• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.9.1999.tde-02122008-105959
Documento
Autor
Nombre completo
Paula Christiane Soubhia
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 1999
Director
Tribunal
Silva, Ovandir Alves (Presidente)
Andrade, Arthur Guerra de
Lima, Irene Videira de
Título en portugués
Período de detecção de canabinóides urinários por imunofluorescência polarizada em população usuária de Cannabis
Palabras clave en portugués
Análise toxicológica
Análise triagem
Canabinoides urinários
Droga Abuso
Imunoensaio
Maconha
Toxicologia em area social
Transtornos relacionados ao uso de substâncias
Resumen en portugués
A Cannabis sativa L., conhecida popularmente no Brasil como maconha, tem sido apontada como a droga de uso ilícito de maior consumo no mundo contemporâneo. As análises toxicológicas utilizadas para verificar o seu uso vem ganhando cada vez maior importância em diversos ambientes de trabalho, desportivos, prisões, clínicas para tratamento de farmacodependência, centros de emergência toxicológica, enfermarias de psiquiatria, entre outros. A presença de canabinóides na urina indica o uso de produtos derivados da planta Cannabis. A maioria dos estudos encontrados na literatura especializada se refere ao perfil de eliminação do 11-nor-Δ 9-THC-COOH, principal produto de biotransformação do Δ 9-THC, que, dependendo da sensibilidade e especificidade da técnica analítica utilizada, poderá ser detectado a longo prazo na urina. Uma constante preocupação é determinar o período de detecção, ou seja, o tempo transcorrido desde a interrupção do uso da droga até a obtenção do primeiro resultado negativo na urina. Este trabalho teve como objetivo investigar o período de detecção de canabinóides urinários em uma população usuária de Cannabis, residentes em uma clínica de tratamento, pela técnica de imunofluorescência polarizada, considerando 50 ng/mL como valor de referência. Foi avaliada a influência do padrão de uso da droga no período de detecção de canabinóides. Entre os pacientes estudados, o período de detecção foi de grande variação: de 33 a 498 horas. Não houve correlação estatística relevante entre o período de detecção e as variáveis freqüência de uso, tempo total de utilização e quantidade de cigarros utilizada na última exposição.
Título en inglés
Period of detection of urinary cannabinoids by immunoassay (FPIA) in the cannabis users
Palabras clave en inglés
Canabinoids urine
Drug abuse
Drug-testing
Imunoassay
Marijuana
Toxicology analysis
Resumen en inglés
The marijuana, one of the products originated from the Cannabis sativa L., is the illicit used drug of major consume in the world. The toxicological analysis to verify the use of the drug are increasing importance in several workplaces drug-testing programs, sportive, prisions, drug treatment and rehabilitation clinics, emergency toxicology departments and other. The cannabinoids in urine indicates the exposition of products originated from the Cannabis. An important concern is to determine the detection times of cannabinoids in urine i.e. the time from the use of the drug until the first negative result. Most of the studies in the speciallized literature report the elimination profile of the 11-nor-9-carboxy- Δ 9-tetrahydrocannabinol (THCCOOH), which the primary cannabinoid metabolite. According to those studies, the urinary cannabinoids detection times can be made for a long time depending on the sensibility and accuracy of the methods used. The purpose of this work was estudy the detection time of the urinary cannabinoids in the marijuana users population after drug abstaining, by FPIA, using a 50ng/mL cutoff. The pattern in drug use influence on the urinary cannabinoids detection times was evaluated. The detection time in the studied population ranged from 33 to 498 hours. The statistic correlation between the detection time and the drug use pattern was not significant (p≤ 0,05).
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
TesePaula.pdf (392.29 Kbytes)
Fecha de Publicación
2009-01-23
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.