• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.87.2009.tde-15032010-164402
Documento
Autor
Nome completo
Andreza da Silva Rosetti
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Borges, Monamaris Marques (Presidente)
Tamashiro, Wirla Maria da Silva Cunha
Vassao, Ruth Camargo
Título em português
Bordetella pertussis: participação da arginase, TGF-b e TLR4 no controle da síntese de óxido nítrico em macrófagos derivados de medula óssea murina.
Palavras-chave em português
B. pertussis
Arginase
Bactérias anaeróbicas gram-negativas
Biotecnologia
Macrófagos
Óxido nítrico
Regulação imune
TGF-b
Resumo em português
Bordetella pertussis e Bordetella parapertussis são os principais agentes causadores da coqueluche no homem. O óxido nítrico é fundamental para o controle de diversos processos fisiopatológicos. Neste trabalho analisamos sinais moleculares envolvidos na produção de NO em macrófagos derivados de medula óssea murina (BMDMO) infectadas por Bpertussis e Bparapertussis. Nossos resultados mostraram que BMDMO de C57BL/6 estimulados com Bpertussis não sintetizaram níveis significativos de nitrito, ao contrário da infecção com Bparapertussis. BMDMO de C57BL/6 infectados por Bpertussis e Bparapertussis produziram níveis elevados de arginase e de TGFb e esta produção foi dependente de TLR4, porém a produção de NO pelos BMDMO de C3H/HeJ infectados com Bparapertussis foi independente deste receptor. A adição exógena de PT em BMDMO infectados com Bparapertussis reduziu a quantidade de NO sintetizada. Concluímos que TGFb e arginase contribuem para o controle da produção de NO durante a infecção in vitro de BMDMO com Bpertussis e este mecanismo depende de LPS envolvendo TLR4 e PT.
Título em inglês
Bordetella pertussis: Involvement of arginase, TGF-b and TLR4 in the control of nitric oxide synthesis in macrophages derived from murine bone marrow.
Palavras-chave em inglês
B. pertussis
Anaerobic bacteria gram-negative
Arginase
Biotechnology
Immune regulation
Macrophage
Nitric oxide
TGF-b
Resumo em inglês
Bordetella pertussis and Bordetella parapertussis are the main etiologic causes of human whooping cough. Nitric oxide (NO) is crucial for several physiopathologic events. Herein we analyzed the molecular signals required for NO production by murine bone marrow-derived macrophages (BMDM) infected with Bpertussis or Bparapertussis. Our data show that BMDM obtained from C57Bl/6 mice was not able to produce measurable levels of nitrite when stimulated with Bpertussis while infection of these cells with Bparapertussis induced high levels of nitrite. Arginase and TLR4-dependent TGF-b were produced in response to infection with either Bpertussis or Bparapertussis. NO production by BMDM obtained from C3H/HeJ mice occurred after Bparapertussis infection in the absence of TLR4. Addition of pertussis toxin to the C57Bl/6 BMDM cultures infected with Bparapertussis decreased NO levels. In conclusion, TGF-b and arginase play a role controlling NO production by BMDM during in vitro infection by Bpertussis. This effect depends on the presence of LPS-TLR4 and PT signaling pathways.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.