• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2009.tde-25032010-162818
Documento
Autor
Nome completo
Vanilda Aparecida Soares de Arruda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Almeida-Muradian, Ligia Bicudo de (Presidente)
Godoy, Helena Teixeira
Penteado, Marilene de Vuono Camargo
Título em português
Estabilidade de vitaminas do complexo B em pólen apícola
Palavras-chave em português
Complexo B
Desidratação
Estabilidade
Pólen apícola
Vitaminas
Resumo em português
O pólen além de ser a principal fonte de alimento não líquido, para as abelhas, tem sido utilizado como um suplemento da dieta humana. Apesar de muitos autores afirmarem que os produtos apícolas são ricos em nutrientes, pouco se sabe sobre a composição do pólen apícola especialmente em relação à presença das vitaminas do complexo B. De forma original este estudo teve por objetivo avaliar a estabilidade das vitaminas do complexo B (B1, B2, B6 e PP) incluindo seus vitâmeros, durante o período de um ano de estocagem, em amostras de pólen apícola desidratado. Verificou-se também o efeito do processamento sobre o conteúdo dessas vitaminas além da possível influência dos tipos polínicos sobre a composição centesimal e conteúdo vitamínico. Foram analisadas concentrações das vitaminas no tempo zero e após 4, 8 e 12 meses, estocadas sob três condições distintas: em temperatura ambiente (com e sem exposição à luz) e em freezer. As vitaminas, após a extração simultânea, foram quantificadas por CLAE, com detecção por fluorescência. Todas as vitaminas propostas foram encontradas nas amostras analisadas e o processo de desidratação não interferiu no conteúdo das mesmas (p<0,05). As variações foram (base seca): 0,59 a 1,09 mg/100g para vitamina B1; 1,73 a 2,56 mg/100g para a vitamina B2; 6,43 a 15,34 mg/100g para a vitamina PP e 0,33 a 0,68 mg/100g para a vitamina B6 . Todas as amostras foram classificadas como pólen heterofloral, em função da grande variabilidade dos tipos polínicos presentes. Após um ano de estocagem pode-se afirmar que a concentração da vitamina B1 se manteve constante enquanto que para as demais vitaminas o decaimento da concentração foi dependente do tempo de armazenamento e não da condição de estocagem das amostras (p<0,05). Todas as amostras foram consideradas fonte da vitamina B2. Foi possível explicar matematicamente, através de equações de regressão linear oriundas da análise multivariada, a influência do tempo de armazenamento nas concentrações das vitaminas B6 e PP, com explicabilidade de 76 e 60% respectivamente.
Título em inglês
Stability of the B complex vitamins in bee pollen
Palavras-chave em inglês
B complex
Bee pollen
Dehydration
Stability
Vitamins
Resumo em inglês
Pollen is the main source of non liquid food for bees and it has been used as a supplement for human diet. Although many authors cited that bee products are rich in nutrients, it is known a little about the composition of bee pollen and, in particular, the presence of the B vitamin complex in this product. This original study has the objective of evaluate the stability of B complex vitamins (B1, B2, B6 and PP), including its vitamers for a period of one year of storage in dried samples of bee pollen. It was also analyzed the effect of processing on vitamin content and the possible influence of polinic types on proximate composition and vitamin content. Samples were analyzed at time zero, after 4, 8 and 12 months. They were storaged under three different conditions: room temperature (with and without exposure to light) and freezer. The vitamins were quantified by HPLC with fluorescence detection after simultaneous extraction. All proposed vitamins were found in the analyzed samples and the dehydration process did not interfere in vitamin content (p<0.05). The variations were (dry basis): 0.59 to 1.09 mg/100g for vitamin B1; 1.73 to 2.56 mg/100g for vitamin B2; 6.43 to 15.34 mg/100g for vitamin PP and 0.33 to 0.68 mg/100g for vitamin B6. All samples were classified as heterofloral pollen, according to the big variability of polinic types. After one year of storage, it can be stated that vitamin B1 concentration remained constant, while for the other vitamins, the concentration loose was dependent on time and not on the storage condition (p<0.05). All samples were considered Vitamin B2 source. It was possible to explain mathematically, through linear regression equations of multivariate analysis, the influence of storage time in the concentrations of vitamin B6 and PP, they were explained as 76 and 60% respectively.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.