• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.83.2008.tde-08052009-095330
Documento
Autor
Nombre completo
Ilva Marico Mizumoto Aragaki
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2008
Director
Tribunal
Silva, Isilia Aparecida (Presidente)
Abrão, Ana Cristina Freitas de Vilhena
Praça, Neide de Souza
Silva, Lucia Cristina Florentino Pereira da
Tsunechiro, Maria Alice
Título en portugués
Avaliação e percepção de nutrizes acerca de sua qualidade de vida
Palabras clave en portugués
Aleitamento materno
Assistência de enfermagem
Maternidade
Qualidade de vida
Resumen en portugués
Na prática da assistência de enfermagem à nutriz, percebe-se inúmeras queixas no que concerne ao desgaste físico e emocional e dificuldades para a manutenção da amamentação, entretanto há sentimentos de alegria ou satisfação com a maternidade, o que nos leva a questionar a percepção de qualidade de vida (QV) que as mulheres têm quando estão em fase de aleitamento materno. Este estudo teve como objetivos compreender a percepção de nutrizes atendidas em uma Unidade Básica de Saúde, no município de São Paulo, acerca de sua QV; relacionar a QV das nutrizes com o tipo de aleitamento materno que praticam para seus filhos, relacionar a QV das nutrizes com suas características sociodemográficas; identificar os elementos objetivos e subjetivos presentes na construção da percepção e avaliação das nutrizes acerca de sua QV. Adotamos a combinação das abordagens quantitativa e qualitativa de pesquisa. O estudo foi realizado em uma unidade básica do município de São Paulo com a participação de 202 nutrizes que responderam ao Instrumento de Avaliação de QV (WHOQOL-bref), seguidas pela realização de perguntas abertas e entrevista que possibilitou a interpretação da realidade das mulheres acerca de sua QV. Os dados foram organizados segundo a proposta do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Quanto à avaliação da QV, as nutrizes apresentaram o escore médio igual a 74,8 para a Qualidade de Vida Geral; 70,8 para o domínio Relações Sociais; 61,9 para o domínio Psicológico; 61,8 para o domínio Físico e 54,3 para o domínio Meio Ambiente. Ao relacionar os domínios de qualidade de vida com os fatores sociodemográficos, observamos que para os domínios Psicológico e Relações Sociais foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre as médias de QV de mães de crianças prematuras e as de termo, sendo que as mães de prematuros apresentaram menores escores em ambos os domínios. Em relação ao domínio Meio Ambiente, houve associação estatisticamente significativa quanto à escolaridade e à renda familiar, sendo o maior escore atribuído pelas mulheres com mais anos de estudo e também, pelas mulheres com maior renda. Quanto ao tipo de aleitamento materno, as mães com maiores escores de QV praticavam o aleitamento materno para seus filhos, com exceção do domínio relações sociais para o qual as mães, que apresentaram os maiores escores de avaliação de QV, praticavam o aleitamento predominante. As nutrizes, ao descreverem o que é QV, utilizam os elementos objetivos e subjetivos como qualificadores para a sua experiência de vida. Com base nas expressões das mulheres, foi possível construir um DSC, o qual denominamos de Maternidade e Aleitamento Materno, que reiterou a visão obtida pelos demais resultados deste estudo, sobre a necessidade de construção de instrumentos próprios para a avaliação da QV das nutrizes. Mediante os resultados, consideramos que o planejamento de uma assistência de enfermagem acerca da amamentação desde o pré-natal, que incentive principalmente a participação do companheiro no cuidado com a criança e promova o preparo da família para apoiar a nutriz, certamente levará a uma melhor condição de vivenciar o processo da maternidade e de amamentação, influindo em sua percepção acerca de sua QV
Título en inglés
Nursing mothers assessment and perception about their quality of life
Palabras clave en inglés
Breastfeeding
Maternity
Nursing assistance
Quality of life
Resumen en inglés
In the nursing assistance to the nursing mothers, there is much complaining about physical and emotional distress to maintain the breastfeeding, however, there are happiness and satisfaction feelings regarding the maternity, which make us question the perception of the Quality Of Life (QL) that the women show when they are breastfeeding. The objectives are: understand the nursing mothers perception of QL, who were seen at a Primary Health Care Clinic in São Paulo; identify and analyze the nursing mothers conception of their QL; value their QL; connect their QL to their social economic profile; connect their QL to the kind of breastfeeding. To this study, it was used different strategies on data collection, integrating techniques to the quantitative and qualitative approach, searching for their interfaces. 202 mothers answered to the 26 questions of the Instrument of QL (WHOQOL-bref). After each question, it was asked the reason of each answer, in order to identify the hidden points, which could explain and support the interpretation of the womens reality about their QL. The data was organized according to the purpose of Collective Subjective. About the quality of life, the mothers scored 74.8 to the general quality of life; 70.8 to the social relationships domain; 61.9 to the psychological domain; 61.8 to the physical domain and 54.3 to the environment domain. We observed that was found a statistically significant difference between the averages of QL in the Psychological and Social Relation domains, in which the mothers of preterm children shown lower scores in both domains. Connecting the quality of life and the social economic factors, it was found a great difference between women who had preterm infants and no preterm infants in the social relationships domain. The same in the psychological domain. About the environment domain, the schooling and the familiar monthly income shown a significant relation, this way, women with higher schooling have more job opportunities and better economical condition. There wasnt found a relation between the kind of breastfeeding and the quality of life, however, the higher scores in the quality of life evaluation shown the breastfeeding as the kind of breastfeeding adopted in all domains but social relationship domain, which connected the predominant breastfeeding with the quality of life higher score. The nursing mothers, describing what is QL, use the objective and subjective elements as qualifiers to their lifes experience. From the womens expression, it was possible to build a Collective Subjective Discourses, that we called as Maternity and Breastfeeding, which corrected the view obtained from the other results of this study, about the necessity of building proprietary tools to the evaluation of QL. From the results, we considered that the planning of a nursing assistance to the breastfeeding since the prenatal, which should encourage mainly the involving of the partner in the childs care and the preparation of the family to support the nursing mother, surely will take them to a better condition to live the maternity and breastfeeding process, improving their perception about their QL
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Ilva_Marico.pdf (1.64 Mbytes)
Fecha de Publicación
2009-05-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.