• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.9.2017.tde-27062017-153203
Documento
Autor
Nombre completo
Mariana Magalhães Souto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Hassimotto, Neuza Mariko Aymoto (Presidente)
Lysenko, Beatriz Rosana Cordenunsi
Godoy, Helena Teixeira
Salatino, Antonio
Título en portugués
Caracterização de compostos bioativos de três variedades de Pitanga (Eugenia Uniflora L.)
Palabras clave en portugués
Antocianinas
Compostos bioativos
Desenvolvimento
Pitanga
Resumen en portugués
Os frutos da pitangueira pertencem à família Myrtaceae e podem ser encontrados em três variedades da mesma espécie, reconhecidos de acordo com a cor dos frutos como amarelo, vermelho e roxo. O objetivo deste estudo é caracterizar as três variedades de frutos de pitanga, com relação aos principais carotenoides e compostos fenólicos, e seu comportamento durante o desenvolvimento. Os frutos foram obtidos da região de Campinas (IAC) e fornecidos pela EMBRAPA - (RS). Os extratos metanólico dos frutos foram caracterizados quanto ao conteúdo antocianinas monoméricas, onde somente a variedade roxa, das diferentes plantas e região, apresentou aumento de concentração de antocianinas monoméricas com o desenvolvimento (0,59 a 1,94 mg cy-3-glu eq/g b.s. e 1,43 a 8,47 cy-3-glu eq/g b.s. para o estádio intermediário e maduro, respectivamente. Além disso, a variedade roxa no estádio maduro apresentou maior concentração de fenólicos totais (6,52 a 18,42 mg de AG/g b.s.) quando comparados às outras. O ácido cítrico foi identificado, por CLAE/DAD, como o ácido orgânico majoritário, seguido pelos ácidos succínico e málico, em todas as variedades, com maior concentração no estádio verde. De acordo com a concentração de ácido ascórbico, a pitanga não é uma boa fonte de vitamina C, apresentando valor máximo de 4,0 mg/g b.s no estádio maduro. Os açúcares majoritários encontrados foram a glicose e a frutose. A antocianina majoritária, identificada por LC-ESI-MS/MS, da variedade roxa, no estádio maduro foi a cianidina-3-glicosídeo, com uma variação de 8,05 a 640,53 mg/100g b.s, já o flavonoide majoritário na variedade amarela e vermelha foram miricetina e quercetina em ambas variedades. O carotenoide majoritário identificado por CLAE/DAD, em todas variedades no estádio maduro foi o licopeno, onde a variedade vermelha se destaca pela maior concentração. Dessa forma, o perfil de flavonoides não é alterado com o desenvolvimento, mas é observado uma redução no seu conteúdo nas variedades vermelha e amarela; já a variedade roxa apresenta alteração no perfil de flavonoides, com a expressão de antocianinas no estádio maduro. Por outro lado, o perfil de carotenoides em todas as variedades não sofreu alteração.
Título en inglés
Characterization of the main bioactive compounds of three pitanga varieties (Eugenia Uniflora L.)
Palabras clave en inglés
Anthocyanins
Bioactive compounds
Pitanga
Ripening
Resumen en inglés
The fruits of the pitangueira belong to the family Myrtaceae and can be found in three varieties of the same species, recognized according to the color of the fruits as yellow, red and purple. The aim of this study was characterize the fruits of three pitanga varieties, according to the carotenoids and phenolic compounds composition, and their behavior during ripening. The fruits were obtained from the Campinas region and also provided by EMBRAPA - (RS). Monomeric anthocyaninswere detected only on purple variety, presenting 0.59 to 1.94 mg cy-3-Ο-glu eq/g d.w. and 1.43 to 8.47 cy-3-Ο-glu eq/g d.w.) for the intermediate and mature stages, respectively. In addition, the purple variety at the mature stage had the highest total phenolics concentration (6.52 to 18.42 mg of AG/g d.b.) as compared to other varieties. The citric acid was identified as the major organic acid, followed by succinic and malic acids, in all varieties, with a higher concentration in the green stage. According to the concentration of ascorbic acid, pitanga could not be considered a good source of vitamin C, presenting the highest amount of the 4.0 mg/g d.w. at the mature stage. The major soluble sugars found were glucose and fructose. The major anthocyanin of the purple variety, identified by LC-ESI-MS/MS in the mature stage, was cyanidin-3-Ο-glucoside, ranging from 8.05 to 640.53 mg /100g d.w., whereas the major flavonoids in the yellow and red varieties were myricetin and quercetin. The flavonoid profile was not altered with ripe developing, but a decrease in its content was observed in the red and yellow varieties; on the other hand, the purple variety presented a change in the flavonoid profile, with the expression of anthocyanins in the mature stage. The carotenoids profile in all varieties was the same. The major carotenoid identified by HPLC/DAD, at the mature stage, was lycopene, where the red variety presented the highest concentration.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-07-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.