• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
https://doi.org/10.11606/T.91.2020.tde-19062020-120718
Document
Auteur
Nom complet
Giovanna Alves de Paiva Zanquetta
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 2020
Directeur
Jury
Sorrentino, Marcos (Président)
Ng, Thaís Brianezi
Battaini, Vivian
Chia, Ho Yeh
Silva Filho, Demóstenes Ferreira da
Spazziani, Maria de Lourdes
Titre en portugais
Eu, a árvore: educação ambiental e valores para sociedades sustentáveis
Mots-clés en portugais
Árvore
Educação ambiental
Sociedades sustentáveis
Valores humanos
Resumé en portugais
A Árvore, além de elemento biológico de importância indiscutível para a manutenção da vida no nosso planeta, é símbolo reconhecido nas mais variadas culturas, tradições religiosas e épocas, como elo de ligação entre o terreno e o celeste, como metáfora da busca pelo Bem Maior. Esse elemento que nos une a todos tem sido utilizado comumente nas artes e nas atividades e intervenções de Educação Ambiental. Nesse trabalho, propôs-se estudar o desenvolvimento de Valores para Sociedades Sustentáveis em intervenções de Educação Ambiental através da imagem da árvore. Além de revisão bibliográfica a respeito do tema, foram realizadas cinco oficinas com a temática da Árvore refletindo sobre Valores para Sociedades Sustentáveis em diversos contextos, públicos e ambientes, utilizando a linguagem artística. A primeira oficina foi realizada no Parque da Cidade de Jundiaí, para um público aberto, utilizando a linguagem da poesia; a segunda oficina foi realizada na Oca - Laboratório de Política e Educação Ambiental da ESALQ/USP - com um público de estudantes e pesquisadores do tema, utilizando a Sociopoética; a terceira oficina foi realizada em uma escola infantil da periferia do município de Jundiaí-SP, com as crianças, professores e funcionários, utilizando a linguagem do teatro; a quarta oficina foi realizada em uma aula de Psicologia da Educação para alunos da graduação da ESALQ/USP e também propôs a produção textual; e a quinta oficina foi realizada em uma transmissão online através da plataforma YouTube e propôs a produção artística das mais variadas formas, tendo resultado na produção de música, mosaico, desenho, fotografias e textos variados. A questão colocada antes e depois de cada uma das oficinas foi sobre quais são os valores necessários para a transição para Sociedades Sustentáveis. Outra questão que permeou o estudo foi se Intervenções de Educação Ambiental que utilizam a imagem da árvore podem auxiliar no desenvolvimento e manifestação de valores que contribuam para a formação de seres humanos mais aptos à construção de Sociedades Sustentáveis. Optou-se por não utilizar modelos de valores prontos, mas propor a construção de novas escalas de valores, já que o objetivo é a transição para Sociedades Sustentáveis, conceito que em si já sugere pluralidade e construção coletiva e participativa. A partir de referências encontradas que sugerem a reflexão com base em três partes distintas da árvore, sistematizou-se os valores em três modalidades complementares: valores de copa, valores de caule e valores de raiz. Entre os valores de copa estão os associados ao pensamento, ao conhecimento; entre os valores de caule estão os associados ao sentimento, às emoções e entre os valores de raiz estão os associados à atitude, à concretização. Esses três tipos de valores devem estar equilibrados entre si, como propõe o Movimento Transition Towns (TRANSITIONNETWORK, 2019) em um de seus Princípios, o equilíbrio cabeça-coração-mãos ou como sugere a filosofia chinesa (AD LUMEN, 2019) com o trinômio sabedoria-amor-coragem. Com relação à questão se intervenções de educação ambiental como estas podem ou não auxiliar no desenvolvimento e manifestação de valores que contribuam para a formação de seres humanos mais aptos à construção de Sociedades Sustentáveis, a maioria dos participantes relata ter saído das intervenções com a percepção de um "bom encontro", de partilha de sonhos, alegrias e histórias, que segundo Espinosa (2009) podem sim incrementar a potência de ação, a capacidade inclusive de criar novas realidades. A experiência em si já configura transição. Assim sendo, conclui-se que Intervenções de educação ambiental que utilizam a imagem da árvore podem auxiliar no desenvolvimento e manifestação de valores que contribuam para a formação de seres humanos mais aptos à construção de Sociedades Sustentáveis, desde que promovam "bons encontros".
Titre en anglais
Me, the tree: environmental education and values for sustainable societies
Mots-clés en anglais
Environmental education
Human values
Sustainable societies
Tree
Resumé en anglais
Besides being a biological element of unquestionable importance for the maintenance of life on our planet, the Tree is also a recognized symbol in many different cultures, religious traditions and times, as a link between earth and heaven, as a metaphor for the searching of the Greater Good. This element that unites us all has been commonly used in art and Environmental Education activities and interventions. In this work, it was proposed to study the development of Values for Sustainable Societies in Environmental Education interventions through the tree image in this work. In addition to a literature review on the subject, five workshops were held with the theme of the Tree reflecting on Values for Sustainable Societies in various contexts, publics and environments, using artistic language. The first workshop was held at Jundiaí City Park, for an open audience, using the language of poetry; the second workshop was held at Oca - ESALQ / USP Environmental Policy and Education Laboratory - with an audience of students and researchers on the subject, using Sociopoetics; The third workshop was held at a kindergarten on the outskirts of Jundiaí-SP, with children, teachers and staff, using the language of the theater; The fourth workshop was held in an Educational Psychology class at ESALQ / USP with undergraduate students and also proposed textual production; and the fifth workshop was held on an online broadcast through the YouTube platform and proposed the artistic production of various forms, resulting in the production of music, mosaic, drawing, photographs and various texts. The question before and after each workshop was what values are needed for the transition to Sustainable Societies. Another issue that permeated the study was whether Environmental Education Interventions that use the tree image can help in the development and manifestation of values that contribute to the formation of human beings more apt to build Sustainable Societies. We opted not to use ready-made value models, but to propose the construction of new value scales, since the goal is the transition to Sustainable Societies, a concept that in itself already suggests plurality and collective and participatory construction. From references found that suggest reflection based on three distinct parts of the tree, the values were systematized in three complementary modalities: crown values, stem values and root values. Among the crown values are those associated with thought, knowledge; among the stem values are those associated with feeling, emotions, and among the root values are those associated with attitude, achievement. These three types of values must be in balance, as proposed by the Transition Towns Movement (TRANSITIONNETWORK, 2019) in one of its Principles, head-heart-hand balance, or as suggested by Chinese philosophy (AD LUMEN, 2019) with the trinomial wisdom-love-courage. Regarding the question of whether environmental education interventions such as these may or may not assist in the development and manifestation of values that contribute to the formation of human beings more capable of building Sustainable Societies, most participants report had left the interventions with the perception of a "good meeting", sharing dreams, joys and stories, which according to Espinosa (2009) can increase the power of action, the ability to create new realities. The experience itself already configures transition. Therefore, it is concluded that Environmental education interventions that use the tree image can help in the development and manifestation of values that contribute to the formation of human beings more apt to build Sustainable Societies, as long as they promote "good meetings".
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2020-06-22
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.