• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.9.2013.tde-26062013-140732
Documento
Autor
Nome completo
Heliofabia Virginia de Vasconcelos Facundo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Lajolo, Franco Maria (Presidente)
Dias, Carlos Tadeu dos Santos
Garruti, Deborah dos Santos
Labate, Carlos Alberto
Nascimento, João Roberto Oliveira do
Título em português
Armazenamento a baixas temperaturas de diferentes cultivares de bananas: efeito nos atributos de qualidade
Palavras-chave em português
Banana cv. Nanicão
Banana cv. Prata
Espectrometria de massas
Estatística multivariada
Frio
Tolerância
Resumo em português
A banana é altamente susceptível a injúrias causadas pelo frio, mas o efeito da refrigeração nos atributos que caracterizam a qualidade do fruto maduro é ainda pouco explorado. Neste trabalho, alguns desses atributos foram analisados em duas cultivares de banana escolhidas por sua diferença em relação à susceptibilidade ao frio: Nanicão e Prata. As duas cultivares foram armazenadas a baixas temperaturas (cv. Nanicão a 13 ºC e cv. Prata a 13 ºC e 10 ºC) por 15 dias e o efeito do frio sobre os compostos voláteis responsáveis pelo aroma e sabor, índices de cor da casca, níveis de carotenoides, açúcares e amido foram analisados comparativamente durante a maturação dos frutos e o perfil de proteínas diferentemente abundantes foi analisado na cultivar Nanicão. Com o auxílio das ferramentas da estatística multivariada, verificou-se que a produção dos compostos voláteis é altamente sensível as baixas temperaturas. A cv. Prata apresentou uma maior resistência ao efeito negativo do armazenamento, mesmo armazenada a 10 ºC. Na cv. Nanicão, as amostras maduras do grupo frio (13 ºC) foram caracterizadas pela presença dos carotenoides majoritários devido ao fato de que as vias metabólicas que utilizam carotenoides terem sido afetadas pelo armazenamento em baixas temperaturas. Para a cv. Prata teve um efeito negativo com o armazenamento, com redução dos níveis de carotenoides tanto a 13 ºC quanto a 10 ºC. Em relação à cor da casca dos frutos não foi observado um efeito evidente nas amostras submetidas a baixas temperaturas. Pela análise proteômica, foi possível entender como o frio causou um impacto negativo na síntese de sacarose, uma vez que as proteínas mais afetadas foram associadas ao metabolismo de energia e de carboidratos.
Título em inglês
Storage at low temperatures of different banana cultivars: effect on quality attributes.
Palavras-chave em inglês
Banana cv. Nanicão
Banana cv. Prata
Cold storage
Mass spectrometry
Multivariate statistics
Tolerance.
Resumo em inglês
Bananas are fruits highly susceptible to injuries caused by cold temperatures, but the effect of refrigeration on the attributes that characterize the quality of ripe fruit is still underexplored. In this work, some of these attributes were analyzed in two banana cultivars chosen for their difference in susceptibility to cold temperatures: Nanicão and Prata. Both cultivars were stored at low temperatures (cv. Nanicão at 13 ºC and cv. Prata at 13 °C and 10 °C) for 15 days and the effect of the cold on the volatile compounds responsible for aroma, skin color index, levels of carotenoids, sugars, and starch were comparatively analyzed during fruit maturation and different abundant protein profiles of the Nanicão cultivar were analyzed. By using multivariate statistic tools, it was found that the production of volatile compounds is highly susceptible to low temperatures. However, cv. Prata showed greater resistance to the negative effects of storage even when stored at 10 °C. For cv. Nanicão, ripe samples from the cold group kept at 13 ºC were characterized by the presence of majority carotenoids due to the fact that the metabolic pathways that use carotenoids were affected by the storage at such a low temperature. Conversely, cv. Prata experienced a negative effect with the storage, with reduced levels of carotenoids in both cold groups kept at 13 ºC and 10 ºC. In relation the skin color of the fruit, no effect on the samples held at low temperatures was observed. For proteomics analysis, it was possible to understand how the cold storage caused a negative impact on the synthesis of sucrose, since most of the affected proteins were associated with energy and carbohydrate metabolism.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.