• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.85.2010.tde-02082011-153940
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Henriques Ribeiro Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Lugão, Ademar Benévolo (Presidente)
Brant, Antonio Jedson Caldeira
Bustillos, José Oscar Willian Vega
Título em português
Desenvolvimento e avaliação da incorporação e liberação de óleo de açaí em hidrogéis de poli(N-vinil-2-pirrolidona)
Palavras-chave em português
biomateriais
hidrogéis
óleo de açaí
polivinilpirrolidona
Resumo em português
O açaí (Euterpe oleracea) é uma palmeira nativa do Brasil, distribuída por toda a bacia amazônica. Rico em ácidos graxos essenciais (principalmente o ácido oleico e o ácido linoleico), o óleo de açaí previne condições anormais da pele, como dermatites, escamações e ressecamento, e auxilia no processo de regeneração do tecido epitelial. Conhecendo-se os benefícios dos hidrogéis como curativos, esse trabalho objetivou desenvolver hidrogéis de poli(N-vinil-2- pirrolidona) (PVP) como um sistema de liberação de óleo de açaí para uso tópico em desordens cutâneas. Desconhecendo-se o comportamento do óleo de açaí frente à radiação, foi avaliada a composição de ácidos graxos do óleo antes e após ser submetido à radiação. Duas diferentes matrizes de hidrogel de PVP foram avaliadas quanto às suas características físicas e químicas por meio de ensaios de intumescimento, fração gel, propriedades mecânicas e citotoxicidade in vitro. As duas matrizes foram consideradas adequadas para serem utilizadas como sistema de liberação. Os dispositivos foram obtidos pela incorporação do óleo de açaí nas matrizes de hidrogel de PVP e submetidos aos ensaios de intumescimento, fração gel, propriedades mecânicas e citotoxicidade in vitro, além dos ensaios de caracterização por microscopia eletrônica de varredura e irritação cutânea primária in vivo. Os dois dispositivos de hidrogel de PVP foram submetidos ao ensaio de cinética de liberação por 24 h e o óleo de açaí liberado foi quantificado por cromatografia a gás acoplada a espectrometria de massas, e se mostraram satisfatórios para compor um sistema de liberação de ativos.
Título em inglês
Açaí oil development and evaluation of immobilization and release in poly (N-vinyl-pyrrolidone) hydrogels
Palavras-chave em inglês
açaí oil
hydrogels
Resumo em inglês
Acaí (Euterpe oleracea) is a native palm of Brazil, distributed for the entire Amazonian basin. Rich in essentials fatty acids (mainly oleic acid and linoleic acid), acaí oil prevents abnormal conditions of the skin, as dermatitis and drying, and assists in the regeneration of the epidermis. The benefits of the hydrogels are known as dressings. The purpose of this study was to develop devices for controlled release of acaí oil on poly (N-vynil-2-pyrrolidone) (PVP) hydrogels. The behavior of the acai oil front to the radiation was evaluated by the composition of fatty acids of the oil before and after irradiation. Two different matrices of PVP hydrogel were evaluated physically and chemically through assays of swelling, gel fraction, mechanical proprieties and in vitro cytotoxicity. Both matrices were considered adjusted to be used as an active release system. The devices were obtained by acai oil immobilization in PVP hydrogel matrices, were also characterized through assays of sweeling, gel fraction, mechanical proprieties and in vitro cytotoxicity. Moreover, they were characterized by assays of scanning electron microscopy and in vivo primary cutaneous irritation. Both devices were submitted to assay of active release kinetics, and the acai oil was quantified by gas chromatography coupled with mass spectrometry. The devices showed to be satisfactory to compose a release system of actives.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.