• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.90.2005.tde-08112010-112706
Documento
Autor
Nome completo
Reginaldo Sales Magalhães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Abramovay, Ricardo (Presidente)
Carvalho, Carlos Eduardo Ferreira de
Zylbersztajn, Decio
Título em português
Economia, natureza e cultura: uma visão histórica e interdisciplinar dos sertanejos, dos mercados e das organizações no sertão da Bahia
Palavras-chave em português
Mercados
Microcrédito
Microfinanças
Racionalidade
Sociologia econômica.
Resumo em português
Esta pesquisa tem como foco os processos de desenvolvimento cultural e organizacional necessários à formação de mercados financeiros formais em regiões de baixa-renda. Para tanto, analisa o caso das cooperativas de crédito da região sisaleira da Bahia, uma experiência notável de inserção de populações de baixa renda no mercado financeiro. Com o acesso a serviços financeiros a baixos custos e a capacitação e assistência técnica proporcionadas pela associação dos pequenos produtores, os agricultores passaram a investir em atividades econômicas mais adaptadas ao clima semi-árido, ter acesso a novos mercados, planejar melhor a produção e o consumo, elevar a renda e promover o desenvolvimento local. Nessa região em que os sertanejos encontravam-se, e uma parte ainda é, dependentes de monopólios tradicionais que se perpetuavam através de vínculos personalistas de controle, os sertanejos contraem constante endividamento junto a comerciantes locais. A ação das Comunidades Eclesiais de Base e dos sindicatos de trabalhadores rurais, a partir dos anos 70, foi decisiva para promover um processo de desenvolvimento cultural e a formação de uma densa rede de organizações que possibilitaram ampliar o acesso dos agricultores ao mercado financeiro e a novos canais de comercialização. Por meio de uma análise interdisciplinar e crítica da realidade concreta e dos conceitos da sociologia econômica, da economia institucional, da teoria dos sistemas agrários e da antropologia, são reconstruídos os processos históricos que levaram à formação de cooperativas, é analisada a influência do clima sobre os mercados, é investigada a racionalidade econômica do sertanejo e são desvendadas as estruturas sociais que sustentam as novas organizações econômicas e o desenvolvimento recente da região sisaleira da Bahia.
Título em inglês
Economy, Nature and Culture: a historical and interdisciplinary view of sertanejos, markets and organizations in the sertão back lands of Bahia
Palavras-chave em inglês
Economic sociology.
Markets
Micro-credit
Micro-finance
Rationality
Resumo em inglês
This study aims to understand the cultural development processes required to create markets. The analysis is focused on the case of credit cooperatives in the sisal region of Bahia, which represents an outstanding experience of inclusion of low income people in the financial market. Access to low-cost financial services, together with training and technical assistance provided by the small growers association, allowed them to invest in economic activities more adapted to the semi-arid region, to reach new markets, to plan production and consumption, to increase their income and to promote local development. In this region, local people (the sertanejos) used to be - and still are dependent on traditional monopolies that perpetuate by means of personalized control ties, which keep them constantly in debt with local traders. The action of both the comunidades eclesiais de base (grassroot catholic organization) and the rural labor unions were crucial to promote a process of cultural development and the formation of a dense net of organizations responsible for increasing the growers´ access to the financial market and to new marketing channels. The analysis is based on a historical, inter-disciplinary and critical approach, and on concepts of economic sociology, institutional economics, agrarian systems and anthropology. The historical processes are reconstructed, the climate influence on the market is analyzed, the economic rationality of the sertanejo is investigated and the social structures that support the new economic organization and development of Bahia´s sisal region are revealed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao.pdf (1.09 Mbytes)
Data de Publicação
2011-01-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.