• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.90.1995.tde-23112011-143025
Documento
Autor
Nombre completo
Izabel Aparecida Zimermann Fonseca
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 1995
Director
Tribunal
Novelli, Yara Schaeffer (Presidente)
Delitti, Welington Braz Carvalho
Tommasi, Luiz Roberto
Título en portugués
Uma Revisão dos IEA/RIMA sobre Manguezais
Palabras clave en portugués
EIA
manguezal
RIMA
Resumen en portugués
Os conceitos e técnicas que envolvem a caracterização dos bosques de mangue são amplamente conhecidos e utilizados em diversas pesquisas, teses e relatórios técnicos elaborados para distintas finalidades, seja com o intuito de identificar e descrever o bosque, acompanhar a evolução de impactos ou ainda apontar áreas prioritárias para o gerenciamento ambiental. Entretanto há uma grande carência de informações sobre como o manguezal é estudado para efeito de elaboração de EIA/RIMA. Assim, com o objetivo de identificar qual a abordagem utilizada nesses documentos para análise de áreas de mangue e registrar se os mesmos adotam os conceitos e técnicas usuais de pesquisa para esse ecossistema, o presente estudo consiste em uma revisão de oito EIA/RIMA referentes a regiões litorâneas do Estado de São Paulo. Como não existe um procedimento técnico que propicie a discussão do estudo dos manguezais no contexto da elaboração de EIA/RIMA, foi necessário delinear um procedimento de investigação que se adequasse a presente proposta. Os levantamentos de informações contidas nos EIA/RIMA basearam-se na metodologia recomendada para estudo dos manguezais. Os diagnósticos foram classificados quanto a natureza dos dados apresentados em primários e secundários, e quanto a sua tipologia em qualitativos ou quantitativos. Nos prognósticos foram identificadas e comparadas as bases empíricas e/ou conceituais usadas, bem como os tipos de monitoramento e medidas mitigadoras propostas. Verificou-se que os diagnósticos dos manguezais são predominantemente baseados em dados primários e secundários qualitativos, ou seja, a ocorrência de medidas de campo são raras. Os prognósticos caracterizam-se basicamente pelo uso de medidas qualitativas. Somente um EIA/RIMA apresentou proposta de monitoramento em área de manguezal.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-11-30
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.