• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
Document
Auteur
Nom complet
Michelle Cristine Pedrosa Cortez do Amaral
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2018
Directeur
Jury
Guimaraes, Margareth de Lara Capurro (Président)
Araujo, Helena Rocha Corrêa de
Rocha, Lincoln Suesdek
Schenberg, Ana Clara Guerrini
Winter, Carlos Eduardo
Titre en portugais
Criação em massa de Aedes Aegypti (Diptera: Culicidae) para aplicação no controle vetorial autocida: validação de uma linhagem, otimização e planejamento
Mots-clés en portugais
Biofábrica
Manejo integrado do vetor
Produção de insetos
Supressão populacional
Técnica do Inseto Estéril
Resumé en portugais
Aedes aegypti é o principal vetor envolvido na cadeia de transmissão de arboviroses como dengue, chikungunya, zika e febre amarela. Diante dos desafios para diminuir o nível de infestação do vetor e do recente aumento do número de casos e agravos dessas doenças, torna-se indispensável aderir a novas estratégias para complementar o controle vetorial. O controle autocida é uma estratégia que induz um controle de natalidade sobre a população do inseto e que tem a criação em massa como etapa fundamental. Assim, o objetivo desse estudo foi aprimorar o protocolo de criação em massa, manipulação e transporte de adultos de Aedes aegypti para aplicação em biofábricas. Foram avaliados dados de 59 lotes de produção em massa da linhagem bissexual MBR-001 (Juazeiro, Bahia) e alguns dos seus parâmetros produtivos. A análise da MBR-001, mostrou baixo rendimento na produtividade de machos (X =18%), com reduzida produção de ovos (24,5 ovos/fêmea), em comparação com outra linhagem da mesma espécie. Com relação aos seus parâmetros produtivos, a manutenção de adultos em diferentes proporções sexuais nas gaiolas não afetou a produção de ovos viáveis (X = 60%). A MBR-001 apresentou também um baixo rendimento, revelando que ajustes no protocolo de criação são necessários. Tais adaptações são cruciais para reduzir a demanda de espaço físico e o custo da produção. Atrelado a isso, foram desenvolvidas gaiolas de criação em massa, e determinadas densidades de adultos (DRS: cm2/mosquito) para otimizar a produção de ovos viáveis. Os testes realizados com a linhagem Rockefeller revelaram melhor desempenho produtivo em DRS de 1.7 e 1.4 (cm2/mosquito). No que diz respeito à criação larval, foi verificada que não há ocorrência de protrandria em fase larvária logo após eclosão, e ainda, foram desenvolvidas seis dietas com insumos nacionais de baixo custo, uma delas apresentou maior rendimento acumulado de machos (X = 45%) em relação à dieta controle (X = 37%). Além disso, uma ampla faixa de densidades larvais foi testada para determinar as condições ótimas de criação, sendo evidenciado que densidades entre 1.0 e 2.5 larvas/mL são adequadas para a produção em massa. Esses resultados contribuem para o aprimoramento das condições ideais de produção de machos estéreis de qualidade, com uma melhor relação custo-benefício. Por fim, foram determinadas as condições iniciais para o transporte de adultos entre biofábrica e áreas-alvo de liberação de insetos estéreis. A imobilização de Ae. aegypti à 2-5°C (45 minutos) com subsequente transporte em baixas temperaturas (4-7°C) por até seis horas, não afetou a sobrevivência e habilidade de voo do mosquito. De forma geral, o presente trabalho forneceu informações, produtos e condições que contribuíram para o desenvolvimento de um protocolo padronizado e para o aprimoramento da criação em massa de Ae. aegypti, visando a produção de insetos de qualidade e a redução dos custos operacionais em estratégias de controle autocida.
Titre en anglais
Mass rearing of Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) for application in autocidal vector control: strain validation, optimization and planning.
Mots-clés en anglais
Facility
Insect production
Integrated vector management
Population suppression
Sterile Insect Technique
Resumé en anglais
Aedes aegypti is the main vector involved in the transmission chain of arboviruses such as dengue, chikungunya, zika and yellow fever. Faced with the challenges to reduce the level of vector infestation and the recent increase in the number of cases and diseases, it is essential to adhere to new strategies to complement vector control. Self-control is a strategy that induces a birth control over the insect population and that has mass creation as a fundamental step. Thus, the objective of this study was to improve the mass rearing protocol, handling and transport of adults of Ae. aegypti for application in facilities. Data from 59 mass production batches of the bisexual strain MBR-001 and some of its productive parameters were evaluated. he analysis of MBR-001 showed low yield in males (X = 18%), with reduced egg production (24.5 eggs/female), compared to another line of the same species. Regarding their productive parameters, the maintenance of adults in different sex ratios in the cages did not affect viable egg production (X = 60%). MBR-001 also showed low performance, revealing that settings in the breeding protocol are required. Such adaptations are crucial to reduce the demand for physical space and the cost of production. Linked to this, mass - rearing cages and certain adult densities (DRS: cm2 / mosquito) were developed to optimize viable egg production. Tests performed with the Rockefeller line showed better productive performance in DRS of 1.7 and 1.4 (cm2 / mosquito). Regarding larval breeding, it was verified that there is no occurrence of protrandria in the larval stage shortly after hatching, and six diets with low cost national inputs were developed, one of them presented higher accumulated males yield (X = 45%) in relation to the control diet (X = 37%). In addition, a wide range of larval densities was tested to determine the optimum breeding conditions, showing that densities between 1.0 and 2.5 larvae/mL are adequate for mass production. These results contribute to the improvement of the ideal conditions of production of quality sterile males, with a better cost-benefit ratio. Finally, initial conditions were determined for the transport of adults between biofacility and target areas of sterile insect release. The immobilization of Ae. aegypti at 2-5°C (45 minutes) with subsequent transport at low temperatures (4-7° C) for up to six hours did not affect the survival and flight ability of the mosquito. In general, the present work provided information, products and conditions that contributed to the development of a standardized protocol and to the enhancement of Ae. aegypti, aiming the production of quality insects and the reduction of operational costs in self-control strategies.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Il ya retenu fichier en raison d'exigences (publication de données, des brevets ou droits).
Date de Libération
2021-07-23
Date de Publication
2019-08-20
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.