amplitude sobre a composição corporal, os sintomas, a qualidade de vida e o estresse oxidativo de mulheres com fibromialgia. Partiparam do estudo 38 mulheres, sendo 28 com diagnóstico de fibromialgia e 10 saudáveis. Elas foram divididas em 4 grupos: grupo controle (C), composto por pacientes com fibromialgia que não realizaram tratamento, grupo vibração e exercício I (VE I), composto por pacientes com fibromialgia que realizaram exercícios sobre a plataforma, grupo vibração e exercício II (VE II), composto por mulheres saudáveis que realizaram exercícios sobre a plataforma e grupo vibração (V), composto por mulheres com fibromialgia que não realizaram exercícios sobre a plataforma, sofrendo ação exclusiva da vibração. Foram avaliadas a qualidade de vida, a concentração de cortisol salivar, a atividade da enzima SOD, a massa muscular e a porcentagem de gordura das voluntárias. O grupo VE II teve uma queda na defesa antioxidante e um aumento na concentração de cortisol depois dos exercícios. Os grupos V e VE I apresentaram melhora nos sintomas e na qualidade de vida após o treinamento. Esses resultados confirmam que mesmo em uma amplitude de vibração mínima, a plataforma vibratória pode trazer benefícios a pacientes com fibromialgia e portanto, é uma alternativa eficaz no tratamento da doença.
Título em inglês
Effects of the exercises on vibration plataform on body composition, symptoms, quality of life and oxidative stress in women with fibromyalgia
Palavras-chave em inglês
Cortisol
Fibromyalgia
Oxidative stress
Vibration training
Resumo em inglês
The incidence of fibromyalgia in the population is relatively high, about 2%, which implies in considerable public expenditure mainly due to its unknown etiology. The most commonly reported symptoms are muscle pain, fatigue, stress and sleep disorders. Given the scarcity of the literature involving whole body vibration in patients with fibromyalgia, as well as the possibility of injury in large amplitudes of vibration and the treatment needs of this population for whole life, the main purpose of this study was to evaluate the effectiveness of whole body vibration platform of low amplitude on body composition, symptoms, quality of life and oxidative stress in women with fibromyalgia. In the study participated 38 women, 28 diagnosed with fibromyalgia and 10 healthy. They were divided into 4 groups: control (C), composed of patients with fibromyalgia who did not undergo treatment, vibration exercise group I (VE I), composed of patients with fibromyalgia who performed exercises on the platform, vibration exercise group II (VE II), composed of healthy women who performed exercises on the platform and group vibration (V), composed of women with fibromyalgia who did not perform exercises on the platform, suffering exclusive action of vibration. Were investigated the quality of life, the concentration of salivary cortisol, the activity of SOD, muscle mass and fat percentage of the volunteers. The VE II group had a decrease in antioxidant defense and an increase in cortisol concentration after exercise. The symptoms and the quality of life of the group V and VE I became better after training. These results confirm that even in a minimal amplitude of vibration, the platform can bring benefits to patients with fibromyalgia and therefore is an effective alternative in the treatment of the disease.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.