• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.82.2013.tde-28112013-091351
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Raquel Frigo Aciari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2013
Orientador
Banca examinadora
Yoshioka, Sergio Akinobu (Presidente)
Canduri, Fernanda
Rigo, Eliana Cristina da Silva
Título em português
Preparação de micropartículas de fibroína da seda calcificadas
Palavras-chave em português
Biomateriais
Calcificação
Fibroína
Micropartículas
Resumo em português
A calcificação ocorre pela formação de depósitos de cálcio em diferentes matrizes envolvendo fatores mecânicos, químicos e biológicos. Alguns compósitos, polímeros e proteínas são utilizados na formação de matrizes por promover maior eficiência no processo de mineralização. Estima-se que a fibroína da seda apresente também esta finalidade. A fibroína é uma proteína fibrosa extraída do casulo do bicho-da-seda (Bombyx mori), que pode ser processada como filme, membrana, esponja, pó, gel e aplicada em ossos e cartilagens, enxertos vasculares, reparação de nervos e córnea, como sistema de liberação de drogas, suturas, ligamentos, peles, tendões e substrato para cultura de células. Nesse trabalho houve a preparação de micropartículas de fibroína da seda através de dois procedimentos distintos, um por borrifamento em N² e outro por borrifamento em Na2HPO4 e o processo de calcificação realizado foi por imersão alternada de soluções tamponadas de cálcio e fosfato. As caracterizações realizadas foram Espectroscopia de Absorção no Infravermelho (FT-IR), Análise Termogravimétrica (TGA), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectroscopia de Energia Dispersiva (EDS) e Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). Os resultados obtidos mostraram que a calcificação das micropartículas de fibroína ocorre pelas duas metodologias empregadas. O teor de calcificação foi de aproximadamente 29% para micropartículas borrifadas em N² e de aproximadamente 80% para as micropartículas borrifadas em Na2HPO4. As micropartículas de fibroína calcificadas, não apresentaram transição térmica até a temperatura de 120°C, possibilitando a esterilização em autoclave a seco.
Título em inglês
Preparation the microparticulas the silk fibroin calcifieds
Palavras-chave em inglês
Bimaterials
Calcification
Fibroin
Microparticles
Resumo em inglês
Calcification occurs by the formation of calcium deposits in different matrices involving mechanical factors, chemical and biological. Some composites, polymers, and proteins are used in forming matrices to promote higher efficiency in the process of mineralization. It is estimated that the silk fibroin also present for this purpose. The fibroin is a fibrous protein extracted from silkworm cocoon silkworm (Bombyx mori), which can be processed as film, membrane, sponge, powder, gel and applied in bone and cartilage, vascular grafts, nerve repair and corneal as a delivery system for drugs, sutures, ligaments, skins, tendons and substrate for cell culture. In this work was the preparation of microparticles of silk fibroin by two different procedures, sputter under N² and in other sputter Na2HPO4 and calcification process was performed by immersion of alternating buffered solutions of calcium and phosphate. The characterizations were performed Absorption Spectroscopy Infrared (FT-IR), Thermogravimetric Analysis (TGA), Scanning Electron Microscopy (SEM), Energy Dispersive Spectroscopy (EDS) and Differential Scanning Calorimetry (DSC). The results showed that the calcification of fibroin microparticles occurs by the two methodologies. The calcified fibroin microparticles showed no thermal transition temperature to 120°C, enabling autoclaving of the microparticles dry
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TDE_JulianaAciari.pdf (2.35 Mbytes)
Data de Publicação
2013-11-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.