• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.84.2017.tde-24012017-131746
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Antonio Favaro Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Cacciamali, Maria Cristina (Presidente)
Gremaud, Amaury Patrick
Pennaforte, Charles Pereira
Pieri, Vitor Stuart Gabriel de
Pires, Julio Manuel
Título em português
Terra e mar no pensamento geopolítico argentino: da disputa hegemônica no cenário doméstico a sua influência sobre a Geopolítica do Brasil
Palavras-chave em português
Horacio Carrillo
Pensamento geopolítico argentino
Projeto Nacional Argentino
Segundo Rosa Storni
Resumo em português
Este trabalho versa sobre o pensamento geopolítico argentino entre 1910 e 1945. Neste país, a Geopolítica se desenvolveu dentro de uma estrutura plurinucleada marcada pelo dissenso quanto ao que se entendia ser os objetivos nacionais. Apresenta-se, aqui, um exercício comparativo das ideias do vice-almirante Segundo Rosa Storni (1876-1954) e do embaixador, filiado à União Cívica Radical, Horacio Carrillo (1887- 1955). A partir da leitura da literatura geopolítica desses autores representativos, se objetivou avaliar qual das concepções analisadas encontrou condições de desenvolvimento dentro do cenário em questão. A proposição que defendemos como tese é que, apesar de ser mais citado nos manuais como o principal geopolítico argentino, as ideias insulares de Storni foram superadas pelas ideias continentais de Carrillo. O projeto storniano de uma sociedade marítima não frutificou por conta da insuficiência econômica e territorial do país, dos objetivos continentais de sua política externa e da melhor aceitação das ideias continentais enquanto concepção de mundo. Com esses resultados, nós esperamos lançar luz sobre a gênese da geopolítica argentina, que é estudada amiúde em um estágio de evolução mais elevado, que é o segundo pós guerra. Usando o pensamento geopolítico brasileiro como base de comparação, nós apresentamos conclusões importantes para a compreensão do pensamento geopolítico brasileiro do mesmo período. Neste particular, verifica-se a correlação direta das ideias de Horacio Carrillo com a cosmovisão de Mário Travassos (1891-1973). Isso se dá pelo significado estratégico atribuído, pelos dois autores, à integração física e à visão comum das cidades estratégicas do interior do continente.
Título em inglês
Land and sea in the Argentine geopolitical thinking: the hegemonic dispute in the domestic setting their influence on the geopolitics of Brazil
Palavras-chave em inglês
Argentine geopolitical thought
Argentine National Project
Horacio Carrillo
Segundo Rosa Storni
Resumo em inglês
This work is about the Argentine geopolitical thought between 1910 and 1945. In this country, Geopolitics has been developed into a polynuclear structure characterized by the disagreement with respect to what was understood as national objectives. We present an exercise of comparison between the ideas from the vice-admiral Segundo Rosa Storni (1876-1954) and the ambassador, filliated to the Radical Civic Union, Horacio Carrillo (1887-1955). From readings of geopolitical works from both representative authors, we aim to evaluate which conception has found conditions of developing in that scenario. Our proposition is that, despite of being more cited in manuals such as the main Argentine geopolitical, the insular ideas of Storni were overcame by the Carrillos continental ideas. Stornis project of a marine society has not fruited due to the economic and territorial scarcity of the country, the continental goals of his foreign policy and the better acceptance of the continental ideas as conception of world. With this result, we expect to shed light on the genesis of the Argentine geopolitics, which is often studied in a more elevated stage, the second post-war. Using the Brazilian geopolitical thought as basis of comparison, we present important conclusions for the understanding of the Brazilian geopolitical thought the same time. In this respect, we verified that there is a direct correlation between the ideas from Horacio Carrillo and the cosmovision from Mário Travassos (1891-1973). This point of view can be explained by the fact that both authors gave strategic significance to physical integration and the common vision of strategic cities in the countryside.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.