• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.85.2013.tde-29112013-153312
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Codelo Nascimento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Celina Lopes (Presidente)
Calvo, Wilson Aparecido Parejo
Machado, Luci Diva Brocardo
Padilha, Maria Luiza de Moraes Leonel
Silva, Messias Borges
Título em português
Tratamento de efluentes da produção de tintas industriais, automotivas e de  repintura por irradiação com feixe de elétrons
Palavras-chave em português
água de reúso
efluente industrial
irradiação com feixe de elétrons
sustentabilidade ambiental
tintas automotivas
Resumo em português
Tinta pode ser conceituada como uma película ou camada de polímero utilizada para proteger, sinalizar e iluminar ou mesmo para embelezar o substrato sobre o qual ela é aplicada. Basicamente, esta mistura polimérica é formada por elementos, tais como: resinas, pigmentos, cargas, solventes e aditivos. Os resíduos e o efluente líquido gerados na produção de tintas devem ser tratados de modo que não causem contaminação de rios e das nascentes de água. A reutilização do efluente tratado é uma das possibilidades que deve ser considerada a fim de minimizar os impactos ambientais e reduzir o uso de recursos naturais. Processos de oxidação química são promissores para a degradação de compostos orgânicos tóxicos. O caminho mais eficiente para a oxidação é o ataque pelo radical hidroxila (OH), por meio do processo de oxidação avançada, POA. Um dos exemplos de POA é o que faz uso de aceleradores de feixe de elétrons, adotado por vários países para a remoção de compostos orgânicos. O objetivo deste estudo é aplicar o POA por radiação ionizante para o tratamento do efluente da fabricação de tintas para repintura automotiva, industrial e automotivo. A metodologia utilizada foi um estudo de caso, desenvolvido por meio do processamento com feixe de elétrons aplicados a esses efluentes de indústria de tintas. O estudo foi realizado em três fases. Na primeira, aplicou-se 10 kGy, 30 kGy e 50 kGy de dose absorvida; na segunda, 50 kGy, 80 kGy e 100 kGy, e, na última fase, foi aplicada nas amostras uma dose de 50 kGy e dopadas com 0,005%, 0,05% e 0,5% de peróxido de hidrogénio em volume. Os principais resultados demonstraram uma redução média de cerca de 10% da Demanda Química de Oxigênio, DQO e cerca de 25% da Demanda Bioquímica de Oxigênio, DBO. Os padrões de efluentes finais definidos pelos requisitos legais, em especial pelo Decreto Estadual 8468/1976. para o descarte do corpo no rio ou reutilização em aplicações industriais, foram atendidos.
Título em inglês
Treatment of effluent from industrial automotive and refinish paints by electron beam irradiation
Palavras-chave em inglês
automotive paint
eléctron beam irradiation
environmental sustainability
industrial effluent
reuse water
Resumo em inglês
Paint can be conceptualized as a film or a layer of polymer, to protect, to signal and to illuminate or even to embellish the substrate on which it is applied. Basically, this polymeric compound is formed by elements such as: resin, pigments, fillers, solvents, and additives. Waste and wastewater generated in the production of paint, have to be treated so they do not cause the contamination of rivers and springs water. The reuse of the treated effluent is one of the possibilities that should be considered in order to minimize the environmental impacts and to reduce the use of natural resources. Chemical oxidation processes are promising for degradation of toxic organic compounds. The most efficient path for the oxidation is the attack by hydroxyl radical (OH), and the Advanced Oxidation Process, AOP, using electron beam accelerators have been adopted by several countries for the removal of organic compounds. The aim of this study is to apply the AOP by ionizing radiation to treat the effluent from the manufacture of automotive, automotive refinish and industrial paints. The methodology used was a case study, developed through the electron beam processing of these effluents. The study was developed in three phases: in the first one it was applied 10 kGy, 30 kGy and 50 kGy of absorbed dose, in the second one, 50 kGy, 80 kGy and 100 kGy, and in the last one it was applied 50 kGy in samples and doped with 0.005%, 0.05% and 0.5% of hydrogen peroxide. The main results have shown an average reduction of about 10% of Chemical Oxygen Demand, COD and about 25% of Biochemical Oxygen Demand, BOD. The final effluent standards set by legal requirements for disposal of the body in the river or reuse in industrial application.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-12-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.