• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.85.2011.tde-26082011-100451
Documento
Autor
Nome completo
Geyza Spigoti Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Okazaki, Kayo (Presidente)
Bartolini, Paolo
Goulart, Herbert Rodrigues
Título em português
Avaliação do efeito radiomodificador da própolis em células de ovário de hamster chinês (CHO-K1) e em células tumorais  de próstata (PC3), irradiadas com CO-60
Palavras-chave em português
CHO-K1
micronúcleo
PC3
própolis
radiação
Resumo em português
Nestas últimas décadas, investigações sobre compostos naturais, efetivos, não tóxicos, com potencial radioprotetor vêm despertando um grande interesse em consonância com a utilização crescente de vários tipos de radiação ionizante nas mais diversas finalidades. Entre eles a própolis uma resina coletada pelas abelhas (Apis mellifera), vem sendo apontada como promissora por apresentar uma série de características biológicas vantajosas, por exemplo, anti-inflamatória, antimicrobiana, antitumoral, imunomoduladora, antioxidante e também scavenger de radicais livres. O presente estudo teve como objetivo principal, averiguar efeito da própolis brasileira procedente de Rio Grande do Sul (AF 08) em células de ovário de hamster Chinês (CHO-K1) e em células tumorais de próstata (PC3), irradiadas com 60Co. Para tanto, foram utilizados três principais parâmetros interligados entre si: indução de micronúcleo, viabilidade celular e morte clonogênica. A escolha destes parâmetros se justifica pelo seu significado biológico, além do fato de serem prontamente observáveis e mensuráveis em células irradiadas. Os dados citogenéticos obtidos, mostraram um efeito radioprotetor da própolis (5 - 100 μg/ml) na indução de dano ao DNA em ambas as linhagens celulares, irradiadas com doses de 1 - 4 Gy. No entanto, o ensaio de citotoxicidade mostrou um efeito antiproliferativo pronunciado da própolis (50 - 400 μg/ml) em células PC3 irradiadas com 5 Gy. As curvas de sobrevida obtidas foram ajustadas satisfatoriamente pelo modelo linear-quadrático, cujo componente foi mais alto em células CHO-K1. Quanto à capacidade clonogênica, as células PC3 mostraram-se mais radiossensíveis que as células CHO-K1 nas doses mais altas da curva de sobrevida. A própolis, nas concentrações de 30 - 100 μg/ml, não influenciou no potencial clonogênico das células PC3, visto que, as curvas de sobrevida associadas ou não com a própolis, mostraram perfis similares, ao passo que o tratamento combinado em células CHO-K1 exibiu um efeito estimulador da proliferação. Os dados obtidos in vitro mostraram um potencial uso da própolis AF-08, como uma substância natural e não tóxica, na prevenção contra os efeitos danosos da radiação ionizante, nas doses e nas concentrações analisadas.
Título em inglês
Evaluation of the radiomodifier effect of própolis on chinese hamster ovary (CHO-K1) and human prostate cancer (PC3) cells, irradiated with 60-CO
Palavras-chave em inglês
CHO-K1
micronucleus
PC3
propolis
radiation
Resumo em inglês
In the last decades, it has been given a great interest to investigations concerning natural, effective, nontoxic compounds with radioprotective potential together with the increasing utilization of different types of ionizing radiation for various applications. Among them propolis, a resinous compound produced by honeybees (Apis mellifera), has been considered quite promising, since it presents several advantageous biological characteristics, i. e., anti-inflammatory, antimicrobial, anticarcinogenic, antioxidant and also free radical scavenging action. The purpose of the present study was to evaluate the effect of Brazilian propolis, collected in the State of Rio Grande do Sul, on Chinese hamster ovary (CHO-K1) and human prostate cancer (PC3) cells, irradiated with 60Co radiation. For this purpose, three interlinked parameters were analyzed: micronucleus induction, cell viability and clonogenic death. The choice of these parameters was justified by their biological significance, in addition to the fact that they are readily observable and measurable in irradiated cells. The cytogenetic data obtained showed a radioprotective effect of propolis (5-100 μg/ml) in the induction of DNA damage for both cell lines, irradiated with doses of 1 - 4 Gy. The cytotoxicity assay, however, showed a prominent antiproliferative effect of propolis (50 - 400 μg/ml) in PC3 cells irradiated with 5 Gy. The survival curves obtained were adequately fitted by a linear-quadratic model, where the coefficient was higher in CHO-K1 cells. Concerning the clonogenic capacity, PC3 cells were more radiosensitive than CHO-K1 cells at the higher doses of the survival curve. Propolis at the concentrations of 30 - 100 μg/ml, did not influence the clonogenic potential of PC3 cells, since the survival curves, associated or not with propolis, were found similar, although the combined treatment in CHO-K1 cells exhibited a stimulating proliferative effect. The data obtained in vitro showed a potential use of propolis AF-08, a natural and nontoxic compound, in the prevention against the adverse effect of ionizing radiation, at the doses and concentrations here analyzed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.