• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2013.tde-11072014-110328
Documento
Autor
Nome completo
Alcimara Benedett
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Silva, Isilia Aparecida (Presidente)
Gualda, Dulce Maria Rosa
Posso, Maria Belen Salazar
Praça, Neide de Souza
Souza, Sonia Buongermino de
Título em português
A percepção da nutriz sobre os (des)confortos da prática do aleitamento materno.
Palavras-chave em português
Conforto humano. Aleitamento materno. Puerpério
discurso do sujeito coletivo.
saúde da mulher
Resumo em português
O processo de amamentação, além de sua importância para a criança e benefícios de toda ordem, maternos, infantil e social, também pode representar um esforço físico e emocional para a mulher, sendo considerado um período no qual a nutriz enfrenta situações estressantes e de desconfortos. Considera-se que estes elementos, se não resolvidos devidamente, podem marcar negativamente a experiência de amamentar e levar à decisão materna de interromper o aleitamento. Com vistas a buscar a compreensão dessa experiência para a nutriz, quanto aos (des)confortos por ela experimentados, este estudo teve como objetivos: compreender a percepção da nutriz acerca dos (des)confortos identificados e expressos por ela, na prática da amamentação, e verificar a possível relação entre os (des)confortos percebidos pela nutriz com a sua prática da amamentação. Foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, que teve como referencial teórico a Teoria de Conforto de Kolcaba (1991) e a estratégia do DSC para organização dos dados. Participaram deste estudo vinte e quatro nutrizes primíparas, residentes em Chapecó (SC), maiores de 18 anos, entre 30 e 90 dias pós-parto, que estavam amamentando ou que amamentaram os filhos por pelo menos 30 dias. Foram construídos três temas emergidos dos dados: TEMA 1 A PRÁTICA DA AMAMENTAÇÃO: UMA BUSCA POR CONFORTO; TEMA 2 O SOFRIMENTO NA AMAMENTAÇÃO; TEMA 3 A SATISFAÇÃO DA AMAMENTAÇÃO. Os temas demonstram que a mulher está exposta aos vários contextos de (des)confortos descritos na Teoria do Conforto. Também, busca encontrar os estados de conforto, especialmente relacionados aos desconfortos físicos, de alívio, bem-estar e transcendência, que são encontrados pela adaptação constante da prática e manejo da amamentação, e na vivência mais ampla do aleitamento, como uma experiência gratificante e qualificadora de seu papel materno. O estudo demonstrou que as dimensões e estados de conforto se inter-relacionam e a nutriz, ao experimentar o desconforto, busca adotar estratégias que promovam o conforto, priorizando, porém, o bem-estar e atendimento das necessidades do filho. Os elementos causadores de desconfortos se expressam e são percebidos mais facilmente no contexto físico, bem como a busca pelo conforto ambiental. No entanto, os desconfortos do tipo emocional e social podem conflitar com a visão do papel materno, mas são sucumbidos, sublimados e superados à medida que a nutriz encontra sentido de plenitude no processo de amamentar.
Título em inglês
Nursing Mother´s Perception about the (dis)comforts of breastfeeding practice
Palavras-chave em inglês
breastfeeding
Human comfort.
postpartum period
woman health. Collective Subject Speech.
Resumo em inglês
The breastfeeding period, besides its importance to the child and benefits of all sorts, including maternal, infantile and social ones, can also represent a physical and emotional effort to the woman, being considered a period in which the nursing mother faces stressful situations and discomforts. It is considered that these elements, if not properly solved, can negatively mark the experience of breastfeeding and make the mother stop breastfeeding. Focusing on understanding this experience to the nursing mother, regarding the (dis)comforts experimented by her, this study aimed at: understanding the nursing mother´s perception about the (dis)comforts identified and expressed by her in the breastfeeding practice and verifying the possible relation between the (dis)comforts noticed by the nursing mother and her breastfeeding practice. A qualitative research was developed, having the Comfort Theory by Kolcaba (1991) as its theoretical reference and using the DSC strategy to organize the data. Twenty-four primiparous nursing mothers, who live in Chapecó (SC), above 18 years old, from thirty to ninety days after the delivery, who were breastfeeding or who breastfed their children for at least thirty days took part in this study. Three themes were elaborated from the data, THEME 1- BREASTFEEDING PRACTICE: SEARCHING FOR COMFORT; THEME 2- BREASTFEEDING SUFFERING; THEME 3- BREASFEEDING SATISFACTION, which demonstrate that the woman is exposed to several contexts of (dis)comforts described by the Comfort Theory. Also, aiming at finding the comfort states since the relieve, specially related to physical discomforts, well-being and the transcendence, that are found in constant adaptation of the breastfeeding practice and handling, and in the wider breastfeeding experience, as a gratifying and qualifying experience of the maternal role. The study demonstrated that the dimensions and the comfort states are interrelated and the nursing mother, when experiencing the discomfort, looks for adopting strategies which promote the comfort, yet prioritizing the well-being and providing the child´s necessities. The elements which cause discomfort express themselves and are perceived more easily in the physical context, as well as in the search for environmental comfort. However, the social and emotional discomforts can conflict with the maternal role´s vision, but are yielded, sublimated and overcome as the nursing mother finds the plenitude sense in the breastfeeding process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
alcimara_benedett.pdf (1.04 Mbytes)
Data de Publicação
2014-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.