• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.87.2009.tde-06082009-094214
Documento
Autor
Nome completo
Denise Taffarello
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Foglio, Mary Ann (Presidente)
Bacchi, Elfriede Marianne
Floh, Eny Iochevet Segal
Título em português
Extratos de Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl.) verlot obtidos por processos biotecnológicos: otimização da extração e avaliação farmacológica.
Palavras-chave em português
Arrabidaea chica
Bacullus pumilus
Antineoplásicos
Biotecnologia
Capacidade antioxidante
Cicatrização
Corantes (Extração)
Poliovírus
Resumo em português
Arrabidaea chica Verlot (Bignoniaceae), conhecida como crajiru, fornece pigmentos vermelhos utilizados pelos índios no Brasil como corante e agente cicatrizante. Este estudo visou otimizar a extração de compostos fenólicos de A. chica e avaliar sua atividade farmacológica. Extratos de A. chica foram obtidos através de tratamento com xilanases de Bacillus pumilus previamente à extração. Os ensaios foram monitorados por CLAE e ESI-MS. O tratamento enzimático forneceu extratos enriquecidos em antocianidinas. Extratos sem tratamento enzimático apresentaram maior teor de antocianosídeos. O estudo farmacológico demonstrou que as atividades anticâncer e antioxidante in vitro estão diretamente relacionadas ao maior teor de agliconas. O ensaio in vitro de indução de crescimento de fibroblastos indicou que o maior teor da aglicona carajurina é inversamente proporcional à ação cicatrizante. Portanto, foi desenvolvida uma metodologia inovadora, através de processos biotecnológicos, para extração de antocianidinas que apresentam propriedades corantes e terapêuticas.
Título em inglês
Arrabidaea chica (Humb. & Bonpl.) Verlot extracts obtained by biotechnological processes: extraction optimization and pharmacological evaluation.
Palavras-chave em inglês
Arrabidaea chica
Bacullus pumilus
Antineoplastics
Antioxidant capacity
Biotechnology
Dyes (extraction)
Healing
Poliovirus
Resumo em inglês
Arrabidaea chica Verlot (Bignoniaceae), known as crajiru, produces red pigments used by Brazilian indians as dye and as healing agent. This study has aimed the optimization of phenolic compounds extraction from A. chica and to evaluate its pharmacological activities. Extracts from A. chica were obtained through treatment with xylanases from Bacillus pumilus before the extraction. The assays were monitored by HPLC and ESI/MS-MS. The enzymatic treatment has produced more concentrated in anthocyanidins extracts. Those obtained without enzymatic treatment have presented higher glycosilated anthocyanins content. The pharmacologic study has demonstrated that the antitumoral and the antioxydant in vitro properties for A. chica are directly related to the higher contents of aglycones. In vitro assay for fibroblasts growth induction has demonstrated that a higher content of carajurin is inversely proportional to the healing action. In conclusion, a novel approach has been developed, through biotechnological process, aiming the extraction of anthocyanidins presenting dye and therapeutic properties.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-08-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.