• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2013.tde-19032014-151613
Documento
Autor
Nome completo
Brunno Carvalho Gastaldo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Bacchi, Elfriede Marianne (Presidente)
Díaz, Ingrit Elida Collantes
Hatanaka, Elaine
Título em português
Ação de constituintes de Solidago chilensis Meyen (arnica brasileira) nos mecanismos de cicatrização de feridas em ratos
Palavras-chave em português
Cicatrização
Citocinas
Inflamação
Neutrófilos
Solidago chilensis
Resumo em português
Plantas medicinais são usadas por 80% da população mundial. O Brasil, devido a sua grande diversidade de clima, possui uma forte medicina tradicional. Muitas espécies vegetais são usadas pela população como anti-inflamatórias e cicatrizantes. Neste cenário está Solidago chilensis. Sucedânea da Arnica montana, está presente na lista de plantas de interesse da ANVISA (RENISUS), e possui uma investigação científica defasada. Para apoiar o uso popular e resolver as questões sobre o seu mecanismo de ação foram desenvolvidos testes demonstrando a ação cicatrizante desta espécie. Experimentos de ferida aberta e bolsa de ar foram realizados em ratos, para determinar sua participação como um pró ou anti-inflamatório. Estes testes incluem contagem de migração celular e dosagem de citocina, frente ao estimulo de seu extrato e frações. Ensaios in vitro foram realizados para indicar o tipo celular predominante envolvido e a dose toxica (indicada pela fragmentação de ADN e viabilidade celular). Todos os experimentos foram executados com o extrato hidroetanólico a 70%, liofilizado e com as frações clorofórmio, acetato de etila, e aquosa. Paralelamente, uma triagem química por CLAE e CCD foi realizada para determinar, por RMN, alguns marcadores. Foi observado uma redução significativa da área da ferida no dia 5º dia de tratamento com LHEE em gel de carbopol, justamente na passagem da fase de inflamação para a fase de granulação, indicando uma aceleração da fase inflamatória. Também foi observado um aumento da liberação de L-selectina, IL-1, IL-6 no ensaio de bolsa de ar, mas em oposição, percebe-se um efeito oposto quando administrado concomitantemente com um estímulo pró-inflamatório. Diversos compostos devem estar atuando para culminar com essa atividade, entre eles endotoxinas, contaminantes inerentes ao ambiente não estéril, diterpenos tóxicos e flavonóides, como a quercitrina. O supracitado fenômeno indica um efeito modulador da resposta imune.
Título em inglês
Action of constituents of Solidago chilensis Meyen (Brazilian arnica) in rats wound healing mechanisms.
Palavras-chave em inglês
Cytokines
Inflammation
Neutrophil
Solidago chilensis
Wound healing
Resumo em inglês
Medicinal plants are used by 80% of the world population. Brazil due its vast climatically diversity possess a strong traditional medicine. Many vegetal species are used by the population as anti-inflammatory and wound healer. In this picture there is Solidago chilensis. Ersatz of the Arnica Montana, and present in the ANVISA`s plants of interest list (RENISUS), posses a lagged scientific investigation. To support the popular use and elucidate questions about its mechanism of action were developed tests demonstrating the healing action of this specie. Open wound and air pouch experiments are developed with rats to determinate the activities as a pro or anti-inflammatory. These tests include a cellular migration count and cytosine dosage. In vitro essay were performed to indicate the predominant cellular type response and the toxic dosage (indicated by DNA fragmentation and the cellular viability). All the experiments were executed with the lyophilized 70% hydroethanolic extract, and the fractions chloroform, ethyl acetate, and aqueous. An alongside chemical screening by THL and HPLC were carried on to determine by NMR some key compounds. It was verified a significant reduction of the wound in the 5th day in the open wound experiment, which is the passage of the inflammation phase to the granulation phase. Also it was noted ad increase of the L-selectin, IL-1, and IL-6 liberation by neutrophils but a decrease when administrated concomitant with a pro- inflammatory stimulus. Several compounds must be acting to culminate this activity, including endotoxin, inherent contaminants in the non-sterile environment, toxic diterpenes and flavonoids such as quercitrin. The aforementioned phenomenon points to a modulatory effect of the immune response. The obtained result indicates a potential use in wound healing processes with has immune deficiency and also hiperresponsivite. Further studies will be performed to verify the most active fraction, and its main compounds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-03-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.