• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2010.tde-20072012-153709
Documento
Autor
Nome completo
Vivian Maria Arakelian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2010
Orientador
Banca examinadora
Silva, Audrey Borghi e (Presidente)
Baldissera, Vilmar
Gobatto, Claudio Alexandre
Título em português
Estudo dos ajustes cardiorrespiratórios e metabólicos durante o exercício resistidos em jovens e idosos - proposta de avaliação da carga crítica no Leg Press 45º
Palavras-chave em português
Carga crítica
Envelhecimento
Exercício resistido
Freqüência cardíaca
Leg Press 45º
Respostas cardiorrespiratórias e metabólicas
Resumo em português
O treinamento físico resistido tem sido enfaticamente incentivado, proporcionando efeitos favoráveis na força e endurance muscular, na função cardiovascular, metabolismo e na redução do risco cardiovascular. No entanto, é escassa a literatura sobre os ajustes cardiovasculares, ventilatórios e metabólicos no exercício resistido na população idosa. Além disso, pouco é sabido sobre tais ajustes na carga crítica (CC), a qual demarcaria a transição do exercício moderado para o exercício intenso nesta modalidade de exercício. Dessa forma, os objetivos deste trabalho são: avaliar o comportamento das respostas cardiovasculares, respiratórias e metabólicas durante o exercício físico resistido (Leg Press 45º) em diferentes intensidades, bem como determinar a intensidade da CC e ainda nessa intensidade comparar as respostas da freqüência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS), ventilação (VE), consumo de oxigênio ('VO IND.2'), produção de dióxido de carbono ('VCO IND.2'), quociente respiratório (QR), percepção subjetiva de esforço (PSE) e lactato sangüíneo ([Lac]) obtidas durante exercício entre dois grupos (jovens e idosos). Participaram deste estudo 28 indivíduos do sexo masculino, sendo 15 jovens e 13 idosos, aparentemente saudáveis, sendo que a média de idade dos jovens foi de 22,7 ± 2,5 anos, massa média de 77,6 ± 10,2 kg e estatura média de 180,0 ± 10,0 cm e nos idosos a média de idade foi de 68,6 ± 4,0 anos, massa média de 76,7 ± 7,5 kg e estatura média de 170,0 ± 1,0 cm, não etilistas, não tabagistas, e sem distúrbios cardiorrespiratórios, neurológicos, metabólicos e articulares. Durante todos os procedimentos foram monitoradas PA, FC e eletrocardiograma nas derivações MC5, DII e V2 modificadas, sendo que foram realizados: teste de 1RM em exercício resistido no Leg Press 45º; teste de esforço físico dinâmico resistido com diferentes percentuais de 1RM, testados de acordo para obtenção da carga crítica, pela regressão linear dos pontos apurados na construção do gráfico: carga X inverso do tempo (tempo = duração do exercício até a fadiga). Com relação ao tempo de execução e o número de repetições não houve diferenças entre os grupos (p = 0,25 e p = 0,49; respectivamente); para a FC e PAS, temos para o grupo jovem uma resposta exacerbada da FC comparada aos idosos durante exercício (p<0,0001), sendo que o comportamento da PAS revela-se de modo contrário, havendo assim uma resposta mais acentuado para o grupo idoso (p<0,0197). A [Lac] foi maior em jovens na intensidade da CC (p = 0,0014), bem como o valor de PSE (0,00021). Para os parâmetros ventilatórios (VE, 'VO IND.2' e 'VCO IND.2') temos maiores valores para o grupo jovem também na fase de exercício para diferentes intensidades, principalmente na CC (p<0,0001, para as três variáveis). Além disso, foi possível determinar a carga crítica para ambos os grupos, sendo que essa foi em torno de 38% 1RM (p = 0,22). Dessa forma, esse foi o primeiro estudo que avaliou e comparou as respostas fisiológicas entre jovens e idosos em diferentes intensidades da RM, no exercício de Leg Press 45º, assim como na CC.
Título em inglês
Study of metabolic and cardiorespiratory adjustments during resistance exercise in young and elderly - proposal for evaluation of critical load at Leg Press 45º
Palavras-chave em inglês
Aging
Cardiorespiratory and metabolic responses
Critical load
Heart rate
Leg Press 45º
Resistance exercise
Resumo em inglês
The resistance training has been strongly encouraged, providing favorable effects on muscular strength and endurance, cardiovascular function, metabolism and cardiovascular risk reduction. However, there is little literature about the cardiovascular, ventilation and metabolic responses in resistance exercise in the elderly. Moreover, little is known about such adjustments in the critical load (CL), which indicates the transition of moderate to intense exercise in this type of exercise. Thus, the objectives of this study are: To evaluate the cardiovascular, respiratory and metabolic changes during resistance exercise (leg press 45º) at different intensities and to determine the intensity of the CL and even that intensity to compare the responses of heart rate (HR), systolic blood pressure (SBP), ventilation (VE), oxygen consumption ('VO IND.2'), production of carbon dioxide ('VCO IND.2'), respiratory quotient (RQ), perceived exertion (PSE) and blood lactate ([Lac]) obtained during exercise between two groups (young and old). Participated in this study 28 males, 15 young and 13 elderly, apparently healthy, with an average age of the young was 22.7 ± 2.5 years, mean weight 77.6 ± 10.2 kg and mean height of 180.0 ± 10.0 cm, and in the elderly the average age was 68.6 ± 4.0 years, mean weight 76.7 ± 7.5 kg and mean height of 170.0 ± 1.0 cm, non-alcoholic non-smoker, and without cardio-respiratory, neurological, metabolic and joints disorders. During all procedures were monitored BP, HR and ECG at MC5, DII and V2 modified, and were carried out: 1RM resistance exercise on the leg press at 45º; exercise stress test dynamic resistance with different percentages of 1RM tested agreement for obtaining the critical load, the linear regression of the points made during the construction of the graph: load X reverse of time (time = duration of exercise until fatigue). Regarding the execution time and number of repetitions no differences between the groups (p = 0.25 and p = 0.49, respectively) for the HR and SBP, we have exacerbated response of HR for a young group compared to elderly, during exercise (p < 0.0001), and the SBP appears to be so contrary, so there is more pronounced for the elderly group (p < 0.0197). The [Lac] was greater in young people in the CC intensity (p = 0.0014), as well as the value of PSE (0.00021). For the ventilatory parameters (VE, 'VO IND.2' and 'VCO IND.2') have higher values in the young group also during the exercise for different intensities, mainly in the CC (p < 0.0001 for the three variables). Furthermore, it was possible to determine the CL for both groups, and this was around 38% 1RM (p = 0.22). Thus, this was the first study that evaluated and compared the physiological responses between young and old in different intensities of 1RM in the exercise of Leg Press 45º, as in CL.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.