• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2011.tde-02012012-151345
Documento
Autor
Nome completo
Léo Eduardo de Campos Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2011
Orientador
Banca examinadora
Molina, Silvia Maria Guerra (Presidente)
Ferreira, Lucia da Costa
Sorrentino, Marcos
Título em português
Que os parques possam ser a nossa casa - a luta pela recategorização da Estação Ecológica da Juréia-Itatins
Palavras-chave em português
Áreas de conservação
Ecologia
Educação ambiental
Gestão ambiental
Gestão participativa
Juréia-Itatins (SP)
Parques
Sustentabilidade.
Resumo em português
O debate entre preservacionistas e conservacionistas sempre esteve presente na definição de estratégias de conservação baseadas na criação e gestão de áreas naturais protegidas. No Brasil, as Unidades de Conservação apresentam, desde suas origens até os dias atuais, muitas mudanças de orientação, principalmente na relação entre órgãos gestores e populações locais. Tais mudanças vão desde as medidas violentas em nome da preservação até a gestão participativa dessas áreas. No entanto, em muitos casos os atores locais têm dificuldades de exercer uma participação efetiva, sobretudo na tomada de decisão, pelo predomínio da perspectiva preservacionista no debate. A área de estudo desta pesquisa é a Estação Ecológica da Juréia Itatins, Unidade de Conservação de Proteção Integral, localizada entre o litoral sul paulista e o Vale do Ribeira, com a presença de populações humanas em seu interior. Estas populações há mais de 20 anos lutam contra o modelo preservacionista, buscando a recategorização de algumas áreas para Reservas de Desenvolvimento Sustentável, que permitiriam conciliar a permanência humana e a conservação dos recursos naturais. A presente pesquisa teve por objetivo acompanhar a arena dessa disputa em torno da implantação do primeiro mosaico da Juréia Itatins, e as articulações que se seguiram após sua anulação judicial, para a criação do novo mosaico, principalmente relacionadas à participação social na tomada de decisão. Dentre os métodos de pesquisa foi utilizada a abordagem da Análise Situacional, tendo o conceito de arena como eixo para integração dos dados. Também foram aplicadas entrevistas e realizada observação participante. Constatou-se que posturas preservacionistas ainda prevalecem na tomada de decisão. O conseqüente não envolvimento efetivo dos atores locais na definição do traçado das UCs do novo mosaico, pode perpetuar alguns conflitos que impedem a real conservação da área. As Unidades de Conservação podem exercer um significativo papel em nosso contexto de sociedade rumo à reapropriação social da natureza e construção de sociedades sustentáveis, aliando conhecimento técnico e popular em torno de um objetivo comum.
Título em inglês
Let the parks be our homes: the fight for the re-categorization of Ecological Station of Jureia-Itatins
Palavras-chave em inglês
conservation areas
Ecology
Environmental Education
environmental management
Juréia-Itatins (SP)
Parks
Participatory management
sustainability.
Resumo em inglês
The definition of conservation strategies based on the creation and management of protected natural areas has always been influenced by the debate between preservationists and conservationists. Since their beginning the conservation units in Brazil show many changes in posture, especially in the relationship between government agencies and local community. These changes sort from the violent actions in the name of preservation until the participative management of these areas. However, in many cases, local actors find it difficult to exercise effective participation, especially in decision-making process, due to the dominance of the preservationist perspective in the debate. The study area of this research is Juréia Itatins Ecological Station, Integral Protection Conservation Unit, located between the southern coast of São Paulo and Vale do Ribeira, in which there are human populations. These populations are fighting against the preservationist model for more than 20 years; they are trying a recategorization of some areas into Sustainable Development Reserves, which combine human permanence and conservation of natural resources. This research aimed to study the process of the dispute scenery over the implementation of the first Juréia Itatins mosaic, and the articulations that followed its judicial. These articulations were held to create a new mosaic, mainly about social participation in decision making process. The research methods used were: the Situational Analysis, with the arena concept as an axis for data integration. Interviews were also held and participant observation was conducted. It was found that preservationist attitudes still prevail in the decision making process. The consequent non effective involvement of the local stakeholders in the definition of the new mosaic project could perpetuate some conflicts that prevent the real conservation of this area. Conservation units can play a significant role in the context of our society towards the social re-appropriation of nature and the construction of sustainable societies; inter aligning both technical and people knowledge toward a common goal.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-02-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.