• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.89.2017.tde-29052017-103904
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Del Fiol
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Cyrillo, Denise Cavallini (Presidente)
Latorre, Maria do Rosario Dias de Oliveira
Taddei, José Augusto de Aguiar Carrazedo
Título em português
Diferenças nos fatores associados ao consumo de frutas e de hortaliças entre os adolescentes brasileiros
Palavras-chave em português
Adolescentes
Frutas
Hortaliças
Nutrição
Resumo em português
Objetivos: Investigar as diferenças entre os fatores associados ao consumo de frutas e de hortaliças entre os adolescentes brasileiros. Método: Os dados do consumo de frutas e de hortaliças foram obtidos do banco de microdados sobre consumo alimentar da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008/2009 do IBGE. Foram utilizados os fatores de expansão para a obtenção de representatividade nacional e estimar um modelo, por meio da regressão Tobit ajustada por sexo, idade, raça/cor, IMC, escolaridade do chefe da família, zona residencial, região, renda per capita, preço de frutas e de hortaliças para identificar os fatores associados ao consumo de frutas e de hortaliças. Para a construção do modelo, adotou-se o método de stepwise forward p<0,20 e nível de significância de 5% para a significância conjunta e das variáveis independentes. Foi utilizado o Programa STATA versão 14. Não foi incluído o consumo de frutas e de hortaliças presentes nos alimentos preparados. Resultados: Foram analisados o consumo de frutas e de hortaliças de 7.613 adolescentes. Mais de 47,61% dos adolescentes não consumiram frutas e hortaliças nos dias avaliados; 3,20% consumiram a quantidade de frutas e hortaliças dentro do recomendado de 440g/dia. Os fatores associados do consumo de frutas foram sexo, IMC, a zona residencial e a renda per capita e; os fatores associados ao consumo de hortaliças foram região, renda per capita e preço implícito de hortaliças. A renda per capita foi o único fator associado comum ao consumo de frutas e de hortaliças, porém com diferentes efeitos marginais. Conclusões: A maioria dos adolescentes brasileiros não consome a quantidade de frutas e hortaliças recomendada. Os fatores associados ao consumo de frutas são diferentes dos fatores associados ao consumo de hortaliças.
Título em inglês
Differences between the factors associated to the consumption of fruits and vegetables among Brazilian adolescents
Palavras-chave em inglês
Adolescents
Fruits
Nutrition
Vegetables
Resumo em inglês
Objective: To investigate the differences between the factors associated to the consumption of fruits and of vegetables among Brazilian adolescents. Methods: Data were obtained from the IBGE 2008/2009 Household Budget Survey. To identify the factors associated with fruit and vegetable consumption it was used Tobit regression adjusted for sex, age, race/color, BMI, household educational level, residential area, region, per capita income, implicit fruit price and implicit vegetable price. For the construction of the model, we adopted the stepwise forward method p<0.20 and significance level of 5% for the joint significance and the independent variables. The STATA version 14 program was used. The consumption of fruits and vegetables present in prepared foods was not included. Results: The fruit and vegetable consumption of 7,613 adolescents were analyzed. More than 47,6% of the adolescents did not consume any fruit and vegetable; 3.20% consumed the amount of fruits and vegetables within the recommended. The associated factors of fruit consumption were BMI, residential area and per capita income; The factors associated with the consumption of vegetables were region, per capita income and implicit vegetable price. Per capita income was the only common factor associated with the consumption of fruits and vegetables, but with different marginal effects. Conclusion: Most Brazilian adolescents do not consume the recommended amount of fruits and vegetables. The factors associated with fruit consumption are different from the factors associated with the consumption of vegetables.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.