• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.91.2015.tde-23062015-151615
Documento
Autor
Nombre completo
Daniela Ianovali
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2015
Director
Tribunal
Adams, Cristina (Presidente)
Khatounian, Carlos Armênio
Marques, Paulo Eduardo Moruzzi
Título en portugués
A agricultura quilombola no Vale do Ribeira - SP: comparação entre as agriculturas itinerante e permanente
Palabras clave en portugués
Agricultura itinerante
Comunidade quilombola
Produtividade agrícola
Resumen en portugués
O sistema agrícola itinerante (SAI), uma das formas mais antigas de agricultura, continua sendo praticado pelas comunidades quilombolas do Vale do Ribeira-SP. Entretanto, as atuais restrições da legislação ambiental brasileira, a maior integração ao mercado, e a influência de instituições e políticas públicas, estão entre os principais motivos da diminuição desta prática. A produção para o consumo doméstico do SAI está sendo substituída pela agricultura permanente e comercial de pupunheira para palmito, apoiada por incentivos governamentais como créditos financeiros e assistência técnica especializada. Este projeto teve como objetivo avaliar a produtividade entre os diferentes sistemas de cultivo e entre áreas submetidas a diferentes tempos de pousio, discutindo os motivos e os impactos desta transição, sua sustentabilidade, assim como os impactos econômicos para as comunidades. Utilizamos a unidade doméstica como unidade de análise para a organização social do trabalho; para cada atividade reconstituímos o itinerário técnico através de entrevistas semiestruturadas e visitas a campo; e para estimar a capacidade de remuneração dos diferentes sistemas agrícolas utilizamos o cálculo do valor agregado líquido. Durante onze meses acompanhamos a implantação das roças para consumo doméstico e o manejo do cultivo permanente de pupunheira para palmito. Os resultados mostram que há uma tendência de que em capoeiras mais jovens (entre 10-15 anos de pousio) o tempo destinado ao trabalho seja menor quando comparado com o tempo destinado ao trabalho em capoeiras avançadas (com mais de 25 anos de pousio). Entretanto, devido ao tamanho reduzido da amostra não foi possível testar sua significância. Já para a avaliação da produtividade entre os diferentes sistemas, a agricultura permanente se mostrou mais eficiente em termos de renda e no uso do trabalho, do que o SAI. Entretanto, ao considerarmos a multifuncionalidade da agricultura, o SAI desempenha um papel não só de produção de alimentos e fibras, mas também é parte de um complexo de relações socioambientais que incluem a manutenção da diversidade cultural, da agrobiodiversidade e da preservação ambiental.
Título en inglés
Quilombola agriculture in Vale do Ribeira - SP: comparisonbetween shifting and permanent agriculture
Palabras clave en inglés
Agricultural productivity
Quilombola community
Shifting cultivation
Resumen en inglés
The shifting cultivation system (SCS), one of the oldest forms of agriculture, is still practiced by quilombola communities in the Vale do Ribeira - SP. However, current restrictions of the Brazilian environmental legislation, increased market integration, and the influence of institutions and public policies, are among the main reasons for the decrease in this practice. The production of SCS for domestic consumption is being replaced by permanent and commercial cultivation of peach palm, supported by government incentives such as financial claims and specialized technical assistance. This project aimed to assess the productivity of the different cultivation systems and between areas under different fallow lenghts, discussing the reasons and the impacts of this transition, its sustainability and economic impacts for communities. The household was used as the unit of analysis for social work organization; for each activity we recomposed the technical itinerary through semi-structured interviews and field visits; to estimate the remuneration capacity of the different farming systems used the added net value. During eleven months we monitored the implementation of the cultivated fields for domestic consumption and the management of permanent cultivation of peach palm. Our results showa tendency for lower worktime in fields with younger fallows (10-15 years) when compared to older ones (25 years).However, due to the small sample size after the abandonment of the fields by some farmers it was not possible to test its significance. As for the evaluation of productivity between the two different systems, permanent agriculture was more efficient in terms of income and the use of labor than SCS. However, when the multifunctionality of agriculture is considered, SCS plays a role not only in food and fiber production, but is also part of a complex socio-environmental relations that include the maintenance of cultural diversity, agrobiodiversity and environmental preservation.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Daniela_Ianovali.pdf (7.58 Mbytes)
Fecha de Publicación
2015-06-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.