• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.83.2014.tde-26062014-121118
Documento
Autor
Nome completo
Wilma Resende Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Ciosak, Suely Itsuko (Presidente)
Faro, Ana Cristina Mancussi e
Fracolli, Lislaine Aparecida
Gois, Cristiane Franca Lisboa
Kimura, Miako
Título em português
Estilo de vida e sua associação com a longevidade de idosos muito velhos de Aracaju, SE
Palavras-chave em português
enfermagem.
Envelhecimento
estilo de vida
Idosos muito velhos
iIdosos
Resumo em português
A longevidade é um processo inevitável, irreversível e de extrema importância para a civilização. A população de idosos de 80 anos ou mais tem aumentado, demandando atenção e compromisso por parte dos profissionais de saúde. Conhecer o processo de envelhecimento envolve o estudo de vários fatores, dentre eles, o estilo de vida que pode estar relacionado a maior longevidade desses idosos muito velhos. Portanto, o objetivo geral deste estudo foi avaliar o estilo de vida e sua associação com a longevidade de idosos muito velhos do município de Aracaju-SE. Metodologia: estudo descritivo-exploratório, transversal, com abordagem quantitativa. O cenário de estudo foi o município de Aracaju, uma das capitais do nordeste que apresentou crescimento acelerado do número de idosos nos últimos 40 anos. Os critérios de inclusão para a população foram: idosos cadastrados nas Unidades de Saúde da Família, de ambos os sexos, com 80 anos ou mais, que deveriam atingir o mínimo de 19 pontos no Mini-Exame do Estado Mental (MEEM). Foram realizadas entrevistas estruturadas por meio de três formulários: um com dados do MEEM; outro com dados socioeconômico e demográfico, de saúde, de nutrição e de longevidade e o terceiro com dados do Perfil do Estilo de Vida Individual (PEVI)-Pentáculo do Bem-Estar. Para a análise dos dados, foi aplicada a estatística descritiva. Para a análise da associação entre PEVI e perfil socioeconômico e demográfico, de saúde, de nutrição e de longevidade, bem como para o conhecimento da consistência interna do formulário PEVI, foram utilizados testes estatísticos. Resultados: Foram entrevistados 524 idosos muito velhos, a faixa etária variou de 80 a 108 anos, com prevalência de idosos entre 80 a 85 anos, predominância do sexo feminino, baixa escolaridade, mais da metade eram viúvos, aposentados, católicos, residentes em casa própria. Com relação ao PEVI Pentáculo do Bem-estar - a maioria obteve referência para um bem-estar positivo para os determinantes nutrição, comportamento preventivo, relacionamento sociale controle do stress. Somente o determinante atividade física apresentou predominância de índice negativo para o bem-estar. Houve associação estatisticamente significativa com a longevidade para as variáveis: idade, escolaridade, consumo diário de verduras e legumes, de feijão, de hortaliças, ingestão de água, de leite integral ou semi-desnatado, de suco natural, chá e de café, a condição de saúde e ter plano de saúde. Quanto aos fatores de longevidade que tiveram associação significativa temos: avós/bisavós que viveram mais de 80 anos, contato pessoal familiar e atividade social. Os resultados do PEVI apresentaram adequada consistência interna, com medidas psicométricas confiáveis para avaliar o estilo de vida de idosos nesta faixa etária. Conclusões: A aplicação do instrumento PEVI em uma faixa etáriaaté então pouco explorada mostrou a possibilidade de identificar e diagnosticar o perfil do estilo de vida dos idosos muito velhos, permitindo estabelecer uma associação entre os componentes do pentáculo com a longevidade. Dessa forma, os resultados proporcionaram o perfil do estilo de vida desses idosos que podem constituir uma base de informações para que os profissionais de saúde realizem intervenções de saúde, seja no cuidado, orientação e planejamento, buscando proporcionar um envelhecimento saudável e de qualidade.
Título em inglês
Lifestyle and its association to longevity of very old elderly of Aracaju, SE
Palavras-chave em inglês
Aging
elderly
lifestyle
nursing.
very old elderly
Resumo em inglês
Longevity is an unavoidable process, irreversible and of extreme importance to civilization. The population of over-80 elderly has increased, demanding attention and commitment of health professionals. Learning about the aging process involves the study of several factors, among them, lifestyle which can be related to greater longevity of these very aged elderly. Therefore, the general objective of this study was to evaluate lifestyle and its association to longevity or very old elderly of Aracaju-SE (Brazil). Methodology: descriptive-exploratory study, cross-sectional, quantitative approach. Study setting was the City of Aracaju, one of the capitals of Brazilian Northeast which showed a rapid growth in the number of elderly in the last 40 years. Inclusion criteria to population were: elderly registered in Family Health Unities, from both sexes, over-80, 19 or more points in Mini-Mental State Examination (MMSE). Structured interviews were performed by means of three forms: one with MMSE data; another with socioeconomic, demographic, health, nutrition and longevity data and a third one with Individual Lifestyle Profile data, Welfare Pentacle (PEVI). To data analysis, descriptive statistics was applied. To analysis of association between PEVI and socioeconomic, demographic, nutrition and longevity profile, as well as knowledge about internal consistence of the PEVI form, statistical tests were used. Results: 524 very old elderly were interviewed, their age group between 80 and 108 years-old, with 80-85 elderly prevalence, female predominance, low schooling, most of them widowers, retired, catholic, living in own home. On what concerns PEVI Welfare Pentacle most of them obtained reference of a positive welfare for the determiners of nutrition, preventive behavior, social relationship and stress controlling. Only determiner physical activity presented predominance of negative index to welfare. There was statistically significant association to longevity to the variable: age, schooling, daily consumption of vegetables, beans and greenery, water, whole or semi-skimmed milk, natural juice, tea and coffee intake, the healthy condition and having health insurance. On what concerns longevity factors which had significant association, we have: great-grandparents and grandparents which lived 80 years or more, personal family contact and social activity. PEVI results showed appropriate internal consistency, with reliable psychometric measures to assess elderly lifestyle in this age group. Final thoughts: PEVI instrument application to an age group until then underexplored showed the possibility of identifying and diagnosing very old elderly lifestyle, allowing the establishment of an association between the pentacle components and longevity. This way, results provided the lifestyle profile of these elderly which can constitute a basis of information for health professionals to perform health interventions in care, orientation or planning, targeting to provide a healthy and quality aging.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.