• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.91.2011.tde-19092011-091041
Documento
Autor
Nome completo
Alice Soares de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2011
Orientador
Banca examinadora
Matushima, Eliana Reiko (Presidente)
Camargo, Plinio Barbosa de
Vasconcellos, Silvio Arruda
Título em português
A interface entre pequenos mamíferos silvestres e animais domésticos em área fragmentada do alto Paranapanema, estado de São Paulo, Brasil
Palavras-chave em português
Animais domésticos
Ecossistemas agrícolas
Mamíferos silvestres
Zoonoses.
Resumo em português
A Fazenda Três Lagoas, localizada no município de Angatuba, região do Alto Paranapanema (centro-sul do Estado de São Paulo), é uma área na qual houve introdução de espécies exóticas, como Eucalyptus sp e Brachiaria sp, que fragmentaram o habitat de cerrado original. Uma vez em que foi estabelecida atividade humana em um ambiente antes natural, houve expansão do contato entre humanos e animais domésticos com as populações de animais silvestres; sendo a influência destes fatores sobre o ecossistema local ainda pouco conhecido. O presente estudo teve como objetivo pesquisar a exposição de pequenos mamíferos silvestres e animais domésticos da região a agentes infecciosos e transmissores de zoonoses (Leptospira spp., Lyssavirus, Toxoplasma gondii, Neospora caninum e Rickettsia spp.). O levantamento dos patógenos nos animais silvestres revelou resultados sorológicos positivos para Leptospira spp. (5,5%, n= 73), Rickettsia spp. (7,9%, n=38) e Toxoplasma gondii (16,1%, n= 56). Em relação aos animais domésticos, foram encontrados 40% de cães (n=10) soropositivos para N. caninum, 20% de soropositivos para Leptospira spp. e T. gondii (n=10), e 23,27% dos cães (n=11) apresentaram títulos de anticorpos menores ou iguais a 0,5 UI/ml para Raiva. Os bovinos (n=42) apresentaram resultados sorológicos positivos para N. caninum (23,8%) e Leptospira spp. (40,5%). 47,6% do gado não havia sido vacinado ou a vacinação para o vírus rábico era desconhecida. Dos 22 bovinos conhecidamente vacinados para a Raiva, 36% foram pouco reagentes ao exame sorológico. Os resultados apresentados, além de contribuírem para a avaliação do status sanitário local, contribuem para o maior conhecimento da interface entre fauna doméstica e silvestre em agroecossistemas.
Título em inglês
The interface between wild small mammals and domestic animals of the fragmented area from High Paranapanema, Sao Paulo state, Brazil
Palavras-chave em inglês
Agricultural ecosystems
Domestic animals
Wild mammals
Zoonoses.
Resumo em inglês
Três lagoas farm, which is located in Angatuba municipality, in High Paranapanema (southeast of São Paulo state) is an area where exotic species were introduced, such as Eucalyptus sp and Brachiaria sp, which fragmented the habitat in the original Cerradão (a tropical savanna ecoregion). Once the human activity has been established in a natural environment, the contact among human beings and domestic animals with wild animal populations has increased. Nevertheless, the influence of such factors on the ecosystem has not been clarified yet. The aim of the present study was to research the exposition between wild small mammals and domestic animals of this area against infecctious and transmitters of zoonoses agents (Leptospira spp., Toxoplasma gondii, Lyssavirus, Neospora caninum and Rickettsia spp.). The raising of pathogens in the wild animals revealed positive serological results for Leptospira spp. (5,5%, n= 73), Rickettsia spp. (7,9%, n=38) e Toxoplasma gondii (16,1%, n= 56). In relation to the domestic animals, were showed 40% of dogs (n=10) seropositives for N. caninum, 20% were seropositives for Leptospira spp. and T. gondii, and 23.7% of dogs presented antibody titers less than or equal to 0,5 UI/ml for Rabies. The cattle (n=42) had serologic results positives for N. caninum (23,8%) and for Leptospira spp. (40,5%). 47.6% of the cattle had not been vaccinated or vaccination for the rabies virus was unknown. Of the 22 cattle known to be vaccinated for rabies, 36% were less reactive to serologic test. These results presented, besides evaluating the local sanitary status, they can contribute to the greater understanding of the interface between domestic and wild fauna in agricultural ecosystems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.