• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.89.2017.tde-09022017-142711
Documento
Autor
Nome completo
Amparo Hurtado Fernandez Filha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Sandra Maria Lima (Presidente)
Tascone, Lyssandra dos Santos
Silva Junior, Clóvis Alexandrino da
Título em português
Caracterização do estado nutricional de pacientes de neuropsiquiatria geriátrica: utilização da Mini Avaliação Nutricional - MAN®
Palavras-chave em português
Deficiências nutricionais no idoso
Estado nutricional
Idosos
Risco nutricional
Transtornos psiquiátricos
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O cuidado nutricional é parte essencial para o acompanhamento integral da crescente população idosa, principalmente quando na presença de doenças crônicas e neurodegenerativas e morbidades psiquiátricas. A Mini Avaliação Nutricional (MAN®), tem sido utilizada para este fim, e em algumas situações, informações adicionais a essa ferramenta são necessárias. OBJETIVOS: Caracterizar o estado nutricional de idosos acompanhados em ambulatório de neuropsiquiatria geriátrica. MÉTODOS: Foi obtida uma amostra de conveniência selecionada aleatoriamente entre pacientes idosos com diagnóstico de depressão (DEP), doença de Alzheimer (DA) e outros transtornos psiquiátricos (OTP). O estado nutricional foi avaliados através da MAN®, pelo índice de massa corporal (IMC= peso/altura2) e pelas circunferências do braço (CB) e panturrilha (CP). Os dados referentes ao consumo de medicamentos também foram obtidos, considerando-se como polifarmácia o consumo de mais de três medicamentos/dia. Os dados de diagnóstico médico e exames laboratoriais foram obtidos do prontuário médico. Foram avaliados 217 indivíduos no total, distribuídos conforme o diagnóstico clínico: grupo DEP= 107 (49,3%); grupo DA=59 (27,2%) e grupo OTP=51 (23,5%). RESULTADOS: O escore da MAN® identificou risco nutricional em 67,3%, 69,5% e 54,9%, e desnutrição em 14,0%, 13,6% e 27,5% dos pacientes em DEP, DA e OTP respectivamente. O baixo peso, avaliado pelo IMC foi observado em 29,0% (DEP), 24,1% (DA) e 45,1% (OTP) dos avaliados. A prevalência de anemia foi de 11,2% (DEP), 10,2% (DA) e 19,6% (OTP); sendo mais frequente em mulheres em DEP e OTP e em homens em DA. A média para vitamina D em todos os grupos encontrava-se na insuficiência. A presença de colesterol total acima dos intervalos de normalidade foi de 47,0% (DEP), 36,3% (DA) e 31,8% (OTP). Foi observada hiperglicemia em 52,9% (DEP), 48,1% (DA) e 41,6% (OTP) dos pacientes. A polifarmácia foi observada em 18,7% (DEP), 15,2% (DA) e 19,6% (OTP). Não houve associação significativa entre o uso de medicamentos e o estado nutricional, embora tenha sido apontado um direcionamento ao risco de desnutrição com o uso de medicamentos para o tratamento da depressão (inibidores seletivos de receptação de serotonina), demências (inibidores de colinesterase), cloridrato de omeprazol e indutores do sono. CONCLUSÕES: o risco nutricional e a desnutrição são prevalentes na população estudada, independente do grupo específico de doença neuropsiquiátrica ou demência. Esses achados demandam e justificam um monitoramento nutricional permanente para esses indivíduos, uma vez que vem acompanhados de outras deficiências específicas que comprometem a saúde de forma geral, como a anemia e insuficiência de vitamina D. A elaboração de planos educativos envolvendo os pacientes, cuidadores e a equipe médica, poderá contribuir para a melhora dessas condições.
Título em inglês
Characterization of nutritional status of elderly from an outpatient clinic of geriatric neuropsychiatry: utilization of the Mini-nutritional assessment (MNA)
Palavras-chave em inglês
Elderly
nutritional deficiencies in the elderly
Nutritional risk
Nutritional status
Psychiatric disorders
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Nutritional care is an essential part for the integral follow - up of the growing elderly population, especially in the presence of chronic and neurodegenerative diseases and psychiatric morbidities. The Mini Nutrition Assessment (MAN®) has been used for this purpose, and in some situations, additional information to this tool is necessary. OBJECTIVES: To characterize the nutritional status of elderly patients in a geriatric neuropsychiatry clinic. METHODS: A randomly selected convenience sample was obtained among elderly patients diagnosed with depression (DEP), Alzheimer's disease (AD) and other psychiatric disorders (OTP). The nutritional status was evaluated through MAN®, body mass index (BMI = weight / height2) and circumference of arm (CB) and calf (CP). The data referring to the consumption of medicines were also obtained, considering as polypharmacy the consumption of more than three medications/day. The data of medical diagnosis and laboratory tests were obtained from the medical record. A total of 217 individuals were evaluated, distributed according to the clinical diagnosis: DEP = 107 (49.3%); Group DA = 59 (27.2%) and OTP group = 51 (23.5%). RESULTS: The MAN® score identified nutritional risk in 67.3%, 69.5% and 54.9%, and malnutrition in 14.0%, 13.6% and 27.5% of the patients in DEP, DA and OTP respectively. Low weight, evaluated by BMI, was observed in 29.0% (DEP), 24.1% (AD) and 45.1% (BTP) of the evaluated patients. The prevalence of anemia was 11.2% (DEP), 10.2% (AD) and 19.6% (OTP); Being more frequent in women in DEP and OTP and in men in AD. The mean for vitamin D in all groups was in the insufficiency. The presence of total cholesterol above the normality intervals was 47.0% (DEP), 36.3% (DA) and 31.8% (OTP). Hyperglycemia was observed in 52,9% (DEP), 48,1% (AD) and 41,6% (OTP) of the patients. Polypharmacy was observed in 18.7% (DEP), 15.2% (DA) and 19.6% (OTP). There was no significant association between drug use and nutritional status, although there was a trend towards malnutrition with the use of drugs to treat depression (selective serotonin reuptake inhibitors), dementias (cholinesterase inhibitors), Omeprazole hydrochloride and sleep inducers. CONCLUSIONS: nutritional risk and malnutrition are prevalent in the population studied, regardless of the specific group of neuropsychiatric disease or dementia. These findings demand and justify a permanent nutritional monitoring for these individuals, since they are accompanied by other specific deficiencies that compromise health in general, such as anemia and insufficiency of vitamin D. The elaboration of educational plans involving patients, caregivers and The medical team, could contribute to the improvement of these conditions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.