• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2011.tde-20092011-092425
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ciosak, Suely Itsuko (Presidente)
Faro, Ana Cristina Mancussi e
Guimarães, Ana Tereza Bittencourt
Mantovani, Maria de Fátima
Marques, Amelia Pasqual
Título em português
Idosos vítimas de trauma: uma proposta de predição de risco
Palavras-chave em português
acidentes por quedas
enfermagem
ferimentos e lesões
Idoso
Resumo em português
O Brasil cada vez mais torna-se um país de cabelos brancos, e, este processo traz reflexos para a sociedade brasileira e para a assistência à saúde desta população. Destaca-se as causas externas como um problema de saúde pública que oferecem grande impacto na saúde dos idosos. Estes têm capacidade reduzida de recuperação e permanecem hospitalizados por maior tempo. Portanto, nesta investigação buscou-se identificar a relação entre o idoso vítima de trauma e os fatores de risco envolvidos no acidente. Objetivo Geral: Desenvolver indicadores de predição de risco para o trauma em idosos. Objetivos Específicos: Caracterizar o perfil dos idosos vitimas de trauma atendidos no pronto-socorro; Verificar quais os mecanismos de trauma sofrido pelos idosos; Conhecer os fatores que contribuíram para a ocorrência do trauma; Analisar os fatores de risco para a ocorrência do trauma em idosos. Estudo quantitativo, transversal realizado no prontosocorro (PS) de dois hospitais da cidade de Curitiba, sendo aprovada por suas Comissões de Ética em Pesquisa. Os critérios de inclusão foram os seguintes: pacientes com 60 anos ou mais, de ambos os gêneros, vítimas de trauma, que estavam sendo atendidos no PS e que aceitaram participar da pesquisa de maneira voluntária ou por autorização de cuidadores ou familiares, em caso de déficit cognitivo e/ou auditivo. A coleta de dados foi realizada à beira do leito por meio de uma entrevista estruturada; os dados obtidos foram organizados em planilha Excel e analisados por meio do programa computacional Statistical Package for the Social Sciences - SPSS versão 15.0. Os resultados foram descritos por frequências e percentuais. Para avaliação da associação entre duas variáveis qualitativas, foi considerado o teste de Qui-quadrado ou o teste exato de Fisher. Para avaliação conjunta da associação de fatores com o mecanismo do trauma (queda ou outros eventos), foi ajustado um modelo de Regressão Logística (stepwise backward). A partir do ajuste, foram estimados os valores de odds ratio com respectivos intervalos de confiança de 95%. Os sujeitos foram 261 idosos que atenderam aos critérios de inclusão, sendo 148 mulheres (56,7%) e 43,3% homens. A faixa de idade variou de 60 a 103 anos, e a média foi de 72,6 ± 9,3 anos. Grande parte da amostra tinha idade abaixo de 70 anos (44,8%). Com relação ao estado civil, 43,3% dos pacientes eram casados; 35,2%, viúvos; 13%, separados, amasiados; e 8,4%, solteiros. Os mecanismos de trauma mais frequentes foram: queda (75,9%), atropelamento (9,6%), trauma direto (5,4%) e acidente automobilístico (3,8%). O medicamento mais utilizado foi o anti-hipertensivo (45,2%). A análise multivariada permitiu afirmar que, independentemente das outras variáveis incluídas no modelo, o gênero feminino, a presença de cuidador, medicação de uso contínuo e a presença de problemas auditivos aumentam significativamente a probabilidade de trauma por queda. Problemas de visão sem uso de óculos e idosos com renda de até 3 salários mínimos tendem a 7 ter maior probabilidade de trauma por queda. Esses resultados permitem estabelecer que os fatores que mais interferem no trauma em idosos podem, se avaliados durante a consulta de enfermagem, possibilitar ações de saúde para a sua prevenção.
Título em inglês
Aged victims of trauma: a proposal of risk prediction.
Palavras-chave em inglês
Accidental Falls
Aged
nursing
Wounds and Injuries
Resumo em inglês
Brazil is becoming more and more a country of white hair and this process brings consequences for Brazilian society and the health care of its population. The highlights are the external causes as a matter of public health that offers great impact on the health of the elderly. The aged have their ability of recovery reduced and remain hospitalized for longer periods of time. Therefore, this research aimed to identify the relation between the aged victim of trauma and the risk factors involved in the accident. General objective: develop indicators of risk prediction for trauma in the aged. Specific objectives: describe the profile of aged victims of trauma seen in the emergency room; Check which mechanisms of trauma are suffered by the aged; Learn the factors that contributed to the occurrence of the trauma; Analyze the risk factors for the occurrence of the trauma in the aged. Quantitative cross study, held in the emergency department of two hospitals in Curitiba, which was approved by their Research Ethics Committees. The inclusion criteria were as follows: patients of 60 years old or more, both gender, victims of trauma that were being seen at the emergency room and accepted to participate in the research voluntarily or under authorization of caregiver or family in case of cognitive or/and hearing deficit. The data collection was made through a semi-structured interview by the bed; the data obtained were organized in an excel spreadsheet and analyzed by computer program Statistical Package for the Social Sciences - SPSS version 15.0. The results were described by frequencies and percentages. To evaluate the association between two qualitative variables, it was considered the Chisquare test or the Fishers exact test. To jontly evaluate the factors associated with the mechanism of trauma (fall and other events), it was adjusted a logistic regression model (stepwise backward). As from the ajustment, it were estimated the odds ratio values with respective confidence intervals of 95%. The subjects were 261 elderly people that met the inclusion criteria, 148 women (56,7%) and 43,3% men. The age ranged from 60 to 103 years old, and the average was 72,6 ± 9,3 years old. The great majority of the sample was under 70 years old (44,8%). Regarding to marital status, 43,3% of patients were married; 35,2%, widowed; 13%, separated, in cohabitation and 8,4%, single. The mechanisms of trauma more frequent were: fall (75,9%), running over (9,6%), direct trauma (5,4%) and car accident (3,8%). The medicament most used was the anti-hypertensive (45,2%). The multivariate analysis allowed to say that, independently of other variables included in the model such as the female gender, the presence of the caregiver, the continued use of medication and the presence of hearing problems increased significantly the probability of trauma by fall. Sight problems without wearing glasses and aged with incomes up to 3 minimal wages tend to have higher probability of trauma by fall. These results allowed establishing that the factors that most interfere in trauma in the aged may, if evaluated during the nursing consultation, enable health actions for its prevention.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE.pdf (691.32 Kbytes)
Data de Publicação
2011-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.