• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.84.2017.tde-24012017-132200
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo da Silva Sobrino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Martin, Andre Roberto (Presidente)
Heidemann, Heinz Dieter
Penha, Eli Alves
Título em português
Migrações e segurança: a fronteira Estados Unidos-México e a dinâmica da securitização da questão migratória
Palavras-chave em português
Fronteira Estados Unidos- México
Migrações
Securitização
Segurança societal
Resumo em português
A questão da securitização das migrações, enquanto problema de pesquisa, surgiu no contexto dos debates acerca da ampliação do conceito de segurança que tomou corpo no pós-Guerra Fria, dadas as grandes transformações que se sucederam a este evento-chave da política internacional contemporânea. No caso da fronteira Estados Unidos-México, este é um fenômeno que, de fato, pode ser observado desde o final dos anos 1970, tendo atingido o seu ápice no pós-Onze de Setembro. A partir deste cenário, o objetivo do presente trabalho de pesquisa é o de analisar a dinâmica da securitização dos fluxos migratórios no contexto da fronteira Estados Unidos-México; em especial, o caso dos imigrantes indocumentados, que são o alvo primário das práticas securitizantes. Para tanto, será empregado o ferramental teórico desenvolvido pela Escola de Copenhague; em especial, a teoria de securitização e o conceito de segurança societal. Ao final, buscar-se-á problematizar a questão, tendo-se em vista as reflexões desenvolvidas ao longo do trabalho, bem como avaliar as possibilidades de desenvolvimento da mesma, assumindo como pressuposto que o ideal seria a progressiva desecuritização do tema e a adoção de uma política migratória, por parte dos EUA, mais moderna, pragmática e humana, e que a questão da segurança fosse tratada separadamente, considerando a questão migratória mas sem elevá-la ao nível do excepcional, que é o que justifica a securitização, a qual tem um enorme potencial para gerar, nesta seara, graves consequências de caráter humanitário.
Título em inglês
Migrations and security: the United States-Mexico border and the dynamics of the securitization of migrations issue
Palavras-chave em inglês
Migrations
Securitization
Societal security
United States-Mexico border
Resumo em inglês
The securitization of migrations issue as a research problem has arisen in the context of the debates on broadening the concept of security in the post-Cold War era, taking in consideration the significant changes that followed this key-event in the contemporary international politics. In the case of the United States-Mexico border, this is a phenomenon that, in fact, can be observed since the late 1970s, having reached its apex in the post-09/11. In this scenario, the aim of the current research work is to assess the dynamics of the securitization of migrations flows in the context of the United States-Mexico border; mainly, the case of the undocumented immigrants, who are the primary targets of the securitization practices. Theoretical methodology developed by the Copenhagen School; mainly the securitization theory and the concept of societal security, will be utilized as assessment tools in the current research work. At the end, the objective will be to problematize the question, taking in consideration the reflections raised during the research work, as well as evaluating the development possibilities, assuming as an ideal scenario the progressive desecuritization and the adoption of a more modern, pragmatic, and human migratory policy by the United States; and that the security issue be treated separately, considering the migratory issue but without elevating it to the exceptional level, which justifies the securitization, and has an enormous potential of generating severe humanitarian consequences in this field.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.