• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.88.2007.tde-16022009-143508
Documento
Autor
Nome completo
Marcio Rogério da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Calil Junior, Carlito (Presidente)
Govone, José Silvio
Jankowsky, Ivaldo Pontes
Título em português
Determinação da permeabilidade em madeiras brasileiras de florestas plantadas
Palavras-chave em português
Equipamento alternativo
Espécie de reflorestamento
Fluxo
Madeira
Permeabilidade a ar
Permeabilidade à liquido
Resumo em português
Este trabalho tem por finalidade o estudo da permeabilidade da madeira, com ênfase nas espécies de florestas plantadas do gênero de Pinus elliotti, Eucalyptus grandis e Eucalyptus citriodora. Com a sua determinação, avalia-se o quanto uma dada espécie de madeira é permeável a preservativos (tratamentos químicos) e o quanto ela é permeável a aplicação de adesivos estruturais (confecção de peças estruturais em Madeira Laminada Colada MLC). A avaliação da permeabilidade é um fator fundamental para definição do tratamento preservativo da madeira. Para isto foi projetado e construído um equipamento alternativo, para uso laboratorial, visando determinar a permeabilidade e analisar qual espécie dentre as estudadas seriam mais permeáveis a fluidos líquidos e gasosos em madeiras brasileiras de florestas plantadas. O equipamento construído permite a determinação do escoamento de fluidos em corpos-de-prova cilíndricos de madeira, em todas as suas direções ortogonais. Os resultados obtidos mostram que o equipamento é adequado para a determinação da permeabilidade a líquido ou gás em madeiras, onde na direção longitudinal, o alburno E. grandis é a parte do lenho mais permeável a líquido e gás, seguido do alburno do E. citriodora, Pinus elliottii e cerne do E. grandis. Com exceção do Pinus elliottii na direção transversal, as demais espécies não apresentaram vazão nesta direção.
Título em inglês
Permeability measurements in brazilian wood of reforestation species
Palavras-chave em inglês
Air permeability
Alternative equipment
Flow
Liquids permeability
Reforestation species
Wood
Resumo em inglês
This work aims to study permeability of wood especially in reforestation species like Pinus elliotti, Eucalyptus grandis and Eucalyptus citriodora in order to evaluate how much a given wood species is permeable to preservatives (chemical treatments) and how much it is permeable to application of structural adhesives (making of structural pieces in Glued Laminated - MLC). Evaluation of permeability is a fundamental factor when defining the preservative treatment to able applied in the wood, so an alternative equipment has been especially designed and built aiming to determine its permeability and analyze which one of the studied Brazilian reforestation species would be more permeable to liquid and gaseous fluids. This laboratorial equipment has allowed determination of fluid drainage in cylindrical samples of wood in all of its orthogonal directions. Obtained results have shows that it is appropriate for determining liquid or air permeability of wood where, in longitudinal direction, E. grandis sapwood has been the most permeable part, followed by E. citriodora sapwood, Pinus elliottii and E. grandis heartwood. None of the species has presented any flow in traverse direction, except Pinus elliottii.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Silva.pdf (5.12 Mbytes)
Data de Publicação
2009-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.