• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.90.2010.tde-04112010-112706
Documento
Autor
Nome completo
Maria Olivia Ferreira Leite
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Sueli Angelo (Presidente)
Ferreira, Lucia da Costa
Sandeville Junior, Euler
Título em português
Comitiva de boiadeiros no Pantanal Sul-Mato-Grossense: modo de vida e leitura de paisagens
Palavras-chave em português
Comitiva de boiadeiros
leitura da paisagem
modo de vida.
Pantanal
populações tradicionais
Resumo em português
Esta dissertação aborda o modo de vida e a leitura da paisagem dos boiadeiros no Complexo Pantanal Sul-Mato-Grossense. Os boiadeiros representam parte dos trabalhadores da pecuária, uma importante atividade econômica nesta região. Montados em burros, atravessam diversas paisagens viajando até meses, conduzindo grande quantidade de gado pertencente a pecuaristas. Devido à escassez de material disponível na literatura foram coletados relatos, principalmente, de entrevistas com interlocutores locais, suas histórias de vida e através do acompanhamento presencial de Comitivas de boiadeiros. Para compreensão do tema adotou-se a concepção de paisagem como lugar no contexto de populações tradicionais, considerando o significado dado pelas experiências vividas e representações simbólicas. A descrição contextualizada de Geertz (1989) trouxe contribuições metodológicas para fundamentar o trabalho de campo e auxiliar na interpretação dos dados. Deste modo, buscou-se esboçar o universo cultural do boiadeiro, descrevendo a estrutura e o cotidiano desta atividade, que segue o ritmo das águas do Pantanal, estabelecendo as fases de enchentes, cheias, vazantes e estiagens. Além disto, por meio de relatos de boiadeiros foram elaborados mapas de alguns dos roteiros destas viagens, identificando-se os marcos referenciais da paisagem cultural e um matiz de linguagens como estratégias de orientação. A interpretação de dados proporcionou uma discussão sobre as contradições e adaptações no modo de vida dos boiadeiros frente às mudanças econômicas e sociais, reconhecendo sua persistência, singularidade e complexidade como um conhecimento extreitamente integrado às paisagens pantaneiras. As reflexões nesta pesquisa pretendem apontar uma diferente perspectiva, de acordo com a importância do valor cultural dos boiadeiros pantaneiros.
Título em inglês
Cattle droves in the South-Mato-Grosso Pantanal: way of life and landscape reading.
Palavras-chave em inglês
Cattle drovers
Pantanal
reading landscape
traditional people
way of life.
Resumo em inglês
This dissertation discusses the way of life and the landscape reading of cattle drovers in the South-Mato-Grosso Pantanal Complex. The drovers represent part of the workforce in the cattle raising, which is an important economic activity in this region. Mounted on donkeys, they cross different landscapes, traveling even for months and driving a large number of herds owned by ranchers. Due to the scarcity of available research material in literature, data was collected mainly from interviews with local counterparts about their life stories and through the monitoring of cattle drovers grouped together. To comprehend the theme, it was adopted the landscape conception as a place in the context of traditional people, taking into consideration the meaning given by life experiences and symbolic representations. The contextual description of Geertz (1989) brought methodological contributions to support the field work and to assist in data interpretation. Thus, we attempted to sketch the cultural universe of the drovers, describing the structure and daily life of this activity, which follows the rhythm of the Pantanal waters, establishing the stages of rising waters, floods, receding waters and droughts. Moreover, maps of some itineraries of these trips were drawn through drovers reports, identifying the landmarks and a tinge of languages as strategic orientation. The data interpretation provided a discussion about the contradictions and changes in the way of life of drovers once facing economic and social changes, recognizing its persistence, uniqueness and complexity as a closely integrated knowledge to the Pantanal landscapes. The reflections in this research intend to target a different perspective, according to the importance of the cultural value of the Pantanal drovers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-12-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.