• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2016.tde-12022016-153407
Documento
Autor
Nome completo
Renata Furia Sanchez
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2006
Orientador
Banca examinadora
Teles, Lídia Cristina da Silva (Presidente)
Abramides, Dagma Venturini Marques
Pereira, Jose Carlos
Título em português
O impacto da alteração de voz na qualidade de vida de pacientes submetidos a laringectomia parcial vertical
Palavras-chave em português
Câncer de laringe
Disfonia
Laringectomia parcial vertical
Qualidade de vida e voz (QVV)
Resumo em português
O câncer de laringe pode ser tratado com cirurgias denominadas laringectomias, nas quais toda ou parte da laringe é removida, denominadas a laringectomia total e a parcial respectivamente. Ambos os tipos de cirurgia tem um impacto importante sobre a voz. Os pacientes com problemas de voz freqüentemente referem limitações, frustrações ou até mesmo impedimentos, tanto de natureza física, como psicológica, sociais ou profissionais. Tendo em vista a relação entre a voz e a qualidade de vida (QV), o objetivo deste estudo foi investigar o impacto da disfonia na QV dos pacientes submetidos a laringectomia parcial vertical, uma vez que a principal seqüela dessa cirurgia é a disfonia. Participaram deste estudo 31 pacientes submetidos a laringectomia parcial vertical no departamento de cabeça e pescoço do Hospital Amaral Carvalho entre fevereiro de 1993 e abril de 2005. Todos os pacientes responderam ao protocolo de mensuração de qualidade de vida e voz (QVV), auto-avaliação da voz e tiveram suas vozes avaliadas, quanto ao grau da disfonia, por meio da escala GRBAS. Os resultados obtidos do protocolo QVV foram: escore total 'X BARRA' = 77,02 '+ OU -' 25,10, domínio sócio-emocional 'X BARRA' = 83,67 '+ OU -' 27,51 e domínio do funcionamento físico 'X BARRA' = 72,58 '+ OU -' 24,74. O domínio do funcionamento físico foi que o apresentou escores mais baixos. Quanto à auto-avaliação da voz: a maioria (51,61%) dos pacientes deste estudo classificou suas vozes como boa e observou-se relação positiva entre a auto-avaliação da voz com os valores obtidos em todos os domínios do QVV, uma vez que quanto melhor foi a classificação da voz pelo paciente, maiores foram os escores do QVV indicando melhor QV. Quando correlacionados a média da escala GRBAS com os dados do protocolo QVV, não houve correlação estatisticamente significante. Embora na correlação do G (grau global da disfonia) da GRBAS com o QVV observou-se que, vozes com ) grau discreto de disfonia apresentaram maiores escores do QVV quando comparadas com vozes com graus moderado e severo, refletindo em melhor QV. Concluindo, este estudo demonstrou o impacto negativo da disfonia na QV de pacientes submetidos a laringectomia parcial vertical, uma vez que quanto maior o grau de disfonia, menores os escores do QVV.
Título em inglês
The impact of disturb of voice in the quality of life in patients undergone a vertical partial laryngectomy
Palavras-chave em inglês
Dysphonia
Larynx cancer
Quality of life and voice
Vertical partial laryngectomy
Resumo em inglês
The laryngeal cancer can be treated with surgeries denominated laryngectomies, which entire or part of larynx is removed, characterizing total laryngectomy and the partial respectively. Both types of surgery cause a very important impact in the voice. The patients with voice disorder frequently complain about limitations, frustrations or even though disabilities such as physical, psychological, social or professionals. To be considering the relationship between voice and the quality of life, the purpose of this study was research the impact of dysphonia in the quality of life in patients undergone a vertical partial laryngectomy, once the mean sequel of this surgery is the dysphonia. Thirty-one patients undergone a vertical partial laryngectomy in the Departamento de Cabeça e Pescoço do Hospital Amaral Carvalho between February 1993 and April 2005, completed the voice-quality of life QVV (translated and adapted from V-RQOL) questionnaire; self-rating voice and their voices were evaluated, as for the grade of dysphonia through GRBAS. The results obtained from: QVV total 'X BARRA' = 77,02 e DP = 25,10, social-emotional domain 'X BARRA' = 83,67 e DP = 27,51 and physical functional domain 'X BARRA' = 72,58 e DP = 24,74. The physical functional domain showed the lower scores. About the voice self-rating: the majority (51,61%) of patients in this study classified their voices as good showing the positive relationship between self-rating voice with scores of QVV indicating better quality of life. When correlated the mean values of GRBAS with data QVV, statistically significant relationships were not found. In the relationship of G (grade of hoarseness) of GRBAS with the QVV, there was relationship statistically significant relation between voice and quality of life, therefore, voices with discreet grade of dysphonia showed better quality of life when compared with voices moderate and severe grades. In summary, this study demonstrated the negative impact of dysphonia in the quality of life in patients undergone a vertical partial laryngectomy, how at higher the grade of dysphonia, lower is the scores of QVV.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-02-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.