• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Karine Cavalcanti Mauricio de Sena Evangelista
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Abdalla, Dulcineia Saes Parra (Presidente)
Bertolami, Marcelo Chiara
Castro, Inar Alves de
Cendoroglo, Maysa Seabra
Cozzolino, Silvia Maria Franciscato
Título em português
Efeito da suplementação com minerais antioxidantes em pacientes com aterosclerose tratados com estatinas
Palavras-chave em português
Aterosclerose
Estresse oxidativo
Inflamação
Selênio
Zinco
Resumo em português
O objetivo deste estudo clínico randomizado duplo-cego foi avaliar o efeito da suplementação oral de zinco e selênio concomitante ao tratamento com rosuvastatina sobre os marcadores de estresse oxidativo e inflamação, bem como o status de zinco e selênio, em pacientes com aterosclerose, apresentando angina estável. A amostragem foi composta por adultos e idosos, 47 homens e 29 mulheres, com diagnóstico de aterosclerose coronariana por angiografia, atendidos no Serviço de Hemodinâmica do Natal Hospital Center - Natal / RN. O projeto foi aprovado pelos Comitês de Ética em Pesquisa da UFRN e da FCF-USP. A coleta de dados foi realizada no primeiro momento e após 4 meses do tratamento com rosuvastatina 10 mg, concomitante à suplementação com zinco (30mg/d) e selênio (150µg/d), ou placebo, sendo avaliados os parâmetros antropométricos e dietéticos, zinco e selênio plasmáticos e eritrocitários, perfil lipídico, LDL minimamente oxidada, anticorpos anti-LDL(-), imunocomplexos Ac-LDL(-), GPx, SOD, IL-6 e PCR-as. Houve predominância do gênero masculino, idade média em torno de 60 anos, ex-fumantes, portadores de hipertensão arterial, alta freqüência do sobrepeso/obesidade e circunferência abdominal aumentada/muito aumentada. As dietas caracterizaram-se como hipocalórica, hiperprotéica, normoglicídica e hipolípídica, com baixo teor de fibra e altas prevalências de inadequação de ingestão de zinco e selênio. O status de zinco e selênio no plasma e eritrócitos não foi alterado significativamente nos grupos placebo e suplementado entre os dois momentos do estudo. A terapia com a rosuvastatina mostrou-se eficaz na redução das concentrações de colesterol total, LDL, colesterol não-HDL, triacilgliceróis e PCR-as, independente da suplementação com os minerais zinco e selênio. As concentrações de LDL(-), Ac anti-LDL(-), imunocomplexos, IL-6 e as atividades das enzimas SOD e GPx não foram modificadas em função das intervenções com rosuvastatina associadas ou não à suplementação. Conclui-se que o tratamento com rosuvastatina 10mg durante 4 meses não alterou o status de zinco e selênio considerando os biomarcadores avaliados. A suplementação de zinco e selênio não influenciou os biomarcadores de estresse oxidativo e inflamação. Estudos adicionais serão necessários para avaliação da necessidade de suplementação neste grupo de pacientes com aterosclerose, analisando-se outras doses, tempo de suplementação e biodisponibilidade da forma química dos minerais prescritos.
Título em inglês
Effect of supplementation with antioxidant minerals in patients with atherosclerosis treated with statins
Palavras-chave em inglês
Atherosclerosis
Inflammation
Oxidative stress
Selenium
Zinc
Resumo em inglês
The aim of this randomized double-blind study was to evaluate the effect of oral zinc and selenium supplementation, concomitant with rosuvastatin treatment, on markers of oxidative stress and inflammation, as well as the status of zinc and selenium in adult patients with atherosclerosis and stable angina. The study included 47 men and 29 women, average age around 60 years, with coronary atherosclerosis diagnosed by angiography at the Hemodynamic Service at Natal Hospital Center - Natal / RN. The project was approved by the Ethics Committee of UFRN and FCF-USP. Data from patients were obtained at beggining and after four months of treatment with 10 mg rosuvastatin, concomitantly with zinc (30mg/d) and selenium (150µg/d) supplementation or placebo. The anthropometric and dietary data, zinc and selenium concentrations in plasma and erythrocyte, lipid profile, electronegative LDL (LDL(-)), anti- electronegative LDL, Ac-LDL(-) immune complexes, GPx and SOD activities, IL-6 and hs-CRP were evaluated in all patients. Most patients were former smokers with arterial hypertension, high rate of overweight/obesity and increased waist circumference. The diets contained low-calorie, hyperproteic, normoglycidic, low-fat and fiber content and inadequate intake of zinc and selenium. The status of zinc and selenium in plasma and erythrocytes was not changed significantly in the supplemented and placebo groups between the two moments of the study. Rosuvastatin therapy was effective in reducing total cholesterol, LDL, non-HDL cholesterol, triglycerides and hs-CRP level, regardless of supplementation with the minerals zinc and selenium. The concentrations of LDL (-), anti- LDL (-), immune complexes, IL-6 and the activities of SOD and GPx were not modified by zinc and selenium supplementation associated with rosuvastatin. In conclusion, the treatment with 10 mg rosuvastatin for 4 months did not change either the status of zinc and selenium or the biomarkers evaluated in this study. Zinc and selenium supplementation did not affect oxidative stress and inflammation biomarkers. Additional studies are needed to evaluate the need for antioxidant minerals supplementation in patients with atherosclerosis, mainly to investigate other doses, duration of supplementation and bioavailability of the chemical form of the prescribed minerals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KarineEvangelista.pdf (4.73 Mbytes)
Data de Publicação
2011-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.