• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Torres Toledo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Nascimento, João Roberto Oliveira do (Presidente)
Cordenunsi, Beatriz Rosana
Labate, Carlos Alberto
Título em português
Análise proteômica do amadurecimento da banana empregando eletroforese bidimensional acoplada à espectrometria de massas
Palavras-chave em português
Amadurecimento
Banana
Proteínas (Identificação)
Proteômica
Resumo em português
A banana tem grande importância econômica, é a fruta mais produzida no mundo, e o Brasil é o segundo maior produtor. É uma fruta altamente perecível, de rápida maturação, sensível a choques mecânicos, suscetível a descoloração, ao amolecimento excessivo e a patógenos na fase pós-colheita. As mudanças ocorridas durante o amadurecimento levam a uma vida de prateleira muito reduzida e são dependentes da expressão de diversas proteínas. Portanto, a identificação de proteínas associadas com essas modificações pode contribuir para a melhor compreensão da regulação do amadurecimento e auxiliar no aprimoramento das estratégias de conservação pós-colheita e melhoria da qualidade dessa fruta. Através da análise proteômica diferencial podem ser identificadas proteínas com variação de abundância durante o amadurecimento e que estejam envolvidas nesse processo. O presente trabalho teve por objetivo comparar os mapas protéicos de polpa de banana (Musa acuminata cv. nanicão) nas fases pré-climatérica e climatérica, e a identificar spots de proteínas que diferem em abundância nesses dois estádios, através da eletroforese bidimensional acoplada à espectrometria de massas. Neste trabalho foram utilizadas três amostragens distintas de frutas, de modo a minimizar o efeito da variabilidade biológica, não relacionada com o amadurecimento. Para a obtenção dos perfis protéicos foi utilizada a metodologia 2D-DIGE. Os géis obtidos foram analisados com o software PDQuest e para a análise estatística foi utilizado o teste T. Chegou-se a uma lista de 50 spots que foram recortados dos géis, sendo as proteínas digeridas e seqüenciadas por espectrometria de massas. Destas proteínas, 26 tiveram a provável identidade apontada pela comparação com o banco de dados MSDB, empregando o software Mascot. A maioria das proteínas identificadas apresenta provável função durante o amadurecimento da banana e podem estar relacionadas com processos bioquímicos relacionados com a qualidade da fruta.
Título em inglês
Proteomic analysis of banana ripening using two-dimensional electrophoresis coupled to mass spectrometry.
Palavras-chave em inglês
Banana
Proteins (Identification)
Proteomics
Ripening
Resumo em inglês
Banana has great economic importance, is the most widely produced fruit in the world, and Brazil is the second largest producer. It is a highly perishable fruit, ripening fast, sensitive to mechanical shock, susceptible to discoloration, excessive softening and pathogens in the post-harvest. The changes during ripening leads to a very limited shelf life and are dependent on the expression of several proteins. Therefore, the identification of proteins associated with these modifications may contribute to better understanding the regulation of maturation and help to improve strategies for post-harvest preservation and improvement of this fruit. Through differential proteomics analysis could be identified proteins with a range of abundance during ripening and that could be involved in this process. This study aimed to compare the protein maps of banana pulp (Musa acuminata cv. nanicão) in pre-climacteric and climacteric phases, and identify protein spots that differ in abundance in these two stages by two-dimensional electrophoresis coupled to mass spectrometry. In this study we used three different fruits samples, to minimize the effect of biological variability, non-ripening related. To obtain the protein profiles was used 2D-DIGE methodology. The gels were analyzed with the PDQuest software and Student´s t-Test was used to statistical analysis. A list of 50 spots differential acumulated were detected and then were extracted of gels, protein digested and sequenced by mass spectrometry. Of these proteins, 26 had the probable identity indicated by comparison with the MSDB database, using Mascot software. Most of the identified proteins has probable function during banana ripening and may be related to biochemical processes related to fruit quality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TatianaToledo.pdf (1.66 Mbytes)
Data de Publicação
2011-05-16
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • TOLEDO, Tatiana Torres, et al. Proteomic analysis of banana fruit reveals proteins that are differentially accumulated during ripening [doi:10.1016/j.postharvbio.2012.04.005]. Postharvest Biology and Technology [online], 2012, vol. 70, p. 51-58.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.