• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2010.tde-20072012-091549
Documento
Autor
Nome completo
Jaqueline de Souza Crusca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2010
Orientador
Banca examinadora
Parizotto, Nivaldo Antonio (Presidente)
Liebano, Richard Eloin
Yoshioka, Sergio Akinobu
Título em português
Laser de baixa intensidade no tratamento de úlceras cutâneas aplicando curativos de pericárdio porcino revestido com quitosana
Palavras-chave em português
Cicatrização de feridas
Laserterapia
Pericárdio porcino
Quitosana
Úlcera cutânea
Resumo em português
As lesões na pele, quando extensas, representam um grande problema de saúde pública e elevados custos associados aos tratamentos. A laserterapia tem sido aplicada por décadas a fim de acelerar o processo de cicatrização cutânea. Já a matriz de pericárdio porcino apresenta potencial para ser utilizado como curativo biológico, porém o patch tem rápida biodegradação, por isso adicionou-se quitosana. Muitos autores observaram esses tratamentos individualmente, no entanto não há dados concisos sobre a associação dessas terapias. O objetivo desse estudo foi avaliar a resposta clínica, histológica e histomorfométrica da ação fotobiomoduladora do laser no processo de reparação de úlceras cutâneas com o auxílio do curativo de pericárdio porcino revestido com quitosana. A úlcera cutânea foi induzida cirurgicamente em 48 ratos distribuídos em 6 grupos distintos com 8 animais cada, sendo eles: Matriz (curativo de pericárdio porcino); ML (curativo de pericárdio porcino com a aplicação da laserterapia); MQ (curativo de pericárdio porcino revestido com quitosana); MQL (curativo de pericárdio porcino revestido com quitosana com a aplicação da laserterapia); Ctrl (o grupo controle que não recebeu curativo algum) e Laser (o grupo controle que recebeu somente a laserterapia). Nos grupos que receberam imediatamente após o procedimento cirúrgico a radiação laser, com as seguintes características: comprimentos de onda da luz = 660nm, irradiância = 30mW/'CM POT.2', e densidade de energia de 30j/'CM POT.2'. O registro fotográfico das úlceras foi realizado no 10º dia pós-operatório e para fornecer a área ulcerada foi utilizado o software Image J. Foi realizada uma análise histológica e histomorfométrica (contagem de fibroblastos, células inflamatórias, vasos sanguíneos e colágenos) a partir de biópsias coletadas no 10º dia pós-operatório. Os resultados obtidos foram dados através das médias dos grupos com relação a cada análise, sendo eles: área da lesão (Laser = 0,48 'CM POT.2', Matriz = 0,46 'CM POT.2', Ctrl = 0,28 'CM POT.2', ML = 0,23 'CM POT.2', MQ = 0,22 'CM POT.2' e MQL = 0,19 'CM POT.2'); formação colagênica (Laser = 54,51%, Matriz = 51,75%, Ctrl = 58,84%, ML = 68,77%, MQ = 69,50% e MQL = 71,72%); células inflamatórias (Laser = 126,31, Matriz = 132,40, Ctrl = 101,85, ML = 97,67, MQ = 95,27 e MQL = 94,15); vasos sanguíneos (Laser = 6,83, Matriz = 4,48, Ctrl = 5,37, ML = 7,46, MQ = 5,42 e MQL = 3,98) e fibroblastos (Laser = 55,83, Matriz = 71,31, Ctrl = 78,63, ML = 85,40, MQ = 105,06 e MQL = 108,58). Os dados foram analisados pela análise de variância, com post hoc de Tukey, a fim de comparar os grupos com um nível de significância de 95% (p<0,05). Com base nesses achados, observou-se que houve melhora estatisticamente significante no grupo com curativos de pericárdio porcino revestido com quitosana associado à aplicação da laserterapia (MQL) quando comparado ao controle, mostrando-se mais eficaz no processo cicatricial de úlceras.
Título em inglês
Low level laser therapy for treatment of skin ulcers by applying dressings porcine pericardium coated with chitosan
Palavras-chave em inglês
Chitosan
Laser therapy
Porcine pericardium
Skin ulcer
Wound healing
Resumo em inglês
Large skin injuries represent a major public health issue, with high costs associated with the treatments. Laser therapy has been used for decades to accelerate the process of skin healing. The porcine pericardium matrix has the potential to be used as a biological dressing, but the patch has rapid biodegradation, so chitosan was added to delay this effect. Many authors have used these treatments individually; however there is no accurate data on the combination of these therapies. The aim of this study was to assess the clinical, histological and histomorphometric photobiomodulation laser action in the repair of skin ulcers associated with porcine pericardium dressing coated with chitosan. The skin ulcer was surgically induced in 48 rats, which were distributed into 6 groups with 8 animals each: Matrix (porcine pericardium dressing), ML (porcine pericardium dressing with laser therapy), MQ (porcine pericardium dressing coated with chitosan), MQL (porcine pericardium with a bandage coated with chitosan and laser therapy), Ctrl (the control group did not receive treatment) and Laser (the control group that received only laser therapy). The laser radiation groups received the treatment immediately after the surgery, with the following characteristics: light wavelength = 660nm, irradiance = 30mW/'CM POT.2' and of energy density 30j/'CM POT.2'. The photographic record of the ulcers was performed on the 10th postoperative day and to provide the ulcerated area was used the software ImageJ. We performed a histological and histomorphometric (count of fibroblasts, inflammatory cells, blood vessels and collagen) from biopsies also on the 10th postoperatively day. The results were given as means of groups from each analysis, as follows: lesion area (Laser = 0,48 'CM POT.2', Matriz = 0,46 'CM POT.2', Ctrl = 0,28 'CM POT.2', ML = 0,23 'CM POT.2', MQ = 0,22 'CM POT.2' e MQL = 0,19 'CM POT.2'), collagen formation (Laser = 54,51%, Matriz = 51,75%, Ctrl = 58,84%, ML = 68,77%, MQ = 69,50% e MQL = 71,72%), inflammatory cells (Laser = 126,31, Matriz = 132,40, Ctrl = 101,85, ML = 97,67, MQ = 95,27 e MQL = 94,15); blood vessels (Laser = 6,83, Matriz = 4,48, Ctrl = 5,37, ML = 7,46, MQ = 5,42 e MQL = 3,98) and fibroblasts (Laser = 55,83, Matriz = 71,31, Ctrl = 78,63, ML = 85,40, MQ = 105,06 e MQL = 108,58). Data were analyzed by analysis of variance with Tukey's post hoc to compare the groups with a significance level of 95% (p<0.05). Based on these findings, we observed that there was a statistically significant improvement in the group with porcine pericardium dressings coated with chitosan associated with the application of laser therapy (MQL) compared to control, displaying more effective in healing ulcers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.