• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2013.tde-26112013-235358
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Gustavo de Sousa Carleto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2013
Orientador
Banca examinadora
Santana, Carla da Silva (Presidente)
Carretta, Regina Yoneko Dakuzaku
Toyoda, Cristina Yoshie
Título em português
Relações intergeracionais de idosos mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação
Palavras-chave em português
Idoso
Relações familiares
Tecnologia
Resumo em português
Introdução: A intensa revolução tecnológica, associada ao crescimento demográfico da população idosa tem resultado no processo de exclusão digital destes, que possuem dificuldades em se adaptar ao atual contexto tecnológico. Como estratégia para promoção da saúde do idoso, os princípios da gerontotecnologia podem ser utilizados, e o computador e o telefone celular têm proporcionado maior independência e participação na vida social e familiar. Objetivo: Analisar a influência de TIC nas relações intergeracionais de idosos. Materiais e métodos: Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva, do tipo transversal, com enfoque quantitativo-qualitativa. A amostra de conveniência foi composta por 160 sujeitos, especificamente 80 idosos participantes de programas de inclusão digital, 40 idosos não participantes de programas de inclusão digital e 40 familiares. Os sujeitos participantes da pesquisa residiam nas cidades de Uberaba (MG) e Ribeirão Preto (SP). Os procedimentos de coleta de dados incluíram Questionário Sócio-Demográfico Auto-Respondido para Aplicação com Idosos, Escala de Avaliação das Atividades Instrumentais da Vida Diária de Lawton e Brody e Questionários estruturados sobre as TIC. Os dados foram analisados através da técnica de análise de conteúdo do tipo temática e estatística descritiva com auxílio do programa EPI-Info. Resultados: Quanto à caracterização da amostra, a média de idade dos idosos foi de 68,8 anos, 70,8% é do sexo feminino, 55% têm acima de 8 anos de estudo, 65% é casado, 57,5% é aposentado e 84, 7% das mulheres e 62,9% dos homens possuem independência funcional. Quanto à utilização dos recursos eletrônicos, constatou-se que 100% e 33,4% dos idosos utilizam o telefone celular e o computador em suas relações, respectivamente. As finalidades de utilização destes equipamentos estão voltadas para possibilitar as relações sociais, a comunicação frequente com familiares e a manutenção das relações de afeto e de amizade. Os idosos relataram a necessidade de habilidades cognitivas e sensoriais para utilização das TIC em suas relações familiares, e 67,5% dos familiares dos idosos acreditam que os recursos tecnológicos podem auxiliar a suprir a presença física, 67,5%, proporcionar maior independência e autonomia para que o idoso se relacione com seus familiares e se ambiente com os assuntos cotidianos e 67,5% para ampliar a comunicação com outras pessoas da família. Discussão: Percebeu-se que os idosos utilizam as TIC nas relações intergeracionais para estabelecer a comunicação com seus familiares, sendo que os recursos tecnológicos utilizados podem promover o relacionamento interpessoal e intergeracional e participação na vida dos familiares. Conclusão: Acredita-se que as TIC exerçam uma influência positiva nas relações intergeracionais dos idosos e que o domínio destes recursos tecnológicos no cotidiano tende a favorecer o sentimento de autoeficácia dos sujeitos e consequentemente a sua auto-estima, ampliando a participação destes nesta sociedade tecnológica e permitindo novos papéis sociais e a experiência de que continua fazendo parte da sociedade.
Título em inglês
Intergenerational relations elderly mediated by information communication technologies
Palavras-chave em inglês
Elderly
Family relations
Technology
Resumo em inglês
Introduction: The intense technological revolution associated with the population growth of the elderly population has resulted in the process of digital exclusion of these, which have difficulties in adapting to the current technological context. As a strategy to promote the health of the elderly, the principles of gerontotecnology can be used and the computer and cell phone have provided greater independence and participation in social and family life. Objective: To analyze the influence of ICT in intergenerational relationships of older people. Materials and methods: This was an exploratory, descriptive, cross-sectional study with qualitative-quantitative approach. The convenience sample consisted of 160 subjects, 80 elderly participants specifically for digital inclusion programs, 40 subjects participating in digital inclusion programs and 40 family members. The participants of the survey were living in the cities of Uberaba (MG) and Ribeirão Preto (SP) . The procedures for data collection included Socio-Demographic Questionnaire Application for Auto-Answer with Elderly, Scale Evaluation of Instrumental Activities of Daily Living of Lawton and Brody and Structured questionnaires on ICT. Data were analyzed by analysis technique thematic content and descriptive statistics using the program Epi- Info. Results: Regarding the characterization of the sample, the average age was 68.8 years old, 70.8 % are female, 55 % have over 8 years of schooling, 65 % are married, 57.5 % is retired and 84, 7 % of women and 62.9 % of men have functional independence. Regarding the use of electronic resources, it was found that 100 % and 33.4 % of the elderly use cell phone and computer in their relationships, respectively. The purpose of using these devices are aimed at enabling social relations, frequent communication with families and the maintenance of relationships of affection and friendship. The elderly reported the need for cognitive and sensory skills for use of ICT in their family relationships, of families and 67.5 % of seniors believe that technological resources can help meet the physical presence, 67.5 %, providing greater independence and autonomy for the elderly relates to your family and the environment with everyday issues and 67.5 % to expand communication with other family members. Discussion: It was noticed that the elderly use TIC in intergenerational relationships to establish communication with their families, and the technological resources used can promote interpersonal and intergenerational participation in the life of the family. Conclusion: It is believed that TIC exerts a positive influence on intergenerational relationships of older people and that the domain of these technological resources in daily life tends to foster feelings of self-efficacy of the subjects and consequently their self -esteem, expanding their participation in this technological society and enabling new social roles and experience that remains part of society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.