• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2007.tde-15022008-134913
Documento
Autor
Nome completo
Ana Elise Lobo Bittar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Silva, Orivaldo Lopes da (Presidente)
Rollo, João Manuel Domingos de Almeida
Vinha, Dionisio
Título em português
Estudo da correlação biomecânica entre desordens oclusais e desvio de coluna no plano sagital
Palavras-chave em português
Classe III de Angle
Coluna cervical
Maloclusão
Resumo em português
Este estudo avaliou biomecanicamente o efeito da força resultante, em região de coluna cervical, exercida por um aparelho odontológico ortopédico mecânico, instalado em um paciente tipo classe III de Angle, durante o período de 06 meses. Para isso, selecionou-se um paciente de 10 anos e 04 meses de idade, leucoderma, do sexo masculino, para servir de modelo para este estudo. Ao exame intra-oral foram observadas chave de molares em classe III de Angle, mordida cruzada anterior, dentição mista e arcada superior atrésica. Na avaliação radiográfica, juntamente com análises de USP, Mac Namara, Bimler e Petrovic, foram constatadas maloclusão tipo classe III e potencial de crescimento mandibular maior que maxilar. Na análise de modelos, observaram-se, discrepâncias positivas tanto no sentido transversal como ântero-posterior nas duas arcadas. Foram solicitados exames radiográficos panorâmico, tele-radiografia lateral e de coluna torácica para elaboração do diagnóstico e plano de tratamento. Após isso, foi proposta a disjunção da arcada superior através de disjuntor de Mc Namara modificado e tracionamento da maxila com máscara facial de Petit, utilizando para isso, elásticos extra-orais com tração de força média (400gf). Após o uso da máscara por 06 meses, numa média de 14 horas por dia, foram feitas novas radiografias crânio cervicais para a avaliação da nova situação. O que se pode observar, além da correção da mordida cruzada anterior (clinicamente), foi, radiograficamente, a flexão da coluna do paciente com uma extensão compensatória do crânio e encurtamento de alguns músculos extensores da coluna cervical, analisados em seus marcos ósseos de origem e inserção.
Título em inglês
Study of biomechanics correlaction between oclusal disorders and spine deviation in the sagital plane
Palavras-chave em inglês
Cervical spine
Class III of Angle
Malocclusion
Resumo em inglês
This study has evaluated biomechanicaly the effect of the resultant strength at the cervical column developed by an odonthologic orthopedical mechanic appliance installed in a class III of Angle patient during 6 months. The model for this study is a 10 years and 4 months old patient, during six months. The model for this study is a 10 years and 4 months old patient, male and white. By the intra-oral exam it was possible to observe that the patient had molars in class III of Angle, previous crossed bite, mixed teething and the superior arcade is atresical. By the radiographic evaluation with analysis from USP, Mac Namara, Bimler e Petrovic, was detected a malocclusion class III and a potential of bigger mandibular growth then jaw. By the model analysis, a positive differences in the transversal as well as in the antero-posterior region of both arcades. Panoramic radiological exams, lateral and thoracic vertebral column teleradiografic exams were done in order to elaborate a diagnosis and a treatment plan. Afterwards a disjunction from the superior arcade through a modified disjunctor was proposed and a maxilla tracking through a Petit facial mask, with intra oral gummy strings with a medium strength force (400gf). After using this mask for 6 months, about 14 hours a day, other cranial-cervical x rays were done to evaluate the new results. It's possible to observe that not only the crossed bite was corrected (clinically) but also the cervical column flexion from the patient with a compensatory cranial extension. A shortening of some extensor muscles of cervical column, analyzed in its osseous marks of origin and insertion, was also observed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.