• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2002.tde-07062010-144732
Documento
Autor
Nome completo
Dora Enith Garcia de Sotero
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Mancini Filho, Jorge (Presidente)
Abdalla, Dulcineia Saes Parra
Gioielli, Luiz Antonio
Gonçalves, Lireny Aparecida Guaraldo
Yoshida, Massayoshi
Título em português
Caracterização química e avaliação da atividade antioxidante de frutos da Amazônia: chopé (Gustavia augusta L.), sacha mangua (Grias neuberthii Macbr.) e macambo (Theobroma bicolor)
Palavras-chave em português
Análise bromatológica
Antioxidantes naturais
Atividade antioxidante
Chopé
Compostos fenólicos
Frutas tropicais (Análise química)
Gustavia augusta
Macambo
Sacha mangua
Resumo em português
Polpas dos frutos chopé (Gustavia augusta L.) e sacha mangua (Grias neuberthii Macbr.) e sementes dos frutos de macambo (Theobroma bicolor) foram utilizadas na determinação da composição centesimal e da atividade antioxidante de seus extratos. Na quantificação da composição centesimal foram analisados os teores de umidade, proteínas, lipídeos, carboidratos, fibras e cinzas. Na avaliação da atividade antioxidante foram utilizados os extratos etéreo, alcoólico e aquoso, os quais foram obtidos de forma sequencial a partir das farinhas secas e peneiradas (32-mesh). Estas farinhas também foram fracionadas para a obtenção das frações ricas em ácidos fenólicos livres (AFL), ácidos fenólicos de ésteres solúveis (AFES) e ácidos fenólicos de ésteres insolúveis (AFEI). Tanto nos diferentes extratos como nas diferentes frações foi determinada a atividade antioxidante in vitro, empregando-se o sistema aquoso β-caroteno/ácido linoléico e no meio lipídico através do método de Rancimat a 110°C e o método da estufa a 60°C. Os compostos fenólicos foram identificados por CG-EM. Tendo em vista que o extrato aquoso das amostras apresentou melhor atividade antioxidante, este foi utilizado nas avaliações in vivo em ratos. Amostras de fígado, plasma, cérebro, tecido adiposo foram obtidas após 29 dias de fornecimento dos extratos por gavagem para os animais. Nestes tecidos foram avaliados os teores de ácidos graxos, onde pode ser observada uma certa proteção dos ácidos graxos insaturados, a qual pode estar relacionada com os antioxidantes naturais presentes nos extratos.
Título em inglês
Chemical characterization an antioxidant evaluation of the Amazonian fruits: chopé (Gustavia augusta L.), sacha mangua (Grias neuberthii Macbr.)) and macambo (Theobroma bicolor)
Palavras-chave em inglês
Antioxidant activity
Centesimal analysis
Chope
Gustavia augusta
Macambo
Natural antioxidants
Phenolic compounds
Sacha Mangua
Resumo em inglês
The centesimal composition and antioxidant activity of Chopé (Gustavia augusta L.) and Sacha Mangua (Grias neuberthii Macbr.) fruits pulps and macambo (Theobroma bicolor) seeds were evaluated. The moisture, proteins, lipids, carbohydrates, fibers and ashes contents were determined for the centesimal composition. The etheric, alcoholic and aqueous extracts from the fruits were sequentially obtained from dried and 32-mesh-sifted floors and their antioxidant activity were analyzed. The fractions of free-acid phenolics (FAP), soluble ester of acid phenolics (SEAP) and unsoluble ester of acid phenolics (IEAP) were obtained from the same floors. The in vitro antioxidant activity was determined for all samples: different extracts and fractions. The aqueous system β-carotene/linoleic acid was employed and in the lipidic medium was used the Rancimat system (110oC) and stove (60oC) method. The phenolic compounds were identified and quantified by GC-MS method. The highest antioxidant activity was achieved in the aqueous extracts, these were used in vivo utilizing rats as experimental animals. Liver, plasma, brain and fat tissues samples were obtained 29-days after the animals had been received by gavagem. In these tissues, the fatty acids contents were evaluated and it was observed a certain protection to the unsaturated fatty acids, which can be related to the natural antioxidant substances present in the extracts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-06-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.